conectividade

SwitchNIC – Habilitar e desabilitar conexões de rede em arquivos batch.

Com este software você pode habilitar e desabilitar conexões de rede usando a linha de comando. A necessidade de criar algo assim surgiu quando precisei de um meio fácil de desabilitar as conexões de rede criadas pelo vmware (elas criam variados problemas) mas poder habilitá-las facilmente com o mesmo arquivo batch que eu uso para chamar o programa.

Infelizmente não existe um meio simples de se fazer isso no Windows (não no XP). E os meios que se conhece são gambiarras que dependem do idioma do Windows que você está usando. Assim, existem programas na internet que se propõem a fazer isso, mas que não funcionam no Windows em português. Sem falar nos que requerem o maldito .NET.

Como funciona

  • Para habilitar: SwitchNIC <Nome da Conexão> /e (ou /enable)
  • Para desabilitar: SwitchNIC <Nome da Conexão> /d (ou /disable)

É obrigatório que nomes de conexão com espaços sejam rodeados por aspas duplas. Assim, se o nome da conexão que você deseja desabilitar se chama “Conexão Local”:

SwitchNIC “Conexão Local” /d

Para simplificar sua vida, se SwitchNIC for executado sem parâmetros vai abrir no modo de criação e teste, listando todas as conexões de rede encontradas no seu Windows. Basta clicar em uma e no botão “Criar arquivos batch”.

O propósito de “Verbos Disponíveis”

Como eu disse antes, é necessário fazer uma gambiarra para que o programa funcione. É preciso saber quais os comandos (verbos, na terminologia do método usado) de ativação e desativação que aparecem no menu de contexto da conexão. E estes comandos variam com o idioma do Windows. Eu preciso saber até mesmo qual o caractere de atalho (precedido por “&”). Esta versão está programada com os verbos do Windows XP em Português, Inglês, Alemão e Italiano. Se não funcionar na sua versão deixe um comentário com a lista de “verbos disponíveis” exibida quando você clica na conexão que quer controlar.

SwitchNIC v0.1
SwitchNIC v0.1
SwitchNIC_v0.1.zip
Version: 0.1 beta
144.5 KiB
215 Downloads
Details...

 

Windows 7

Você não precisa deste programa no Windows 7. É possível fazer o mesmo usando o comando netsh, do próprio Windows.

Meu Software

WFS Tracker

  • Corrigi meu erro que impediu a exibição da aba de importação do Muambator.
  • Agora é possível “desarquivar” pacotes.
  • Agora o programa não permite mais o cadastro de TNs que não tenham 13 caracteres.
WFS Tracker v0.3a
WFS Tracker v0.3a
wfstracker_v0.3a.zip
221.8 KiB
78 Downloads
Details...
  • Pequenas alterações para tentar resolver o problema de tema no Windows 7
  • Suporte experimental à importação de items do Muambator
  • Algumas mudanças na interface
WFS Tracker v0.3
WFS Tracker v0.3
wfstracker_v0.3.zip
Version: 0.3
208.3 KiB
37 Downloads
Details...
  • Alguns problemas corrigidos
  • Agora é possível deletar pacotes, mas é preciso arquivar primeiro
WFS Tracker v0.2b
WFS Tracker v0.2b
wfstracker_v0.2b.zip
199.4 KiB
33 Downloads
Details...
  • Alguns problemas corrigidos
  • Agora com suporte a arquivar pacotes (ainda não é possível deletar)
  • Agora é possível ajustar o timeout caso o servidor dos Correios esteja demorando a responder
WFS Tracker v0.2a
WFS Tracker v0.2a
wfstracker_v0.2a.zip
199.2 KiB
29 Downloads
Details...
  • Várias mudanças.
WFS Tracker v0.2
WFS Tracker v0.2
wfstracker_v0.2.zip
Version: 0.2
168.2 KiB
40 Downloads
Details...
  • Algumas mudanças cosméticas
  • Caso o site não responda em 5s, agora aborta.
WFS Tracker v0.1b
WFS Tracker v0.1b
wfstracker_v0.1b.zip
183.0 KiB
66 Downloads
Details...
  • Agora com suporte experimental ao Hong Kong Post
WFS Tracker v0.1a
WFS Tracker v0.1a
wfstracker_v0.1a.zip
180.7 KiB
27 Downloads
Details...
  • Primeira versão pública
WFS Tracker v0.1
WFS Tracker v0.1
wfstracker_v0.1.zip
Version: 0.1
180.3 KiB
30 Downloads
Details...
Downloads

IPCamControle – Controle de câmera IP “Foscam clone”

Este software faz a visualização e controle da câmera IP vendida pela Dealextreme.

