Software

Softwares para leitura descomplicada de quadrinhos e manuais digitalizados

Nota: Eu adotei os formatos CBZ e CBR também para distribuição de alguns manuais no meu site. Esta página explica como usá-los.

A comunidade de HQs criou dois softwares freeware específicos para a leitura de revistas em quadrinhos (HQs) digitalizadas. São o CDisplay (de Comics Display) e o BDzExplorer. Estes programas estão na categoria de “Sequential Image Readers” (algo como “leitores sequenciais de imagens”).

17/01/2011: O site do Cdisplay já não existe mais. Seu sucessor é o CdisplayEX.

A princípio, achei uma bobagem, já que o formato PDF serve para isso também, é mais universal e não requer que o leitor instale mais um software em sua máquina. Mas depois de ler um pouco sobre o assunto, percebi que esses softwares pode ter vantagens significativas sobre o PDF. Entre elas:

  • Eles lêem as páginas direto de dentro de arquivos compactados RAR e ZIP. Ou seja: tudo o que você precisa fazer depois de digitalizar as páginas da revista é numerar os arquivos corretamente e colocá-los dentro de um ZIP ou RAR.
  • Em um teste preliminar que fiz, gravar os mesmos arquivos em um PDF com o Acrobat 5.0 cria um arquivo que é 10% maior que simplesmente compactar as mesmas páginas com RAR.
  • Existe um atalho de teclado para exibir duas páginas de cada vez, quando necessário. Isso não existe no PDF (pelo menos, não até a última versão do Reader que testei). Como existem situações em que a arte de uma HQ se estende por duas páginas, isso dá uma clara vantagem ao CDisplay, porque mesmo que você não possa ler o que está escrito (colocar duas páginas na tela vai obviamente reduzir o tamanho delas), você pode olhar a arte inteira e depois ler página por página, de forma rápida e conveniente.

O CDisplay criou (e o BDZExplorer adotou em seguida) as extensões .CBZ e .CBR, que são simplesmente arquivos ZIP e RAR (repare na letra final de cada extensão) renomeados. A princípio eu achei isso estúpido, mas depois a razão ficou clara. Estas duas extensões ficam associadas ao CDisplay, permitindo que você abra o arquivo (e comece imediatamente a leitura) simplesmente clicando nele duas vezes. Se você quiser abri-lo com o ZIP ou o RAR, basta renomear de volta. Agora eu mesmo estou compactando e renomeando todas as minhas revistas digitalizadas, porque achei isso realmente muito conveniente :)

Você pode usar o formato CBZ/CBR para arquivar muitas coisas: páginas da Playboy (você pode colocar uma senha no ZIP ou RAR e o CDisplay vai pedi-la ao abrir), as fotos da família, manuais, revistas, etc. Eu uso o CDisplay regularmente e todos os arquivos que tenho em JPG acabam sendo agrupados em .CBZ.

Você pode estar pensando: “Então um programa de “slide show” não serviria para ler quadrinhos? Existem deles ás pencas na Internet!”

Talvez. Isso é uma coisa que eu pretendo pesquisar. Porém a primeira condição para que o programa possa competir com o CDisplay é a capacidade de ler dentro de arquivos compactados. Isso já deixa de fora quase todos os programas de slide show (eu mesmo ainda não conheço nenhum com essa capacidade).

Além disso, CDisplay tem um monte de outras configurações específicas para a leitura de revistas que podem ampliar sua vantagem. Mas ainda não testei nenhuma delas.

5 comments to Softwares para leitura descomplicada de quadrinhos e manuais digitalizados

Deixe uma resposta

  

   - O e-mail neste site serve apenas para que o blog possa lembrar que você já comentou antes. Não é usado como prova de identidade.)

  

Você pode usar estas tags HTML

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Siga as Regras de Participação, ou seu comentário será ignorado.