Windows

O Painel de Controle

Texto publicado em março de 2002

Como acessar diretamente um módulo

Os módulos do painel de controle são (salvo algumas exceções) simples programas com a extensão .cpl. Sendo assim você pode executar diretamente a maioria dos módulos do painel simplesmente localizando e executando o módulo correspondente. Você pode criar um atalho para o módulo como cria um atalho para qualquer outro programa.

Veja abaixo a lista de módulos mais comuns, com seus respectivos arquivos .CPL

Programa Contém os módulos Observações
password.cpl senhas
appwiz.cpl Adicionar/Remover Programas
desk.cpl Propriedades de Vídeo
inetcpl.cpl Opções para a Internet Instalado pelo Internet Explorer (v4 em diante) ou Win98
Usuários
main.cpl Mouse
Teclado
fontes
impressoras
Energia
mmsys.cpl Multimídia
Sons
modem.cpl Modems
sysdm.cpl Propriedades de Sistema
Assistente para instalar Novo Hardware
timedate.cpl Data e Hora
intl.cpl Configurações Regionais
joy.cpl Joystick / Controladores de Jogos
netcpl.cpl Rede Win 95 e 98
telephon.cpl Telefonia Win 98 e NT
ups.cpl No-Break (Computadores Portáteis)
themes.cpl Configuração dos Temas para a área de trabalho (Win95 com PLUS! instalado ou Win98)
access.cpl Opções de Acessibilidade
sticpl.cpl Câmeras e Dispositivos de imagem Só aparece no Painel de Controle se você tiver um dispositivo compatível instalado, porém pode ser executado manualmente
powercfg.cpl Gerenciamento de Energia
mlcfg32.cpl Configuração das Propriedades de e-mail do Microsoft Exchange ou Novell Groupwise
ncpa.cpl Rede (Win NT)
rascpl.cpl Monitor da Rede Dial-UP (Win NT)
srvmgr.cpl Gerenciamento do Servidor (Win NT)
ports.cpl Portas (Win NT)
console.cpl (DOS Prompt Properties Applet) (Win NT)
devapps.cpl (PCMCIA Applet + SCSI Applet + Tape Devices Applet) (Win NT)
dtccfg.cpl Microsoft DTC Mais comum no Win NT, mas pode ser encontrado no Win98
bdeadmin.cpl Borland Database Engine Administrator Delphi/BDE
odbccp32.cpl Gerenciamento de fontes ODBC 32 Bits
tweakui.cpl Tweak UI
findfast.cpl Utilitário “Busca Acelerada” do MS Office

Nos casos em que um mesmo arquivo .cpl contém mais de um módulo (main.cpl, inetcpl.cpl e mmsys.cpl são os casos mais comuns) executar diretamente o cpl vai executar apenas o primeiro módulo contido no arquivo. Para executar um módulo específico nesses casos é preciso apelar para o uso do programa control.exe, assim:

control mmsys.cpl @1

o exemplo acima executa o módulo sons, contido em mmsys.cpl. O número após a arroba é o número do módulo a ser executado, sendo que o primeiro módulo é sempre “0″. Então para executar o módulo multimídia que também está contido em mmsys.cpl, você deve executar

control mmsys.cpl @0

ou

control mmsys.cpl

porque o módulo “0″ é o default a ser executado

Nota:

Existe um método alternativo onde se substitui control por

rundll32.exe shell32.dll,Control_RunDLL

seguido pelos parâmetros necessários. Não consegui encontrar nenhuma diferença entre as duas abordagens (além da complexidade, claro), mas acho que vale a pena ressaltar que essa alternativa existe e pode ser usada, caso necessário

Como acessar diretamente uma página específica de um módulo

Você pode ampliar ainda mais sua comodidade e fazer com que um módulo já apareça aberto na página que você usa com maior frequência. Por exemplo, quando eu abro o módulo Sistema, sempre vou em seguida para o Gerenciador de Dispositivos, que é a segunda página. Para fazer isso direto, basta executar:

control sysdm.cpl,,1

O número após as duas vírgulas é o número da página que você deseja abrir. A primeira página (a que já aparece aberta normalmente) é normalmente a página “0″ (segundo a Microsoft, seria sempre a página “0″, mas soube que existem exceções que não pude confirmar ainda).

Se você quiser algo ainda mais complexo, que é abrir a página Idioma, no módulo teclado, vai precisar acessar o segundo módulo de main.cpl e exibir sua segunda página. Esse tipo de coisa é feito assim:

control main.cpl @1,1

O número imediatamente após a arroba é o número do módulo e o número após a virgula é o número da página específica que você quer exibir deste módulo.

Nota

A numeração de páginas não segue necessariamente a ordem do seu windows (o instalado na sua máquina) porque outros programas instalados depois do windows podem acrescentar páginas a alguns módulos do painel de controle, mas sua presença não altera a numeração das páginas que já existiam.