E de qualquer outra que use o mesmo protocolo de comunicação.

Mais informações sobre o desenvolvimento no meu Buzz.

Requerimentos

O controle ActiveX de visualização da câmera precisa estar instalado na máquina para que a visualização funcione. Se você for capaz de acessar (e configurar) a câmera pelo Internet Explorer então está instalado.

O programa da Foscam que instala o controle é o IP Cam Tools

Meu programa é desenvolvido sob Windows XP e  testado de vez em quando no Windows 7 de 32 bits.

Funcionalidades

  • Não é necessário instalar;
  • Não é preciso digitar sempre usuário, senha e IP. Os últimos valores usados ficam gravados (senha criptografada) em arquivo INI;
  • Função auto-patrol para movimentar a câmera automaticamente de tempos em tempos;
  • Suporte a scripts de patrol para posicionar a câmera onde você quiser;
  • Faz snapshots manuais, que são gravados como arquivos JPG sequenciais no diretório do programa;
  • Grava vídeos em formato MJPEG;
  • Controle da câmera por mouse ou pelo teclado. Use o teclado numérico para ter acesso a todos os movimentos;
  • Não interfere com outros softwares acessando a mesma câmera;
  • Busca na rede local que câmeras compatíveis estão disponíveis, da mesma forma que o software IP Camera Tool da Foscam;

Limitações

  • Só uma câmera de cada vez no momento;

Problemas conhecidos

  • Evite dar vários comandos rapidamente (por teclado ou mouse). O programa pode acusar erro;
  • O programa pode funcionar apenas parcialmente se não estiver definida uma senha;
  • Se você clicar duas vezes na imagem da câmera, esta vai encher a tela. Se clicar duas vezes novamente poderão ocorrer diversos problemas, com a eventual necessidade de finalizar o programa pelo Gerenciador de Tarefas;
  • Eu ainda não escrevi uma rotina que desabilite todas os comandos quando não há uma câmera conectada. Tentar executar algumas funções do programa antes de haver uma conexão dará diversos erros;
  • Um bug foi introduzido na versão 0.5d quando implementei o Modo Reduzido, que desabilitou o botão de listar câmeras. Será resolvido na próxima versão;

 

 

Scripts de Patrol

Essa câmera não possui nenhum mecanismo de posicionamento absoluto, por isso eu improvisei um baseado em tempo, que funciona razoavelmente bem. 01/07/11 – ela tem sim! Mas só está disponível no firmware mais novo da Foscam.

Sempre comece com um comando diagonal, como os PTZ_LEFT_ e PTZ_RIGHT_, com o tempo default. Isso irá garantir que o processo comece em uma posição conhecida (um dos 4 cantos) e vai levar apenas 32s.

Não se preocupe se a câmera bater no canto antes do tempo programado. Isso não irá “forçar” a câmera pois o tempo definido é um tempo de espera para o próximo comando e não o tempo em que comando atual ficará sendo executado.

Se a posição inicial que você quer já não for nesse canto, você vai precisar de alguns passos extras para posicioná-la. Tudo antes de “LOOP start” é considerado posicionamento e será ignorado a partir do segundo ciclo.

Usando tempos menores que o default e ajustando com cuidado você conseguirá fazer a câmera se mover em trajetórias bem interessantes.

Os dois únicos comandos que podem ser executados ao mesmo tempo são HPATROL e VPATROL. Como HPATROL demora muito mais, dá tempo de fazer quase três VPATROL completos durante um HPATROL

O programa perde a posição com o tempo

Isso é normal e esperado. O posicionamento através de contagem de tempo tem uma razoável precisão com o tipo de motor usado na câmera, mas só enquanto não ocorrer nenhuma falha na transmissão ou execução do comando. Qualquer atraso na resposta da câmera irá se acumulando a cada ciclo.

Uma maneira de contornar isso é fazer com que um dos pontos do seu loop seja em um dos cantos da câmera. Assim basta que o comando para chegar até lá seja um ou dois segundos mais longo do que o estritamente necessário. Isso irá compensar qualquer atraso (de até um ou dois segundos ) que tenha ocorrido durante o ciclo.

