Sem categoria

Overscan : Por que as legendas são cortadas na TV?

Texto publicado em julho de 2006 e atualizado em 14/06/2007

Introdução

Algumas pessoas, notadamente os fãs de Anime, reclamam que as legendas do filme (legendas fixas) são cortadas e que não conseguem fazê-las aparecer não importa o ajuste (PANSCAN, LETTER BOX e 16:9) que façam no seu DivX player. Mas assistindo no computador as legendas sempre aparecem normalmente. O fato é que esse problema não é provocado pelo DivX Player (ou por qualquer player), mas pela combinação de erro na hora de legendar o filme com a forma com que as TVs funcionam.

Todas as TVs “comuns” (isso exclui, acho, apenas Plasma, HDTV e outras novas tecnologias) aplicam o que se chama overscan na imagem que recebem: A imagem é “esticada” para garantir que em qualquer situação toda a tela da TV esteja sempre preenchida (isso é feito para agradar a “massa” de consumidores, provavelmente da mesma extirpe que não suporta filmes widescreen). Isso resulta numa perda de imagem ao longo de toda a borda, que pode chegar a, pasme, 20% da imagem original.

As pessoas que trabalham criando conteúdo para TV sabem disso, por isso nunca colocam conteúdo importante dentro das margens da imagem que produzem. O pessoal que faz legendagem de filmes Anime (os “fansubbers”) muitas vezes não tem consciência disso, por estarem criando tudo em um PC e para ser visto em um PC, então colocam as legendas muito próximas da margem inferior com o intuito de não estragar o filme. Isso funciona perfeitamente no PC, mas não na TV.

Mesmo um fansubber que teste em uma TV o que produziu pode ser enganado se estiver usando a saída TV OUT de sua placa de vídeo para isso. As placas modernas tem esquemas de compensação em seus drivers que minimizam os efeitos do overscan nas TVs, justamente porque seria inaceitável trabalhar com o “Menu Iniciar” escondido na margem inferior da tela 🙂

E, em uma discussão que vi enquanto fazia pesquisa, alguns fansubbers mesmo cientes do problema não dão a menor importância. Direito deles, claro, já que ninguém tem a obrigação de agradar a grupos específicos quando trabalha de graça. E 99% das pessoas que assistem aos animes legendados nunca se preocuparam em agradecer o trabalho do tradutor/legendador.

Para compensar isso, é necessário que o aparelho de DVD tenha um recurso de Zoom reverso (ZOOM OUT), para “afastar” a imagem. Mas a maioria só tem o Zoom “normal” (ZOOM IN) e os que tem Zoom Out geralmente o fazem exageradamente, tornando a imagem pequena demais. Algumas TVs que tem esse recurso também podem resolver o problema. Ou usar o Modo de Serviço de sua TV para ajustar a imagem na tela.

Note que esse problema apenas afeta filmes com legendas fixas que foram posicionadas inadequadamente. O único modo (conhecido) de corrigir isso é re-processar o filme, incluindo uma “moldura” que mantenha todo o conteúdo da imagem dentro da área visível da tela quando a TV fizer o overscan. Veja aqui como colocar essa moldura.

[14/06/07] Pela primeira vez foi identificado um problema de overscan na exibição de legendas externas. É com o gravador de DVDs com HDD RJTECH RJ-2100DVRX, que coloca a janela de exibição de legendas baixo demais, provocando o corte de parte da segunda linha, se houver uma. Exemplo aqui. Para corrigir esse problema, só mesmo ajustando o overscan da TV.
Testes de overscan

1) com o DivXTESTCD 1.1 ( Test_2_10.avi ou Test_2_11.mpg )

A foto abaixo, de meu notebook, mostra o filme inteiro dentro da área da tela (não existe overscan)

A foto abaixo é da mesma cena, exibida pelo DVP642K conectado a uma TV SEMP de 14″, mostra a perda de 10 por cento da largura. Desculpe a foto amadora, mas estou sem tempo para caprichar 🙂

Se o exemplo não fosse widescreen (não existe exemplo fullscreen no DivXTESTCD 1.1), você veria a mesma perda também na altura. Compare os exemplos e você vai notar que é muito fácil posicionar algo na tela incorretamente de forma que desapareça por causa do overscan.

