Golpe da lista telefônica: agora espalhando desinformação nas redes sociais.

Pensando bem, era só uma questão de tempo.

Vocês devem se lembrar de quando fiz meu post sobre o golpe da propaganda não solicitada. De lá para cá esse golpe ficou mais conhecido como “o golpe da lista telefônica”, e meu post recebeu diversas denúncias a respeito. Minha recomendação sempre foi: abram um boletim de ocorrência e denunciem no Procon, mas nunca paguem.

Hoje, pela primeira vez, recebi para aprovação um comentário suspeitíssimo de um cara dizendo que não havia pago e foi protestado. Mas o “jênio” postou usando o seu perfil do Google, onde ele mesmo escreveu que trabalha em uma empresa chamada “tellonline”. E uma busca no Google mostra que uma empresa com o mesmo nome está envolvida no mesmo golpe!

E não adianta agora ele remover isso do perfil, porque eu já fiz um snapshot.

Fiquem ligados: não se deixem enganar por gente postando em fóruns e outras redes sociais dizendo que foram efetivamente protestados. Se você não contratou o serviço, denuncie ao Procon e à polícia, em qualquer delegacia de ordem econômica. Mas não pague.

Aproveite para anexar à sua queixa na delegacia impressões das páginas que você encontrar sobre outras pessoas reclamando do mesmo golpe, dado pela mesma empresa. Para mim, é causa ganha.


Clique aqui para comentar.

A Google está incentivando os anúncios maliciosos

Se minha memória não me engana, antigamente a Google exibia um overlay sobre os anúcios dizendo “anúncio Google” ou similar e existia um link para denunciar o anúncio. Hoje eu estou com problemas no meu site, com um anunciante que tem um anúncio de download feito propositalmente para ser confundido com parte do site

E parece não haver um meio simples de reportar isso.  Só o que encontrei foi o listado nesta página, que para mim é tortuoso. Ainda que você saiba onde se faz a denúncia, você precisa preencher um pequeno formulário e depois clicar com o botão direito sobre o anúncio para obter o link e colar no formulário.

Poderia ser mais simples.

E isso não afeta apenas o meu site. A mesma empresa (http://soft.foxtab.com/video-player) está espalhando anúncios igualmente “camuflados” em diversos outros sites e para vários “produtos” diferentes como esse Media Player: http://soft.foxtab.com/ .  O engraçado é que esse domínio pertence a um complemento legítimo para Firefox, o Foxtab. E na página inicial não existem links para esses outros “produtos”.

Eu mandei um e-mail para a Foxtab perguntando se eles tinham algo a ver com essa armação, mas não obtive resposta.

5 comentários
  • Encontrei um link na minha conta adsense (se você não tiver adsense, não adianta clicar) onde eu posso fazer o bloqueio. Mas não é denúncia, é só o bloqueio mesmo, sem nenhuma explicação. Eu posso bloquear um anúncio por motivos tão simples quanto ser um produto concorrente, por isso o bloqueio não serve como denúncia.

  • Cesar Machado

    Jefferson, só por curiosidade, a publicidade na sua página esta em teste? Porque até agora não vi nenhuma propaganda ou link.
    :huh:  

  • Até agora eu tenho preferido não colocar propaganda nos blogs. A propaganda está restrita ao “site”. Embora os blogs estejam dentro do site, tem mecanismos distintos.

  • Bruno Oliveira

    Alguns banners do baixaqui fazem a mesma coisa, cheio de botões de “Download Now !”. Para quem é menos experiente ou não conhece o botão certo para baixar fica totalmente perdido.

  • O “overlay” com o link para denúncia voltou a aparecer. Fica no canto superior direito do anúncio em forma de imagem. Mas o link é para uma página cujo conteúdo hoje não deixa muito claro como fazer a denúncia.


Clique aqui para comentar.
OBS: Os links "Responder" não aparecem nesta página, mas aparecerão na próxima.Por favor use-os se estiver respondendo a um comentário.

Trapaceando o Youtube

Já há algumas semanas um ou mais pilantras vem usando um esquema para iludir os usuários do youtube que está conseguindo se manter abaixo do radar da Google.

 

Vejam este vídeo: Edit: foi removido horas depois de minha denúncia aqui.

http://www.youtube.com/watch?v=ch-0srMpqCg&list=UUR4u4rdNzWLbtLj1wxUJpLw&index=1&feature=plcp

 

Ao tentar visualizá-lo, aparece uma mensagem de que o mesmo foi removido por infração de direitos autorais e remete a um link na descrição do vídeo. Só que essa mensagem não é da Google. O “vídeo” já é assim mesmo e a idéia é fazê-lo clicar em um link para assistir o vídeo em outro site. Mas não pára por aí: no outro site você vai descobrir que tem fazer o download do plugin para ver o vídeo.

 

6 comentários
  • Hmmm…. e esse link para baixar o plugin vem com algum “brinde” embutido? Pois parao sujeito fazer (você clicar no link para o site dele) isso, algum motivo mais sórdido tem… :huh:

    • Jefferson

      Com certeza tinha brinde. Mas eu deveria ter colocado “plugin” entre aspas no texto. ;)

  • Jefferson

    Caramba, o autor do vídeo passou semanas sem ser incomodado, com vários vídeos do mesmo tipo. Mas bastou eu apontar isso aqui para o vídeo ser removido.

    • Eu denunciei o vídeo ao YouTube assim que vi o seu post. Se mais alguém denunciou, certamente eles investigaram e perceberam a tramóia do autor do vídeo

      • Jefferson

        Eu também havia denunciado o cara há semanas e me espantei quando vi a conta dele ainda aberta com uma dúzia de vídeos falsos como aquele. Mas eu não encontrei um modo de denunciar a conta, por isso denunciei apenas um vídeo, que era outro.

      • Jefferson

        Achei o link para a conta do pilantra no meu histórico

        http://www.youtube.com/user/HaeKaylor#g/u

        Desta vez o youtube tomou realmente uma providência e excluiu toda a conta.


Clique aqui para comentar.
OBS: Os links "Responder" não aparecem nesta página, mas aparecerão na próxima.Por favor use-os se estiver respondendo a um comentário.