Outra maneira é fazer com que a câmera reinicie todo o processo a cada X ciclos. Isso será implementado automaticamente em uma futura versão.

 

Monitorar múltiplas câmeras

Para monitorar múltiplas câmeras você precisa fazer uma cópia do executável para cada câmera que deseja controlar. Pode até ser no mesmo diretório desde, claro, que você dê nomes diferentes aos arquivos. Meu programa irá criar um arquivo INI correspondente para cada cópia. E todas as cópias poderão rodar ao mesmo tempo.

Modo Reduzido

Está nos meus planos fazer com que um mesmo executável exiba a imagem de múltiplas câmeras ao mesmo tempo, mas enquanto isso não sai eu implementei (versão 0.5d) um modo onde apenas o essencial é exibido.  Se você tiver um monitor FullHD (1920×1080), como a resolução está fixada em 640×480 por enquanto, poderá ver a imagem de até quatro câmeras ao mesmo tempo.

No Modo Reduzido a barra de título é eliminada. Para mover a janela clique no espaço livre à direita das abas.

 

ATENÇÃO

A partir de agora qualquer relato sobre erros no programa deve incluir, além da mensagem de erro exata ou descrição precisa do comportamento estranho, os seguintes itens:

  • Versão do Windows que você está usando, incluindo se é 32 ou 64 bits;
  • Versão do firmware da câmera, obtido em “Device Info” na seção “For Administrator”, quando você acessa a WEBUI pelo browser;
  • Versão do controle ActiveX instalado. Na Janela do “IP Camera Tool”, clique com o botão direito e escolha “About IP Camera Tool”. A versão mais recente hoje, 10/02/2011, é “0.0.0.36″.

Se você não consegue obter alguma dessas três informações, você tem um problema maior que precisa ser resolvido antes de testar meu software. Comentários sem essas informações serão ignorados.

DOWNLOADS

——————————————————————————————————————————————–

Atenção: A partir da versão 0.6 este programa passou a estar disponível apenas para um grupo fechado de pessoas. Comentários solicitando essas versões, de pessoas fora desse grupo, serão ignorados.

Versão 0.6 (indisponível para o público geral)

  • Corrigi o bug introduzido na versão 0.5d que desabilitou o botão/ícone de listar câmeras;
  • Corrigi um erro antigo que fazia a opção “contagem com som” ser ignorada durante a execução do script;
  • Corrigi um erro antigo que fazia a janela de busca de câmeras mostrar câmeras já desconectadas da rede;
  • Implementei PTZ na tela. Você move a câmera clicando na imagem que está vendo;
  • A busca de câmeras agora mostra o endereço MAC de cada câmera encontrada;
  • Corrigi erro onde a câmera recém conectada ignorava as configurações salvas de Mirror, Flip e OSD
  • Implementei a capacidade de definir o Alias da câmera;
  • Substituí a aba “Opções do Modo Reduzido” por dois botões no canto superior direito da janela;
  • Agora o programa procura automaticamente por novas câmeras na rede a cada 5s;
  • Implementei suporte a PRESETs (somente funciona no firmware 11.14.2.28). Confira na aba PRESETs;
  • Opções de Audio e Video foram agrupadas com gravação e estão ao lado da aba script;
  • Modifiquei todas as rotinas de gravação dos parâmetros de modo a evitar que o programa trave ao rodar em mídia somente leitura;
  • Início da implementação do suporte a múltiplas câmeras;
  • Agora o mecanismo default para envio de comandos é o ActiveX. Nas versões anteriores era o GET. Mas quando usamos “STOP automático ao soltar” o mecanimso GET cria problemas se o click for muito rápido.
  • Corrigi um bug onde entrar no Modo Reduzido estando em uma aba diferente de “Video” dava “Video Indisponível”;

Versão 0.5e

  • Implementei “Always On Top” automático quando no Modo Reduzido;
  • Implementei a opção 320×240 dentro do Modo Reduzido. Veja a opção na aba “Audio e Video”;
  • Corrigi alguns problemas visuais que ocorriam quando o programa ainda estava no estágio de tentativa de conexão, se o usuário mudasse de aba;
  • Removi o botão “Cancelar” da janela de conexão por não fazer diferença. O controle ActiveX sempre ignora meu comando de abortar a conexão;
  • Pequena alteração estética na janela “Video Indisponível”;