Lembre-se: é a TV que faz overscan e não o dvd player!

A propósito, a finalidade dos círculos concêntricos (o “alvo”) na imagem é testar se o “aspecto” está correto. Uma TV desajustada poderá apresentar a imagem esticada ou comprimida em um dos sentidos. Os círculos denunciam isso porque ficam “ovais”. Não sei se é impressão minha, mas acho que você poderá notar que a exibição na SEMP mostra os círculos um pouquinho mais largos que altos. Já no notebook, parecem perfeitos.

2) Com um anime fansubbed

A primeira imagem é de um frame aos 11m04s do episódio 07 de Hellsing, de 640×480, legendado pelo grupo brasileiro OMDA, como visto em meu notebook:

Agora, exatamente a mesma imagem, como vista na mesma TV SEMP do outro exemplo, ligada ao DVP642K:

No caso deste filme específico, este foi um exemplo extremo. A maior parte do tempo, dá para ler as legendas perfeitamente, porque o fansubber dividiu o texto em duas linhas. Mas veja como este filme está “no limite”. Em uma TV com um overscan ligeiramente maior ou com uma legendagem ligeiramente mais baixa, a leitura vai ficar difícil ou impossível. Perceba como só dá para perceber o “g” de “desgraçado” pelo contexto.

Novamente, lembre-se: é a TV que faz overscan e não o player!!

Mais exemplos na TV

Você pode até pensar que TVs maiores e mais caras (ou mais recentes) podem ter um problema menos acentuado, ou que talvez o uso de outras entradas de vídeo mudem algo, mas veja os seguintes exemplos:

Como você pode ver, a LG apresentou o pior overscan. Em ambas as TVs isso pode ser corrigido porque por sorte eu sei como entrar no modo de serviço das duas (explicação no final deste texto).

Se duas TVs de mesma diagonal visível forem comparadas numa loja lado a lado, a TV com maior overscan parecerá ter uma magem maior e o consumidor médio não nota que isso ocorre porque há menos imagem visível. Logo a TV com maior overscan ganha uma vantagem comercial mesmo que a intenção do fabricante não tenha sido essa.

O Philips DVP720SA (não vendido no Brasil), o DVP5100 e o GOTEC 5990 tem Zoom out!

Modo de Serviço

ATENÇÃO: Os procedimentos descritos aqui podem prejudicar o funcionamento de sua TV. Embora eu aja de boa fé e todas as informações aqui sejam conferidas e quando possível testadas em meus próprios equipamentos, não me responsabilizo pelas conseqüencias do uso dessas informações, mesmo que estejam erradas ou incompletas. Se a TV não é sua, peça autorização ao papai ou à mamãe para mexer. Se é sua, aceite a responsabilidade pelos seus atos. Minha responsabilidade, em todo o meu site, limita-se à devolução do valor que você pagou a mim pelo uso das informações que, em 100% dos casos, é R$0.00. Se você azarar sua TV mexendo no Modo de Serviço, mande para a Assistência Técnica!

Algumas TVs dispõem de um recurso oculto chamado “Modo de Serviço” (Service Mode) usado pelas Oficinas Autorizadas para fazer pequenos ajustes, sem sequer abrir a TV. Entrando no “Modo de Serviço” aparece um menu que permite até ao usuário comum fazer diversos ajustes, entre eles a altura e a largura da imagem na tela. Se você dispuser de uma TV com esse recurso poderá eliminar completamente o efeito do overscan.

Mesmo nas TVs que sabidamente tem o recurso, ainda é necessário conhecer a combinação de comandos que é a “chave” para entrar nele. Isso não fica facilmente acessível, para que um usuário não bagunçe toda a configuração da TV. Pode até ser necessário usar um controle remoto especial ou mesmo fazer uma pequena intervenção eletrônica para ativar o menu.

Nesse ponto você me perguntaria: Minha TV, uma “Mytzplick abcd” tem esse recurso? ou que TVs tem esse recurso?

