A patética busca de arquivos do Vista/Seven – 3a parte

7, março, 2010 3 comentários

Você não tem mais nenhuma idéia do andamento da busca

Até o Windows XP a busca informa periodicamente onde está procurando. No Vista/Seven existe apenas uma mensagem dizendo que está sendo feita a busca e uma barra verde reluzente. Para quem tem HDDs pequenos isso não faz diferença, mas como eu tenho quatro HDDs e várias partições eu não faço idéia de onde anda a busca e por isso não tenho como estimar quanto tempo falta para que termine.

.

O ordenamento automático também interfere com as buscas

Eu digo “também” porque eu já apontei problemas provocados pelo ordenamento automático aqui e aqui.

Enquanto uma busca de arquivo está em andamento no XP os arquivos localizados vão sendo colocados no fim da lista. Assim você pode dar uma olhada no que já foi encontrado, ir fazer outra coisa e quando voltar pode examinar rapidamente os arquivos encontrados desde que você olhou pela última vez. Aliás, deve funcionar assim com todo programa de buscas que eu conheço.

No Seven a lista é automaticamente reordenada a cada arquivo encontrado, colocando os arquivos com data de modificação mais recente no topo.

Eu acho isso uma grande estupidez, porque se eu quiser ver a lista ordenada por data no XP, eu clico na coluna data.

O resultado desse “aperfeiçoamento” é que para não perder meu tempo eu preciso esperar (irônico, não?) que a busca termine para examinar a lista.

.

A busca simultânea por nome e por conteúdo é de uma imbecilidade dolorosa

Se você já se perguntou por que o resultado de sua busca retornou arquivos que não parecem ter absolutamente nenhuma relação com o termo que você procura, é este o motivo. Todo termo que você busca é procurado também dentro dos arquivos indexados e não apenas no nome, como seria esperado.

Eu acho que muito, muito raramente eu precisaria de algo assim e quando precisasse poderia perfeitamente procurar de um modo e em seguida do outro. Já com as duas buscas associadas eu acabo procurando por um arquivo que eu nomeei “seven” e recebendo como resultado dúzias de arquivos em inglês que mencionam a palavra “seven” em algum lugar.

Deveria ser opcional e não o default sem meio claro de desligar.

Conclusão (por enquanto)

Entre ficar entre esses “Se”, “talvez”, “de onde saiu isso?” e “não vi” ou usar o Agent Ransack e ter a certeza de que vou achar o que procuro, eu não tenho dúvida

Categories: Buscas Tags:

A patética busca de arquivos do Vista/Seven – 2a parte

7, março, 2010 11 comentários

Power users perderam o controle que tinham sobre os critérios de busca

(a não ser que você queira aprender a sintaxe do Windows Search, mas falarei disso em outro texto e não estou bem certo de que ajude).

Atenção: Por incrível que pareça, você tem menos controle no Seven que no Vista.

Quer procurar por um texto que você sabe de antemão que está em um arquivo .txt? No Windows XP você pode especificar isso diretamente. No Windows Seven essa busca é feita do seguinte jeito tortuoso:

1)Faça a busca pela palavra. O Seven vai procurar somente nos nomes de arquivos ( se a pasta não estiver indexada, pois se estiver procura pelo nome e pelo conteúdo, o que continua sendo imbecil). Quando ele terminar, vai dar a opção de procurar no conteúdo dos arquivos:

2)Clique na busca por conteúdo e tenha paciência, porque você não tem como dizer que só quer procurar nos arquivos TXT. Numa busca de teste que fiz o Windows retornou resultados HTML, MHT, XML, TXT, RDP e DOC. Você pode tentar filtrar isso usando um recurso do Explorer:

Basta clicar no dropdown à direita na coluna Type para abrir esse filtro.

Mas haja paciência, porque quando você faz isso o Explorer repete a busca com o seu filtro em vez de simplesmente (aham…) “filtrar” a busca já feita.

E olha que apesar dessa complicação toda arquivos .txt estão na lista de “buscáveis” do Windows. Se você quiser procurar texto em um arquivo .php ou .pas, vai ter que esperar alguém dizer como se faz isso, porque eu ainda não sei.

Eu tentei adicionar as extensões “não buscáveis” a essa lista:

Control Panel -> Indexing Options -> Advanced -> File Types

Mas não deu certo. Só funciona se o local for indexado.