497.3 KiB - 6695 Downloads - Detalhes...

Versão 0.5d

  • Agora a gravação pode ser iniciada automaticamente ao conectar com a câmera;
  • Agora é possível configurar a duração de cada gravação em minutos;
  • Correção de um erro na rotina de instalação do ActiveX (implementada na versão anterior), que ignorava o botão “Yes”;
  • Agora o programa pode checar se existe uma versão mais nova no site. Confira na aba “Sobre…”;
  • Desabilitei a entrada em tela cheia com duplo clique sobre o vídeo por Não conseguir resolver o problema de reentrada no modo normal;
  • Corrigi o bug que fazia o botão de snapshot desaparecer após entrar e sair da aba Script;
  • Agora o Alias da camera é exibido no canto superior esquerdo da imagem. Falta conseguir que seja com fundo transparente;
  • Implementei o “Modo Reduzido” de exibição.

496.3 KiB - 603 Downloads - Detalhes...

Problemas conhecidos

  • Esqueci de implementar um modo “Always on Top” ao implementar o Modo Reduzido. Sairá na próxima versão.
  • Não adianta mudar a resolução da câmera para 320×240 que a janela continuará a 640×480. Vou estudar se vale a pena implementar a redução do tamanho da janela para 320×240;

 

 

Versão 0.5c

  • Corrigi o bug que fazia o programa, na seção vídeo, em caso de erro de senha simplesmente ficar parado sem dar mensagem de erro nenhuma;
  • Agora eu verifico se o controle ActiveX correto está instalado e aviso o usuário se não encontrar. Mas deixo rodar assim mesmo;
  • Implementei experimentalmente a capacidade de atualizar o controle ActiveX para a versão oferecida no meu ZIP;
  • Implementei os comandos IO_ON e IO_OFF (aba “outros”).

 

492.1 KiB - 263 Downloads - Detalhes...

Versão 0.5a

  • Agora compatível com a versão 0.0.0.36 do ActiveX (corrige o erro de Access Violation). Este programa não vai funcionar com a versão 0.0.027 do ActiveX e possivelmente com nenhuma vesrão que não seja a 0.0.036;
  • Corrigi erro que fazia o programa abrir descentralizado na tela;
  • Corrigi erro que fazia o programa testar o IP mesmo estando em branco.

Problemas conhecidos

  • Nem sempre o teclado direcional (as teclas com setas no seu computador) funciona. Use o numérico.

426.4 KiB - 282 Downloads - Detalhes...


Versão 0.5

  • Implementei OSD, Resolução, brilho, contraste e saturação
  • Implementei Mirror e Flip. A operação adapta-se automaticamente.
  • Implementei audio
  • Implementei scripts de patrol
  • Implementei STOP automático para operação por teclado ou mouse
  • Diversos aperfeiçoamentos nas rotinas de conexão e desconexão.
  • Agora exibe um aviso claro de que está gravando.
  • Agora não deixa você fechar o programa com uma gravação em andamento.
  • Agora o último snapshot só é exibido na tela por 2s;
  • Várias mudanças na interface.
  • Pequeno aperfeiçoamento para evitar erro ao dar comandos rapidamente em sequência

Problemas conhecidos

  • Nem sempre o teclado direcional funciona. Use o numérico.

426.3 KiB - 435 Downloads - Detalhes...

Versão 0.2

  • Corrigido o erro que mantinha o botão Conectar desabilitado ao mudar IP ou porta;
  • O programa agora pode gravar;
  • Incluí a opção de não fazer o teste de PING;
  • Corrigi mensagem incorreta do PING, que incluía a porta.

366.4 KiB - 223 Downloads - Detalhes...

Versão 0.1d

  • Implementei a escolha de porta
  • Corrigi erro que deixava a senha exposta na interface
IPCamControle V0.1d Beta
Version: 0.1d

365.5 KiB - 157 Downloads - Detalhes...

Versão 0.1c

IPCamControle V0.1c Beta
Version: 0.1c

365.3 KiB - 387 Downloads - Detalhes...

Downloads

XBMC loader (versão portátil para XBMC)

O objetivo deste programa é permitir que você rode o XBMC (acompanhado de filmes) em um HDD externo, em qualquer computador rodando Windows (XP, pelo menos) sem perder as informações dos filmes (sinopse, poster, fanart, etc), mesmo que a letra de unidade mude.

O programa edita o banco de dados do XBMC para que os caminhos para os filmes correspondam à unidade atual.