Veja esta lista:

http://www.eletronica.pop.com.br/Modos%20de%20Servico%20de%20TV.htm

Como minimizar o overscan na Sony WEGA KV-29FS110

A Sony chama o Modo de Serviço de SAM (Service Adjustment Mode)

O procedimento afeta apenas a entrada corrente, ou seja: se você fizer ajustes enquanto a entrada Video Componente estiver ativa, nada é alterado na sua exibição dos canais de TV aberta. Isso permite que você defina uma “entrada sem overscan” no seu aparelho.

Segundo a lista do link acima, este procedimento deve ser o mesmo para toda a linha WEGA e os modelos KV-20M20, KV-20S20, KV-21RD1, KV-C2583, KV-9PT50, KV-14FM14, KV-32FV16 e KV-13FV26.

O meu controle remoto é um RM-Y194. A única diferença para o modelo abaixo (no que diz respeito ao SAM) é que no meu a tecla [ENTER] é denominada [ENT]

Entrar no Modo de Serviço nessa TV é facílimo. Com o televisor em Standby (led vermelho aceso) aperte no controle remoto, em seqüencia: [DISPLAY][5][VOL+][POWER]

Segundo um Manual de Serviço da Sony que achei, este procedimento é o mesmo para os modelos ao lado, porém a tela apresentada é outra e o procedimento a partir daqui é um tanto diferente, mas todos os comandos de teclas são os mesmos .

O Manual de Serviço dessas TVs (95 páginas) está aqui

  • KV-20FS100
  • KV-20FV300
  • KV-21FM100
  • KV-21FS100
  • KV-21FV300
  • KV-24FV300
  • KV-25FV300

A TV deve ligar exibindo uma imagem mais ou menos assim:

Agora que eu já mostrei como ele aparece, vou editar a imagem para identificar as opções:

  1. Dispositivo (“DEF” pode ser uma forma abreviada de “default”). Muda-se com os botões [2] e [5]. Não mexa nisso!;
  2. O sistema de vídeo padrão para a entrada atual;
  3. Ainda não sei;
  4. A entrada atual (a que você vai modificar);
  5. O nome do parâmetro que está sendo modificado. Muda-se com os botões [1] e [4];
  6. O número do parâmetro que está sendo modificado. ;
  7. O valor do parâmetro. Muda-se com os botões [3] e [6];
  8. Ainda não sei (“NVM” deve significar “Non-Volatile Memory”);
  9. Provávelmente a versão do firmware da TV.

Enquanto estiver no modo de Serviço, você pode mudar a entrada da TV apertando [TV/VIDEO] no remoto que (4) mudará de acordo, mostrando onde é que você está fazendo as alterações. No momento em que você entra no Modo de Serviço a TV já exibe como fundo a imagem presente na entrada que estava selecionada quando a TV foi desligada pela última vez. A minhas imagens mais acima estão pretas porque eu removi o sinal da entrada para facilitar a visualização das opções. Como você verá mais adiante fica um pouco mais difícil de visualizar o menu quando este está sobreposto a uma imagem, mas para ajustar é melhor que esteja sobreposto.

Para mudar o parâmetro selecionado, use [1] e [4]

Para mudar o valor do parâmetro selecionado, use [3] e [6]

Como só vamos fazer as alterações necessárias para minimizar o overscan, os parâmetros que nos interessam são apenas 1 e 3, como mostro abaixo:

38 e 40 são os valores default que encontrei na minha TV. Modelos diferentes tem valores default diferentes.

Para o leigo, os dois itens parecem ter sido inspirados no dicionário do “Seu Crêisson”, mas o significado para quem tem mais experiência é óbvio:

HSIZ = Horizontal Size

VSIZ = Vertical Size

Bem, usando [1], [4], [3] e [6] faça as alterações até achar que ficou satisfatório. Ficará bem mais fácil se você tiver uma imagem sendo exibida.