Aqui pode caber um esclarecimento

Desde o Windows XP a Microsoft decidiu definir o que é “buscável” e o que não é. Por exemplo, se você quiser que o Windows busque dentro de arquivos .php é preciso registrar no Windows um “filtro” que saiba ler arquivos .php. Não importa para as mentes brilhantes na Microsoft que .php é um arquivo texto comum e nem importa que o comportamento produtivo seria usar um mecanismo genérico para qualquer tipo não registrado. No Windows XP isso é ainda mais imbecil do que no Vista/Seven porque no XP você pode especificar exatamente em que extensão quer procurar, mas a busca só “finge” que procura, não avisando você que o tipo não está registrado e está sendo ignorado.  Porém no Windows XP esse bloqueio idiota pode ser desligado e usando o XP nós podemos esquecer da estupidez da equipe que idealizou isso. Como no Vista e no Seven o modo de desligar o filtro ainda é desconhecido, estes dois permanecem com o duvidoso troféu da busca mais imbecil.

Categories: Buscas Tags:

A patética busca de arquivos do Vista/Seven – 1a parte

7, março, 2010 16 comentários

Se existe um grupo de programadores na Microsoft que parece completamente desconectado da realidade, este é o grupo encarregado dos mecanismos de busca. Pegaram a estupidez da busca default do XP, que só afetava power users e tem solução conhecida), e colocaram em um novo nível. Desde o o Vista a estupidez da busca afeta qualquer usuário e para a maioria dos problemas ainda não existe solução conhecida.

Eu aprendi há muito tempo a não confiar na busca de arquivos do Vista e parece que o Seven sofre dos mesmos problemas.

O Seven não vê o arquivo mesmo que você esteja vendo(para este existe solução, no fim do texto)

Hoje eu estava procurando por um desses quatro arquivos:

Eu sabia que estavam sob E:\__Ryan.com.br, então selecionei essa pasta e pedi uma busca por “contrast” nela. Vinte arquivos foram encontrados. Nenhum era dos que eu queria:

Pior ainda. Mesmo que eu eu selecione exatamente a pasta onde estão os arquivos e esteja olhando para eles, se eu buscar por “contrast” nela o Explorer responde que nada foi achado!

O único jeito de fazer os arquivos aparecerem foi procurando por “low” e “high”.

Se eu iniciar uma máquina virtual (Vmware, etc) do XP dentro do Seven, compartilhar o HD com a máquina virtual e dentro dela fizer a mesma busca, consigo fazer um trabalho melhor, pois além dos quatro arquivos que eu queria ainda acho mais seis que o Seven não enxerga (total de 30 arquivos):

Dos exemplos acima você pode concluir que o Seven é incapaz de achar um arquivo por um fragmento de texto se esse fragmento não estiver no início de uma palavra.

E isso apesar da busca estar configurada para “partial matches”:

Explorer: ALT+T -> Folder Options

A solução para isso é simples, mas não é fácil achar. Você precisa colocar sempre um asterisco (*) na frente do texto. Assim, para que minha busca por “contrast” tenha o mesmo resultado no Seven que no XP, eu preciso me lembrar de procurar por “*contrast”.

Isso funciona também nas buscas no Menu Iniciar.

E sabe o que é mais impressionante nisso tudo? Esse detalhe do asterisco parece ser desconhecido até dentro da Microsoft. Eu estou tentando localizar a página onde um blogueiro da Microsoft simplesmente se cala diante do mesmo tipo de queixa que faço acima. Assim que eu achar vou colocar o link aqui.

Categories: Buscas Tags:

No momento, usando mais o XP que o Seven.

5, março, 2010 26 comentários

Minha cópia do Seven RC1 expirou, mas antes disso eu já tinha reduzido bastante minha utilização do Seven. Os principais motivos:

  • Problemas demais com placas de vídeo, já citados em outros posts;
  • Meus receptores de TV consomem pelo menos o dobro de CPU no Seven em comparação com o XP;
  • A busca de arquivos do Seven é patética (ainda vou entrar em detalhes em outros posts);

Ao longo do dia trabalhando exclusivamente no XP, a única coisa de que sinto falta é a capacidade de busca no Menu Iniciar.

Categories: Sem categoria Tags:

Snapshots Treediff do Seven RTM 64 bits.

17, fevereiro, 2010 4 comentários