Mais informações no meu buzz.

201.5 KiB - 88 Downloads - Detalhes...

Downloads

MyBinComp

Público alvo: Usuários avançados querendo ter uma idéia rápida do que está diferente entre dois arquivos binários;
Autor: Eu mesmo 🙂 />
Preço: Gratuito (freeware)
Desenvolvido em: Delphi 5 (Win32 nativo).
Requer: Testado por mim no Windows XP, mas deve ser compatível com todas as outras versões do Windows desde o 9x.

O programa compara arquivos byte por byte e mostra as diferenças de duas formas:

  • Lista: Com a representação decimal, hexadecimal e ASCII do byte diferente;
  • Mapa: Parecido com a representação usada em algumas versões do scandisk e do defrag. Para dar uma idéia mais clara de como as diferenças estão distribuídas.

Se você conhece a estrutura dos arquivos comparados, a visualização em mapa pode esclarecer numa única olhada o motivo da diferença. Por exemplo: se os arquivos forem MP3 e todas as diferenças estiverem concentradas numa região que mais ou menos deve ser a destinada a tags, você sabe que o problema não é de corrupção do arquivo, mas de edição das tags ID3.  Nesse caso a representação textual, em ASCII, também ajuda muito.

Note que no exemplo dado na imagem foram encontradas três diferenças mas existem apenas dois pontos vermelhos no mapa. Isso é normal. Como eu não tenho como mostrar um ponto para cada um dos mil, milhões ou bilhões de bytes existente em um arquivo, cada ponto do mapa representa um “cluster” de bytes cujo tamanho varia com o tamanho do arquivo analisado. Se duas ou mais diferenças caírem no mesmo cluster, só um ponto será exibido.

O programa compara arquivos de qualquer tamanho (inclusive muitos GB) sem diferença no uso de memória, pois são lidos apenas uns poucos KB de cada vez, que são descartados em seguida.

Medidas foram tomadas para que o programa rode também em mídia somente leitura. Ele só não conseguirá salvar a lista dos dois últimos arquivos comparados e demais configurações que você faça posteriormente.

O suporte ao editor hexadecimal FSHED

Desde a versão 0.1.4 MyBinComp tem suporte a exibir o trecho selecionado pelo usuário de duas formas:

  • Clicando no mapa – Exibe toda a região que o cluster representa;
  • Clicando no relatório – Abre no offset mais próximo.

Para isso você precisa do editor hexadecimal freeware FSHED. Se você colocar o exe no mesmo diretório de MyBinComp ele detectará automáticamente, mas você também pode indicar onde está o fshed.exe nas opções.

Estou usando o FSHED porque é o único que achei em uma rápida pesquisa que reconhece offsets nos parâmetros. A maioria dos editores só reconhece nomes de arquivo.

Eu pretendo construir meu próprio editor hexadecimal para dar maior flexibilidade ao programa, mas isso precisa ir para o fim da minha enorme lista de pendências.

Se você conhecer outro editor que suporte offset nos parâmetros, deixe um comentário que eu acrescentarei o suporte a ele.

Velocidade

Para trabalhar com pouca memória, MyBinComp compara pequenos pedaços de cada arquivo alternadamente. Isso tem um efeito ruim quando os dois arquivos estão no mesmo disco rígido, porque a cabeça do drive precisa se mover entre um e outro. Existem algumas coisas que podem ser feitas para minimizar esse efeito,  mas não muito. Principalmente se sua memória RAM livre for muito menor que o tamanho dos arquivos.

Infelizmente meus testes são complicados pelo cache do Windows. Depois da primeira comparação as próximas operações nos mesmos arquivos são muito mais rápidas. Isso esconde o efeito real de qualquer modificação no meu código. Estou procurando meios de apagar ou invalidar o cache do Windows durante o desenvolvimento.

Para futuras versões:

  • Estou testando continuamente idéias para aumentar a velocidade de comparação;
  • A capacidade de esclarecer para o usuário, para alguns tipos de arquivo, qual seria a razão das diferenças.  Por exemplo, identificar se todas as diferenças entre dois arquivos MP3 estão confinadas na área reservada às tags;
  • A capacidade de salvar as diferenças como um patch. Por exemplo, digamos que você tenha modificado uma DLL mas que em vez de distribuir a DLL modificada queira distribuir apenas o arquivo com as diferenças. É claro que essa funcionalidade precisa ser criada juntamente com um programa que possa aplicar os patches. Tal programa já está em desenvolvimento 🙂

Histórico

Versão 0.1.4

  • Eu esqueci (dãããã) que offsets são contados a partir de 0x0, por isso o programa estava reportando offsets adiantados em um byte com relação ao que podia ser visto em qualquer editor. Corrigido;
  • Incluí suporte ao editor FSHED. Mais informações mais acima.