Para minha surpresa, eu não consegui mais do que 5% da imagem de volta (note que faltavam 10%), mesmo reduzindo bastante os valores de HSIZ e VSIZ, como mostra a imagem abaixo:

Intrigado com isso e como estava testando com um DVP5100, testei com outros dois DVD players: o Philips DVP642 (mesmo fabricante, chipset diferente) e o LG DVK9944X (fabricante diferente, mesmo chipset). Nada mudou.

Repeti o procedimento com outra entrada. Testei Video Componente e Video Composto. Nenhuma diferença.

Mas os 5% que ganhei foram suficientes para resolver o problema com os animes (eu coloquei 30 em HSIZ e 30 em VSIZ):

Nota: o problema do arredondamento no lado esquerdo ocorre quando mexemos em VSIZ. Quanto menor o valor, pior fica. Abaixo, VSIZ=0:

Não me preocupei ainda em descobrir que parâmetro pode corrigir isso. Para mim já está suficientemente bom, mas um purista vai preferir esconder a borda esquerda da tela, aumentando um pouco HSIZ.

Mais tarde, descobri como obter os outros 5% da imagem que faltavam. Bastou mudar o parâmetro 14 (HBLK) de 0 para 1 que quase todo o resto da imagem dos lados esquerdo e direito apareceu automaticamente. Nada mudou em cima e embaixo. O problema é que a área adicionada ficou “diferente”. Na maior parte do tempo aparenta apenas ter um brilho maior, mas dependendo da imagem exibida aparecem efeitos esquisitos nas duas laterais. Ainda não estou certo de que valha a pena o problema só pelos últimos 5% da largura.

[29/07/2006] Me enganei redondamente. Colocar HBLK em 1 fez com que as laterais da imagem esticassem dobrando sobre elas mesmas e o efeito esquisito que eu estava vendo era a transparência das dobras. Além disso, dois incômodos riscos curvos verticais apareceram mais para o meio da tela por causa disso. Por isso, passei HBLK de volta para zero e me conformei com a perda dos 5%.

Todas as alterações que você fizer serão revertidas quando a TV for desligada da tomada, por isso você pode fazer experiências à vontade, até um certo ponto. É tecnicamente possível que alguns parâmetros sejam críticos e levem à queima do aparelho se forem suficientemente desviados do valor correto por muito tempo. Somente um técnico treinado no aparelho em questão pode dizer com certeza se é seguro ou não experimentar com os valores.

Para gravar permanentemente, aperte em seqüencia [MUTTING] e [ENT] ou [ENTER]

Enquanto você não teclar a seqüencia acima dentro do Modo de Serviço, você pode ligar e desligar a TV, entrar e sair do Modo de Serviço que suas modificações serão mantidas, mas apenas até o momento em que a TV for desligada da tomada (ou faltar energia, dãaa…).

Apertando em seqüencia [8] e [ENT] a TV entra em RESET, voltando às configurações de fábrica para as opções do usuário. A TV se oferece de novo para sintonizar automaticamente os canais e todas as suas opções personalizadas de áudio e vídeo voltam ao padrão de fábrica, mas todas as alterações feitas no Modo de Serviço são preservadas. Seria bom saber como se reseta também o Modo de Serviço, mas pelo que pesquisei não existe jeito.

Como minimizar o overscan nas LGs CP29K30A, RP29FA35A e RP29FE80

Obrigado ao Rafael Biller pela dica que me permitiu entrar no menu!

Ao contrário do que ocorre na Sony, este procedimento afeta todas as entradas. Se você fizer o ajuste na entrada de Video Componente, vai afetar a recepção de TV aberta.

Este procedimento possivelmente é o mesmo para a LG Flatron 29Q54

Com a TV ligada na entrada que você deseja modificar (TV/Video1/Video2/Video3/Componente), aperte ao mesmo tempo os botões MENU do controle remoto e da TV e segure por uns 5 segundos (o controle tem que estar apontado para a TV, dãa…).

Solte somente depois que o menu Service1 aparecer na tela:

O número de opções é enorme! Apertando a tecla [MENU] você alterna entre as páginas abaixo:

Todos os valores das imagens acima, com exceção do menu Service2, são os valores de fábrica da minha TV. Se você bagunçou a sua, do mesmo modelo (CP29K30A) e não sabe mais quais os corretos, pode usar os meus como base para a correção.

