Minha cirurgia nos olhos (PRK) foi um sucesso.

Tudo começou com um par de más notícias.

Eu uso óculos desde os seis anos, para corrigir miopia e astigmatismo. Dois problemas que só afetam a visão para “longe” (mais de um metro de distância). Mas minha visão para perto, que sempre foi muito boa, se deteriorou rapidamente no último ano, o que é uma condição normal para alguém que cruzou a linha dos 40 anos. Mesmo sabendo ser normal, quando o oftalmologista me comunicou que eu teria que passar a usar bifocais eu fiquei desalentado. O resultado dos testes rotineiros, especificamente a topografia das minhas córneas, indicava que eu não era candidato para cirurgia, por ter córneas finas e irregulares. E foi justamente o resultado de uma dessas topografias que trouxe a segunda má notícia: o oftalmologista (vou chamar só de “oftalmo” daqui em diante, ok?) observou que a irregularidade nas minhas córneas era um indício de que eu pudesse ter uma doença degenerativa das córneas chamada ceratocone.

O oftalmo me recomendou que eu fizesse um exame incomum, não coberto pelo meu plano de saúde e que custava R$250 à vista: uma tomografia dos olhos chamada Pentacam. E já saí de lá avisado que isso só serviria para guardar  e fazer um novo exame idêntico, um ano depois, para saber se o problema tinha estacionado (boa notícia) ou estava degenerando.

Relutei em fazer um exame caro sem grande utilidade. Mas acabei cedendo à responsabilidade e fiz. Quando levei o resultado ao oftalmo, uma surpresa: eu esperava que ele confirmasse a possibilidade de que eu tinha ceratocone, mas em vez disso ele olhou para as tomografias e disse: “acho que você pode fazer a cirurgia”.

Eu queria ter visto a minha cara na hora.

O oftalmo me disse que precisava ainda da opinião de outro médico, criador do Pentacam. Ele iria mandar meus exames por email e uma semana depois me daria o resultado.

Duas semanas depois recebi a resposta: a cirurgia era possível e ia me custar R$5000. Ele pretendia resolver meus dois problemas, operando um olho para perto e outro para enxergar de longe. Eu não sabia que isso existia, mas não fiquei muito surpreso porque já tinha a noção de que o cérebro faz coisas espantosas no caso da nossa visão.

Fiquei espantado mesmo foi com o preço, mas me livrar dos óculos era um desejo antigo. Cheguei a usar lentes de contato por alguns anos, mas sou indisciplinado demais para tomar os cuidados necessários de higiene com as lentes (que seguidos à risca são chatos prá caramba). E por medo de acabar perdendo meus olhos com minha indisciplina, voltei a usar óculos. Negociei um desconto para pagamento à vista em dinheiro e marquei a cirurgia para um mês depois, dando-me tempo suficiente para estudar sobre ela (nunca tinha ouvido falar da tal PRK), considerar as promessas do oftalmo, e talvez desistir ;)

Uma semana antes da data marcada fui fazer o pagamento e ser informado sobre o pós-operatório.

Quatro colírios foram receitados:

  • Zymar
  • Predfort
  • Optive
  • Acular LS – A recomendação foi comprar apenas se eu sentisse dor. Mas quem vai esperar sentir dor para procurar o remédio?

Todos precisavam ser administrados por oito dias após a cirurgia, nesta ordem, a intervalos de dez minutos, quatro vezes por dia.

16 de maio – 1o dia – a cirurgia

A cirurgia foi marcada para as 7:30. Cheguei às 7h com meus pais (alguém tinha que me levar de volta). O cirurgião começou a atender às 8:30 (quanto será que precisaria custar a cirurgia para você ser atendido na hora marcada?). Fui o segundo a entrar. Uma enfermeira me vestiu uma bata e protetores para meus sapatos, limpou meus olhos com iodo e aplicou um anestésico, que não afetou em nada minha visão.

Sou chamado para a cadeira do procedimento. A enfermeira avisa que vai aplicar um instrumento para manter meu olho aberto e eu acredito que ela faz isso sem mostrá-lo de propósito para não aterrorizar o paciente. Não doi nada, entretanto. O instrumento chama-se blefarostato e para dizer a verdade parece bem menos assustador quando não está aplicado ao olho:

Fonte da imagem

A enfermeira diz que vai pingar mais anestésico, mas quando sou puxado para baixo do laser sem que isso tenha acontecido ainda, preocupado, eu pergunto sobre isso. Não sei se ela tinha esquecido ou não, mas ela aplica mesmo.

O cirurgião repete insistentemente que eu olhe para a luz, mas eu já estou olhando! Confuso, procuro opções até ver que ele se refere a uma luz débil (um LED) que ora parece verde, ora vermelho. Eu só estava vendo as três fortes luzes brancas e estava olhando para uma delas. O cirurgião deveria dizer “olhe para a luz verde!”

