DivX

VirtualdubMod : Como criar filmes AVI para aparelhos portáteis

[Download do VirtualDubMod 1.5.4.1] [Home Page do VirtualdubMod]

[Download do Vobsub 2.23] [Download do TCPMP]

Texto publicado em 27/08/2005

Este procedimento também serve quando você deseja fazer redimensionamento de filmes por um outro motivo (ignore a parte de inserção de legendas), como quando é preciso tornar um filme HDRIP compatível com players de mesa, porém não visa a melhor qualidade possível, porque o ganho em um portátil com tela de 320×320 e 2,5″ é insignificante. Para a máxima qualidade é recomendável usar o modo “two pass” do VirtualDubMod, que não é abordado neste artigo.

Nota: É sempre bom lembrar que você precisa ter adquirido legalmente o filme em questão para que este procedimento seja minimamente legal e ético.

Este tutorial foi criado e testado com um TREO 650, mas o procedimento é semelhante para qualquer aparelho portátil que seja capaz de reproduzir MPEG4, como o Tungsten TE.

Este procedimento é baseado nas capacidades e limitações do programa freeware TCPMP v0.66, e do próprio hardware do TREO 650.

O TREO 650 é capaz de reproduzir MPEG4 com áudio em MP3 sem perda de frames, a uma velocidade de 156%, graças ao TCPMP. Porém é necessário que as dimensões (largura x altura) do filme sejam adequadas. Como a tela do TREO 650 tem 320×320 pixels, se você tentar executar um filme de, digamos, 640×480 pixels, o processamento necessário para fazer o “scaling” em tempo real fará com que o aparelho perca muitos frames e o filme perderá a fluidez. Por isso este tutorial mostrará como reduzir qualquer AVI para, no máximo, 320×320.

Como a atual versão do TCPMP (0.66) não é capaz ainda de exibir legendas externas (mesmo se o container for Matroska), vou mostrar também como acrescentar legendas fixas facilmente, no mesmo processo de redução de dimensões do AVI.

Preparação

Para incluir legendas em um AVI com o virtualdubmod é preciso ter instalado um filtro de legendas, que não vem com o pacote do Virtualdubmod. No nosso caso vamos usar o filtro de legendas que vem com o pacote Vobsub.

Mas é preciso estar atento para o fato de que o Vobsub não instala o filtro para o Virtualdub se você não pedir isso explicitamente durante a instalação. Você precisa fazer as seguintes seleções durante a instalação do Vobsub:

Em seguida o programa de instalação irá perguntar onde está instalado o Virtualdub. No nosso caso, você vai apontar para o diretório onde está a sua instalação do VirtualdubMod.

Processamento

Abra o AVI no VirtualdubMod

Se aparecer uma mensagem intitulada “VBR audio stream detected”, siga este procedimento para corrigir o problema antes, senão o áudio ficará fora de sincronismo com o vídeo.

Mesmo que seu portátil seja capaz de decodificar AC3, como o TREO 650, é um enorme desperdício de espaço manter um filme com áudio em AC3 no seu cartão de memória, porque em quase 100% dos casos o portátil vai fazer um downmix para estéreo de qualquer forma. Então eu recomendo que você faça a conversão de AC3 para MP3

Para você ter uma idéia:

Com áudio em AC3: 472MB

O mesmo filme com áudio MP3 128Kbps CBR: 319MB

São 153MB a menos no seu cartão de memória!

Para o TREO 650, a dificuldade para decodificar AC3 ou MP3 parece ser a mesma. Ambos os vídeos apresentaram uma velocidade média de 157% no Benchmark do TCPMP.

Terminado o serviço com o áudo, podemos passar para as opções de vídeo.

Se quiser reduzir a quantidade de espaço necessária e o tempo de processamento, você pode eliminar os créditos antes. Para você ter uma idéia, eliminar os créditos de Tomb Raider reduziu o tamanho do arquivo de 461MB para 410MB. Um ganho de 51MB em um cartão de memória é algo que não se deve desprezar.

Selecione “Full Processing Mode” para o vídeo. Não é possível usar filtros quando se escolhe os outros modos de processamento.

Agora você pode selecionar os filtros:

Clique em “Add…”

Você pode, em alguns casos, optar pelo filtro “2:1 reduction (high quality)” mostrado acima. Para nosso exemplo, vamos usar o mais universal “resize”, role a janela até encontrá-lo:

Selecione “resize” e clique em OK

Usando o Filtro Resize

Vão ser apresentadas as opções de configuração do filtro resize:

Não se deixe enganar pelo fato do VirtualdubMod já ter coincidentemente sugerido a largura correta (para o TREO 650!). Os valores indicados são sempre os mesmos, não importando o filme que você abre.

Se o filme for Fullscreen, mesmo que tenha dimensões “incomuns”, você pode adotar esses valores sem precisar fazer cálculos, porque geralmente você vai acabar com o resultado 320×240 de qualquer forma

Mas so filme for Widescreen você precisará fazer umas continhas.

Como a largura será mesmo 320, resta calcular a altura. Uma simples regra de três leva ao valor requerido, como no exemplo abaixo:

Considerando um original de 608×256:

608/256=320/X

X=256*320/608

X= 134,73684210526315789473684210526

Você deve arredondar o número encontrado para um múltiplo de 2, porque os codecs MPEG4 não gostam de números ímpares.