Versão 0.1.3

  • Incluí opções para som em caso de erro e fim da comparação;
  • incluí opção de abortar automaticamente pelo número de diferenças.

Versão 0.1.2

  • Mudança na exibição da representação ASCII;
  • Melhoria no código de geração de lista que pode aumentar a velocidade em 10x em casos extremos;
  • Agora se você pára o mouse sobre um dos nomes de arquivo, o caminho completo aparece em uma hint. Útil para caminhos longos;
  • O programa agora suporta parâmetros, podendo ser evocado diretamente do Treediff através de CTRL-U;
  • Corrigido um bug que provocava uma exception se o processamento levasse menos de um segundo (arquivos pequenos).

Versão 0.1.1

  • Corrigido um bug que provocava Access Violation se houvesse um erro dentro da região atribuída ao primeiro “cluster” do mapa;
  • Incluí um botão “abortar”;
  • Agora o programa só atualiza a lista no final do processo, embora atualize o mapa a cada 1s. Isso é necessário porque em caso de muitas diferenças o programa ficaria extremamente lento. Mas estou avaliando outra forma de atacar o problema.

Versão 0.1

  • Primeira versão pública.

Download

219.5 KiB - 27436 Downloads - Detalhes...

217.7 KiB - 82 Downloads - Detalhes...

204.2 KiB - 61 Downloads - Detalhes...

203.2 KiB - 75 Downloads - Detalhes...

203.0 KiB - 83 Downloads - Detalhes...

Downloads

MyPlay

Público alvo: usuários testando idéias para HTPC;
Autor: Eu mesmo 🙂 />
Preço: Gratuito (freeware)
Desenvolvido em: Delphi 5 (Win32 nativo).
Requer: Testado por mim no Windows XP, mas deve ser compatível com todas as outras versões do Windows desde o 9x.

Quando executado, MyPlay fica na bandeja monitorando a inserção de mídia (pode ser CD/DVD ou dispositivos USB). Ao detectar a inserção, verifica se existe um filme na raiz. Se existir, o executa com o player definido no programa, em tela cheia.

A idéia por trás dele é que simplesmente colocar um CD/DVD no computador e vê-lo rodar automaticamente sem precisar dar OK não é fácil. E fica pior ainda com pendrives. No caso de CD/DVD você pode preparar o disco com um AUTORUN.INF, mas no caso de pendrives você sempre vai precisar dar pelo menos um “OK”, se é que o mecanismo de Autoplay do Windows vai pré-selecionar a opção correta. É claro que se você tiver um programa especializado como o Mediaportal rodando meu programa é desnecessário, mas eu o escrevi para os casos em que não se deseja usar o Mediaportal e semelhantes.

Eu fiz esse programa para meu uso particular. Estou publicando porque pode ser útil para mais uma meia dúzia de pessoas. Eu só testei em um computador até agora e pode estar cheio de bugs.

O programa requer que o recurso “auto insert notification” esteja ativo (geralmente está, a menos que você use VMWARE na mesma máquina). Mas não requer Autorun/Autoplay habilitado. Pelo contrário: só atrapalham. Eu testei apenas em uma máquina sem Autorun/Autoplay, por isso não sei ainda o efeito em outras situações.

Informações diversas

  • Se existir um arquivo .jpg, MyPlay o exibe por 5 segundos antes de executar o filme.
  • Por default, Myplay considera filmes os arquivos com as seguintes extensões: ‘.mkv, .avi, .rmvb, .rm, .mp4, .mpg, .mpeg, .mov, .m2v, .m2ts, .wmv’. Mas você pode alterar isso editando o arquivo .INI gerado pelo programa.
  • Nesta versão, MyPLay exibe apenas o primeiro .jpg encontrado e executa apenas o primeiro filme encontrado. Poderei implementar uma “playlist” em uma versão futura.
  • Nesta versão, Myplay procura apenas na raiz da mídia.
  • Para facilitar a vida do usuário, o programa procura automaticamente pelo Windows Windows Media PLayer, GOM player, KMplayer, Media PLayer Classic Home Cinema e BS player em seus diretórios de instalação default. Encontrando qualquer um deles ele é colocado na lista. Mas o usuário pode definir qualquer outro.
  • Todos os programas citados no item anterior, exceto o BS player, aceitam o parâmetro “/fullscreen” para rodar em tela cheia. Se seu programa preferido requer outro parâmetro você precisará descobrir qual é;
  • Como todos os meus programas, MyPlay guarda toda sua configuração em um arquivo .INI;
  • Cuidados foram tomados para permitir que o programa rode em mídia somente leitura. Mas é claro que nesse caso não poderá salvar sua configuração;