O procedimento começa. Sinto como se o cirugião estivesse raspando meu olho com força usando um instrumento qualquer (não dói, mas incomoda).
Terminada a raspagem começa a operação do laser. Um barulho esquisito, de ficção científica, vem da máquina, e começo a sentir um cheiro que provavelmente é de córnea queimada. Não dói, mas é angustiante ter que ficar olhando direto para o laser enquanto este corta o seu olho, preocupado com manter olhar fixo e não mover a cabeça. Esta não fica presa em nada a não ser a mão do cirurgião, que me segura na posição com as pontas dos dedos. A única explicação que vejo para isso “não dar zica” é o computador ser capaz de seguir meu olho e reajustar a posição do laser em tempo real.

Terminado o trabalho com o laser, o cirurgião faz mais algumas coisas no meu olho, mas eu só consigo identificar a colocação da lente de contato de proteção no final.

O procedimento se repete para o olho esquerdo. A única diferença é que desta vez a enferemeira lembra de pingar o anéstesico antes de eu ir para debaixo do laser.

Não tenho certeza de quantas pessoas havia na sala, mas pelas vozes eram no mínimo duas enfermeiras além do cirurgião. Uma delas do lado direito monitorando o computador do laser e dando informações, enquanto a outra ficava do meu lado esquerdo assistindo o cirurgião.

Levantei da cadeira surpreso, porque já enxergava bem melhor do que era sem óculos. Eu esperava ver apenas “vultos” no primeiro dia.

A volta para casa foi difícil. De olhos fechados e cobertos com as duas mãos por causa do sol das 9:30, o trajeto pareceu beeeem mais longo. Se for passar por isso, vá num carro com ar condicionado e leve um rádio e algo para vendar o rosto. O trajeto parecerá bem mais curto.

A dor chega às 11:15 nos dois olhos de uma vez. Adiantei o uso dos colírios, mas sequer podia distingui-los e minha mãe teve que ajudar. E como eu segui a regra de aplicar na ordem, o para dor foi o último, aplicado 30 minutos depois. A dor passou pouco tempo depois de sua aplicação.

Segundo dia

5h
A dor voltou (segunda vez) ao abrir os olhos, mesmo na escuridão (eu tenho que ficar em um quarto sem luz). Como da outra vez, não podia abrir os olhos o suficiente para distinguir os colírios. Minha mãe teve que ajudar. E como da outra vez, a dor passou pouco depois da aplicação do quarto colírio.

É importante ter esse problema em mente. Se você não quiser ou não puder depender de alguém 24h por dia durante a recuperação, providencie antes um jeito de identificar os colírios sem vê-los. Pode ser até colocando em gavetas diferentes, na seqüência em que são usados.

Não confie na diferença de cores. Você nem sempre vai enxergar o bastante para ter certeza.

Fiquei deitado até as 11, tentando dormir.

14h30 – 1a consulta do pós operatório. O cirurgião me libera para dirigir e usar computador, desde que eu sinta que dá.

16 horas – já consigo usar o computador

18h – a acuidade visual piorou. Usar o computador está bem mais difícil

22 de maio

Nenhuma alteração. Sem fotofobia.

23 de maio – 1 semana após a cirurgia

Nenhuma alteração. Sem fotofobia.

Consulta com o oftalmologista às 14h40. Já fui dirigindo sozinho. As lentes de contato protetoras foram removidas. Na hora eu não notei, mas a visão piorou muito depois disso.
Mas como o médico me disse que nunca tinha visto uma recuperação tão rápida (antes de entrar eu fiz uma topografia dos olhos), estou confiante de que seja normal.

Tive que me apressar para voltar para casa, porque por volta das 16:30 eu já sentia a minha capacidade de dirigir muito prejudicada, apesar de ter saído de casa sem ter reclamações a fazer.

Adicionalmente, toda vez que pisco eu sinto como se houvesse algo nos olhos. A sensação parece até mais pronunciada do que quando eu estava usando as lentes.

O cirurgião me liberou para dormir sem os protetores e até mesmo tomar banho de piscina (ele disse que já estava cicatrizado, só restando uma “micro-cicatrização” a terminar). Mas quando eu lembrei que era o último dia dos colírios ele me recomendou a continuar o tratamento por mais quatro dias, por ser PRK.

E por falar nos protetores, dormir é um motivo de preocupação constante após a cirurgia. Eu só consigo dormir de bruços, mas durante a recuperação só podia dormir de costas e tinha que usar o protetor no rosto, porque é inadmissível acordar e , por reflexo, esfregar os os olhos.