Por exemplo, um utilitário da Microsoft chamado Key Remapper (parte do pacote Kernel Toys) acrescenta uma página Remap ao módulo teclado do windowsEsta nova página não pode ser acessada através do módulo teclado usando linhas de comando como as anteriores, simplesmente porque esta página não pertence ao módulo teclado. Ela é inserida automaticamente na janela do módulo quando este abre, mas está contida em um programa externo (no caso, em keyremap.dll). As páginas Velocidade, Idioma e Geral continuam sendo as páginas 0, 1 e 2 respectivamente.

O mesmo acontece frequentemente quando você instala um driver de vídeo que acrescenta outras páginas ao módulo Propriedades de Vídeo.

Como evitar que um módulo seja carregado ao abrir o Painel de Controle

Impedir que um módulo seja carregado tem três objetivos práticos: evitar que os usuários mexam com certas configurações do sistema, acelerar a exibição do painel e localizar problemas na abertura deste.

Você pode evitar que um módulo seja carregado de duas maneiras

1)Renomeie o .cpl correspondente ou tire-o da pasta \Windows\System

Quando você solicita a abertura do painel de controle, todos (e apenas) os arquivos com extensão .cpl do diretório windows\system serão carregados (salvo condição que explico adiante). Então basta fazer com que o sistema não encontre o arquivo para que ele não seja carregado.

2)Edite a seção [Don't load] de Control.INI

Quando o painel de controle é aberto, o arquivo Control.INI é examinado à procura de uma seção chamada [Don't load] que determina os nomes dos módulos que não devem ser carregados. Assim a seguinte linha sob a seção [Don't load]:

modem.cpl=yes

significa que o módulo modem não deve ser carregado. Cuidado para não se confundir: “yes” significa não carregar e “no” significa carregar.

Uma seção [Don't load] comum parece com a seguinte:

[don't load]
snd.cpl=yes
joystick.cpl=yes
midimap.drv=yes

Se a seção [don't load] já existir, você deve acrescentar linhas a ela. Se não existir, você pode criá-la. A explicação de como se faz isso foge aos limites do objetivo deste texto.

Atalhos para o Painel de Controle

Se você usa o Painel de Controle com frequência e acha tedioso o click-click necessário para chegar a qualquer um de seus módulos, pode acelerar o processo de várias maneiras:

Tornar o Painel de Controle um item do Menu Iniciar

Na Pasta Menu Iniciar ou em qualquer de suas sub-pastas, crie uma nova pasta com o seguinte nome:

Painel de Controle.{21EC2020-3AEA-1069-A2DD-08002B30309D}

Quando você der ENTER, se tiver procedido corretamente, tudo escrito após as palavras “Painel de Controle” desaparecerá. Se a pasta permanecer com o nome esquisito acima, algo deu errado.

Note que tudo o que está escrito após o ponto “.” (incluindo ele mesmo) tem que permanecer exatamente como está acima. A denominação que você vai dar (tudo antes do ponto) depende do seu gosto pessoal.

Você deve criar uma nova pasta e dar a ela esse nome durante sua criação. Renomear uma pasta existente, mesmo que tenha sido criada recentemente, pode não funcionar.

O Painel de Controle aparecerá no seu Menu Iniciar e todos os seus módulos serão listados em sub-menu. A vantagem deste método é que a exibição dos itens é muito mais rápida que pela abertura tradicional do painel de controle.

Nota 1:

O código acima (tudo depois do ponto) é a ClassId do Painel de controle. Você não precisa decorá-lo ou anotá-lo se quiser ser capaz de aplicar essa dica em qualquer computador, quando tiver vontade. Basta executar regedit e dar uma busca pela expressão “Painel de Controle” (no windows em português, claro) que você cairá direto em

HKEY_CLASSES_ROOT\CLSID\{21EC2020-3AEA-1069-A2DD-08002B30309D}

Que mostra exatamente a ClassId do Painel de Controle. Se por algum motivo você não cair direto nesta chave, basta continuar a busca, que certamente acabará encontrando.

Talvez ajude-o a fixar melhor a idéia de como é feito esse truque, se você atentar para o fato de que tudo o que você está fazendo é criar uma pasta com um nome qualquer, mas com uma extensão que é exatamente um ClassId.

Nota 2:

A propósito (se você é esperto(a) já deve estar pensando nisso), para criar atalhos para as pastas Impressoras e Fontes, você pode usar exatamente o mesmo método, substituindo o ClassId pelo das referidas pastas. Você pode encontrá-los do mesmo jeito indicado na Nota 1, mas só para não deixar a dica incompleta:

Impressoras.{2227A280-3AEA-1069-A2DE-08002B30309D}

Fontes.{BD84B380-8CA2-1069-AB1D-08000948F534}

3 comments to O Painel de Controle

Deixe uma resposta

  

   - O e-mail neste site serve apenas para que o blog possa lembrar que você já comentou antes. Não é usado como prova de identidade.)

  

Você pode usar estas tags HTML

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Siga as Regras de Participação, ou seu comentário será ignorado.