Para corrigir o overscan, vá até o menu Service2 e usando as teclas [CH] e [VOL] (são quatro no total) mude os valores de:

  • VA – Tamanho Vertical
  • VS – Posição Vertical
  • HS – Posição Horizontal
  • EW – Tamanho Horizontal

Eu não faço a menor idéia do que essas abreviações significam. Provavelmente só fazem sentido em coreano (a sede da LG é na Córeia do Sul).

Após estar satisfeito, aperte [ENTER] para gravar. A seguinte mensagem aparecerá rapidamente na tela:

Como ficou a imagem com o overscan corrigido:

Note que a LG também fica com a borda esquerda curva, como na Sony WEGA; e a borda direita fica ligeiramente torta. Nada que me incomode, entretanto. Eu percebo a falha ao ligar a TV, mas depois de começar a assistir eu não a enxergo mais. Note que isso varia de pessoa para pessoa.

Dicas não confirmadas:

A LG dispõe de um controle remoto especial para acessar o Modo de Serviço, mas se o seu controle remoto tem um circuito integrado SAA3010T, basta conectar uma chave entre os pinos 1 e 11 do mesmo

Veja mais sobre Modo de Serviço em:

http://home.tiscali.nl/m.majoor/tv__matchline_service_mode.htm (TVs Philips)

12 comments to Overscan : Por que as legendas são cortadas na TV?

  • Mia

    muuuuuuuuuito obrigada! eu tentava solucionar esse problema há meses!

  • angela

    Nossa vc nao imagina o quanto estou feliz, vc é 10!!! melhor vc é 1.000!!!!!
    Muito obrigada, no começo fiquei meio aflita, pq quase nao entendo nada disso, só sei o que estou vendo ( aliás o que nao estava vendo … rsss) Mas como vc explicou muito bem detalhado, consegui,, iupiiii…. estou conseguindo ler as legendas agora…

    Obrigada, novamente pelo seu trabalho..

  • francisdavis08

    Parabens pelo seu trabalho cara, te admiro muito. Nota 1000.

  • Henrique

    Ooow vaaleu aii caara , coonseguuii consertar o probleema , qe a muiito teempo ja tiinha  .. Parabéens aee pelo seu trabalho  =D

  • Pedro

    Parabéns pela matéria!

  • Paulo Hernani

    Amigo bela explicação sobre overscan !!!

    minha tv é uma philips e encontrei em seu manual baixado aki mesmo na net um tal de SDAM
    que é equivalente a um modo de serviço e vc consegue mudar com facilidade para as dimensões
    necessarias !!!!

    Obr !!

  • Leonardo

    Muito obrigado mesmo! isso sempre me incomodou, distorções e cortes na tela, consegui ajustar tudo. Ótimo trabalho amigo!

  • Angela

    Cara,muito,muito MUITO grata pelas dicas, me ajudou a resolver um problema que há mais de um ano estava me afligindo (eu estava quase me decidindo a comprar um TV nova, mas vc me salvou!). Parabéns pelo trabalho!

  • Gleidson Pilares

    Cara, vc me ajudou a solucionar todos os meus problemas! Agora consigo ver meus filmes e seriados e por fim jogar meus games! Valeu… nota maxima para tu

  • torben

    Nada a ver de agradar a “Massa” de consumidores, pq em todo ambito tem de se elitizar as coisas? É igual a quem só assiste filmes legendados são ditos como superiores a quem assiste dublado “fala sério”, a mesma coisa com filme que tem a tela cheia pqp

    • Você não gostar dos fatos não muda nada dos fatos.

      A cópia dublada é inferior (animações podem ser exceção porque o original também é “dublado”).
      O overscan é uma barbaridade limitadora do conteúdo que só continuou sendo aplicada na última década para satisfazer os ignorantes.

      Se você não enxerga isso é óbvio que se enquadra no que chamo de “a massa” e não faz parte do meu publico alvo.

      Eu escrevo meus textos para pessoas como as que comentaram antes de você.

Leave a Reply

You can use these HTML tags

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>