Preencha as dimensões e escolha o método de interpolação. Eu prefiro “bicubic”:

Nota: a escolha do método de interpolação afeta diretamente a qualidade, o tempo de processamento e o tamanho final do arquivo. Bicubic e Lanczos são os melhores em qualidade, mas Bicubic cria arquivos um pouco menores (uns 10%) sem diferença apreciável na qualidade

Se nós não quisessemos legendas ou se nosso vídeo fosse Fullscreen a configuração terminaria aqui, mas como nosso filme já é widescreen e vamos acrescentar legendas é preferível que estas não fiquem sobre a imagem, que já vai ficar pequena. Então vamos criar umas tarjas pretas onde serão colocadas as legendas.

Clique em OK. O filtro resize aparecerá na lista:

Clique em “Add…” novamente para selecionar o filtro Textsub

Usando o Filtro TextSub

Clique em Open para selecionar a legenda que você desja embutir

Com a legenda selecionada, você pode clicar em “Styles…”

Faça as mudanças que achar melhor (na sua primeira vez, não mexa em nada) e clique em OK duas vezes para voltar a janela de filtros:

A partir deste ponto você já pode ter uma idéia de como vai ficar o resultado, com legendas e tudo. Selecione o filtro resize na lista acima e clique em “Configure”

Clique em “Show preview”

Você pode mover-se pelo filme para ver como vão ficar as legendas. Se você não tivesse escolhido “Expand frame and Letterbox Image” antes, as legendas estariam aparecendo sobre a imagem do filme. Note que não é necessário mexer em nada das configurações default de Textsub (janela Styles) para que as legendas já apareçam assim.

A configuração dos filtros está terminada. Feche as janelas auxiliares até chegar à janela principal do VirtualdubMod e vamos parametrizar a compressão de vídeo:

A bitrate

Na hora de definir a bitrate, você não precisa e nem deve colocar a bitrate do AVI original. Lembre-se de que você está fazendo uma redução no tamanho do filme e com isso pode obter a mesma qualidade com uma bitrate menor. Manter a mesma bitrate vai tornar o arquivo desnecessariamente grande, porque não acrescentará nada na qualidade.

Veja um teste que fiz:

Dimensões 608×256 320×144 320×144
Bitrate 1000 500 300
Tamanho do arquivo 558MB 319MB 209MB
Velocidade no TREO 156% 156% 153%

Reduzindo em 500Kbps ao mesmo tempo que reduzia as dimensões eu consegui um ganho de 240MB, sem diferença apreciável na qualidade.

Com 200Kbps a menos eu consegui um ganho de 110MB com uma pequena perda de qualidade.

Selecione o codec XviD. Se houver mais de um, certifique-se de escolher o que tem o FOURCC code “xvid”. Clique em Configure.

1)Qualquer profile@level entre “AS @ L3” e “AS @ L5” funciona.

2) Eu prefiro “single pass” por ser mais rápido (e mais fácil de explicar) 🙂

3) Clique neste botão até que esteja escrito nele “Target bitrate (kbps)”;

4) Insira a bitrate desejada, conforme minha dica anterior.

5)Clique neste botão…

1) Estas duas opções tem que estar desativadas! O TREO 650 não é capaz de suportar a carga de nenhuma das duas isoladamente, muito menos ambas. Como estas opções são notóriamente difíceis de decodificar, evite-as, a não ser que você tenha certeza de que seu aparelho as suporta.

?) O TCPMP no TREO 650 não tem qualquer problema com estas opções, mas elas são notoriamente problemáticas com players de mesa. Não sei que melhoria elas podem proporcionar na imagem ou no tamanho do arquivo. Eu recomendo desativar completamente o uso de B-VOPs para maximizar a compatibilidade.

Clique na aba Aspect Ratio

Certifique-se de que esteja assim

Dê OK para sair desta tela, OK para sair da COnfiguração e OK de novo para sair da tela de codecs.

Isso parece complicado, mas uma vez que você se certifique de que as configurações estão corretas e não mexa mais, todas as vezes que você for reprocessar um filme terá apenas que inserir a bitrate e mais nada!

Escolhidos os parâmetros de compressão, mande salvar o AVI.

Se você for usar no TCPMP, pode salvar como Matroska (o VirtualdubMod tem essa opção) para economizar um pouco de espaço no cartão. Um AVI de 410MB vira um MKV de 406MB.

Você sabia que pode salvar toda essa configuração que acabou de fazer, para não ter que configurar tudo de novo da próxima? Isso é especialmente útil se você não edita filmes apenas para uso em portáteis, porque você certamente acabará mexendo nas configurações que foram feitas neste tutorial e, eventualmente, vai ter que ler o turorial de novo para “acertar” as coisas. Salvando as configurações você se poupa desse trabalho. No máximo, vai ter que definir apenas qual a legenda a utilizar no filtro TextSub e calcular as dimensões e bitrate para o novo AVI.

Se a sua placa de vídeo permitir isso, você poderá acompanhar totalmente o progresso:

Como a imagem acima mostra, o tempo de processamento inteiro é de cerca de meia hora, no meu Athlon 2.2.

5 comments to VirtualdubMod : Como criar filmes AVI para aparelhos portáteis

Leave a Reply to Luiz Kamah Cancel reply

You can use these HTML tags

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>