Para futuras versões:

  • Capacidade opcional de rodar o filme no player default (registrado) para a respectiva extensão;
  • Capacidade de se auto-configurar para executar automaticamente no boot do Windows (nesta versão você tem que configurar manualmente);
  • Playlists;
  • Capacidade de desativar o Autorun/Autoplay, pelo menos enquanto o programa estiver em execução;
  • Etc..

Downloads

408.5 KiB - 128 Downloads - Detalhes...

Downloads

MyEject

Público alvo: desenvolvedores e usuários avançados fazendo experiências com autourun/autoplay;
Autor: Eu mesmo :-)
Preço:
Gratuito (freeware)
Desenvolvido em:
Delphi 7 (Win32 nativo).
Requer:
Testado por mim no Windows XP, mas deve ser compatível também com 2000, 2003, Vista e Seven (dificilmente rodará no 9X).

MyEject é um utilitário com um propósito bem simples: abrir e fechar unidades de CD/DVD. Para a maioria dos usuários isso parece tolice, mas eu precisei escrever esse software porque necessitava de algo assim e em vez de buscar algo pronto decidi fazer um como exercício de programação.

Eu estou desenvolvendo um outro software que precisa detectar a inserção de novas mídias (não apenas CD/DVD) e reagir de acordo com o conteúdo.  Durante os testes é preciso abrir e fechar o drive várias vezes, mas meus drives ficam longe, requerendo que eu fique de pé para fazer isso.  MyEject resolve o problema.

Eu poderia fazer esses testes usando emulação (Daemon Tools, Virtual CloneDrive, Alcohol 120%, etc) , mas a versão do Daemon Tools que eu prefiro usar requer cliques demais para montar e desmontar mídia. Com MyEject as operações ficam resumidas a um ou dois cliques apenas.

Compatível com o modo multimonitor

O programa memoriza a última posição da janela, trazendo o programa sempre para a mesma posição, no mesmo monitor. Mas por precaução, se ao ser executado ele notar que uma de suas coordenadas excede o tamanho atual da área de trabalho (ou seja: não vai ficar visível), as coordenadas são resetadas para o canto superior esquerdo da tela (0,0). Se algo der muito errado e isso não estiver funcionando, basta editar manualmente o arquivo .INI.

Portabilidade

Em todos os meus softwares eu uso arquivos *.INI em vez do Registro. Assim você pode carregar o programa em um pendrive e também pode usar duas instâncias do programa, cada uma com sua configuração.

Usando por linha de comando

myEject letra_da_unidade [/l] [/load]

Exemplos:

myeject k: – abre a unidade k:

myeject k: /l (ou /load) – fecha a unidade k:

Para ganhar tempo, quando usado por linha de comando o programa nem tenta determinar se a unidade existe ou se é mesmo um drive de CDROM. Do contrário haveria uma pausa de vários segundos. Eu decidi que é melhor deixar por conta do usuário se certificar de que a letra de unidade esteja correta. Porém, nos casos em que o usuário tenha apenas UM DRIVE (contando reais mais emulados) é possível fazer o programa dar OPEN ou CLOSE mesmo sem especificar unidade. Eu vou checar a possibilidade de acrescentar essa funcionalidade em uma futura versão.

Observações:

  • A detecção de unidades emuladas é feita de forma bem grosseira: eu apenas detecto a palavra “generic” que o Daemon Tools usa no seu “Friendly Name” (o nome que aparece no Gerenciador de Dispositivos). Se você usa um outro emulador que não é detectado como tal, deixe um comentário me dizendo qual o seu “Friendly Name” típico.
  • No Windows Vista/Seven provavelmente vai ser preciso rodar o programa como Administrador.
  • Um asterisco ao lado da letra de unidade indica que um disco foi detectado na mesma. Quando possível, seu label também será exibido à direita.
  • Se o seu drive não aparece na lista, isso significa que o Windows não considera que seja um drive de CD/DVD (não é da classe Win32_CDROMdrive);
  • Se o comando Abrir funciona mas o comando Fechar, não. Verifique se a luz no drive está acendendo ao clicar em Fechar. Se estiver, você tem um problema mecânico no drive. Se não estiver, deixe um comentário detalhando ao máximo sua configuração.
  • A função “Ciclo” abre e fecha o drive logo em seguida;
  • Opção para interface “mínima” mostrando apenas o botões de operação, para ocupar pouco espaço na tela;
  • O tempo de refresh depende do número de unidades com mídia inserida, porque o processo mais demorado é consultar os dados da mídia.

Coisas que posso fazer em futuras versões :

  • A funcionalidade extra especificada em “Usando por linha de comando”;
  • Programar abertura e fechamento a intervalos regulares (basta encontrar utilidade ou alguém justificar);

Se você tem uma necessidade específica relacionada que gostaria de ver implementada, deixe um comentário. Estou aberto a sugestões.

Você também pode usar o espaço de comentários para simplesmente explicar que utilidade encontrou para o programa. Isso pode me ajudar a ter idéias de melhorias;

Histórico

Versão 0.2.3

  • Mensagens de disco inserido agora dizem o label do disco;
  • “Omitir Emuladas” não é mais o default do programa;
  • O programa agora checa se o número de unidades detectadas é menor que 1, para evitar travamentos;
  • A string “CloneDrive” foi acrescentada à lista interna de emuladores;
  • Agora o programa reage a um clique duplo sobre cada item. Se houver um asterisco, tenta ejetar. Se não houver,  tenta fechar. Lembrando que um item sem asterisco pode ser um drive fechado vazio. E isso não pode ser detectado;
  • E algumas alterações cosméticas.

Versão 0.2.2

  • Corrigi um bug que fazia o programa dar um refresh a cada inserção ou remoção de dispositivos não CD/DVD;
  • Acrescentei uma barra de status para ajudar no debug (mostrará o que o programa estava fazendo quando travou);
  • Aperfeiçoei a enumeração feita em “Copiar a enumeração completa…”.

Versão 0.2.1

  • Corrigi um bug idiota que só permitia que o programa funcionasse com uma determinada combinação de drives, se estiver marcada a opção de filtrar drives emulados. Como essa opção é default do programa, provocava travamento imediato ao rodar.

Versão 0.2

  • O programa agora detecta ao fechar se houve erro ao gravar o arquivo INI e dá uma mensagem ao usuário;
  • Função Ciclo. Disponível para drives com mídia na bandeja;
  • O programa agora dá um aviso claro de que está atualizando os dados;
  • implementei uma Interface Mínima;
  • Agora você pode usar também “/load” (além de “/l”) na linha de comando para fechar o drive;
  • incluí itens no menu Ajuda para ajudar no debug da aplicação.
  • E algumas mudanças cosméticas

——————————–
Versão 0.1

Primeira versão publicada

DOWNLOAD

244.9 KiB - 187 Downloads - Detalhes...

244.3 KiB - 74 Downloads - Detalhes...

240.1 KiB - 57 Downloads - Detalhes...

240.1 KiB - 55 Downloads - Detalhes...

236.1 KiB - 63 Downloads - Detalhes...

Downloads

mtkSwapColors

Meu programa para adaptação de fontes Mediatek.

Mais informações aqui:
http://ryan.com.br/mtk_fontes.htm

243.6 KiB - 712 Downloads - Detalhes...

287.1 KiB - 105 Downloads - Detalhes...

Downloads

MTK BkgComposer

728.1 KiB - 798 Downloads - Detalhes...

1.2 MiB - 813 Downloads - Detalhes...

Downloads

MTK Mod Toolbox

Este programa é obsoleto. Na maioria das vezes você deverá usar o MTK Patcher.

Mais informações aqui

567.2 KiB - 571 Downloads - Detalhes...

567.2 KiB - 159 Downloads - Detalhes...

503.0 KiB - 186 Downloads - Detalhes...

501.0 KiB - 156 Downloads - Detalhes...

494.2 KiB - 182 Downloads - Detalhes...

493.4 KiB - 15899 Downloads - Detalhes...