Eu tirei uma foto de como fiquei com o protetor para a posteridade. Só não sei se essa tal posteridade vai gostar…

24 de maio

Fui dormir às 3h

Acordei às 7h para colocar os colírios e voltei a dormir.
Saí da cama às 12h20min, depois de colocar o último colírio.
A visão está muito ruim. Ainda sinto como se houvesse um corpo estranho nos olhos

Tive que ir trabalhar, mas usar o computador é difícil.

A fotofobia voltou leve 30 minutos depois que comecei a dirigir, por volta das 13h, mesmo com dia nublado de chuva fina. Tive sorte de chegar ao meu destino cinco minutos depois.

16h
A sensação de corpo estranho nos olhos diminuiu bastante.

19h
Também foi o primeiro dia que tive que dirigir à noite e não foi uma boa experiência. Cada lanterna dos carros à minha frente aparece múltiplas vezes e percebo que minha sensação de distância está prejudicada, decidi dar o triplo da distância normal para o veículo da frente.

25 de maio

1h
Notei que o olho direito está embaçando tudo e prejudicando minha visão para perto. Em um jogo de 32 chaves, não consigo discernir as chaves de fenda, as estrela… tudo fica distorcido, a qualquer distância. Entretanto, não sinto mais a sensação de corpo estranho nos olhos.

28 de maio

Nenhuma mudança na visão
O colírio Zymar acabou, coincidindo com as instruções do oftalmologista.

04 de junho

A fotofobia voltou à meia noite. Muita dificuldade para olhar para o monitor. Durou apenas 10 minutos. Saí para trabalhar às 5:30 sem problemas, mas às 08:30h, com o sol mais forte, não consegui dirigir sem colocar os óculos escuros (nunca tive essa necessidade antes). Aliás, sair a pé sob o sol do meio dia é doloroso.

Não quero ter que depender de óculos escuros. O mundo fica “diferente”, quase depressivo quando os estou usando;

Tentei fazer uma pesquisa de materiais em alguns armazéns de Recife mas desisti. A falta de nitidez na visão deixa a tarefa de procurar coisas nos corredores cansativa.

Posso dirigir, mas detalhes como nomes de establecimentos comerciais são muito mais difíceis de captar de relance.

De resto, nada mudou.

20 de junho

Fiz a consulta dos 30 dias. O oftalmo me disse que tudo corria perfeitamente bem e que no olho direito minha miopia havia zerado e eu tinha 0.75 no olho esquerdo (necessário para ver de perto). Me disse para não me preocupar, que minha visão ainda ia melhorar.
Quanto à fotofobia, ele disse que eu deveria ter continuado a usar o colírio Optive.  Que eu vou ter que usar um colírio sempre (não gostei disso).

11 de dezembro

Pontos positivos (em relação aos problemas sentidos depois da cirurgia)

  • A fotofobia desapareceu completamente. Já consigo andar de olhos abertos sob o sol do meio dia normalmente. Não preciso mais de óculos escuros para dirigir.
  • Procurar itens em supermercados e armazéns não é mais incômodo;
  • Não tenho dificuldade para usar computadores;
  • Não tenho mais sensação de ter algo nos olhos quando pisco;
  • Não sinto mais qualquer dificuldade para dirigir, inclusive à noite;
  • No geral, no dia-a-dia, o resultado da cirurgia foi positivo.

Pontos negativos (em relação a como era minha vida com óculos)

  • Tarefas com eletrônica são agora inviáveis sem uma lupa. Qualquer coisa a menos de um palmo do meu rosto vai perdendo progressivamente a definição até ficar impossível de discernir, que é o oposto do que acontecia antes da cirurgia;
  • Parece que a diferença nos meus olhos está me impedindo de desfrutar filmes 3D com óculos ativos; A imagem sempre parece estranha e desconfio que meu olho operado para enxergar de perto, que não serve para enxergar à distância que fica uma TV, esteja atrapalhando;
  • às vezes sinto dores incomuns nos olhos, mas ocorre menos que uma vez por semana. E também raramente lembro de usar o colírio. Quando lembro, é à noite na hora de ir deitar.
VN:R_U [1.9.13_1145]
Rating: 0.0/5 (0 votes cast)
151 comentários
  • Saulo Benigno - 279 Comentários

    Poxa Jefferson, que notícia ótima. Cirurgia foi um sucesso. Fico feliz.

    Mas que coisa chata esses pontos negativos hein? Será que as dores vão passar?

    Espero que sim. 

    VA:R_U [1.9.13_1145]
    Rating: 0.0/5 (0 votes cast)
  • Julião - 9 Comentários

    Caramba, antes de chegar ao último dia da saga não dá pra acreditar que no título está escrito “… foi um sucesso”, parece que vai dar errado no fim, deve ter sido angustiante esses dias com a visão desse jeito. :S

    VA:R_U [1.9.13_1145]
    Rating: 0.0/5 (0 votes cast)
    • Jefferson - 6.109 Comentários

      Pode ter certeza de que é angustiante. O meu oftalmo não deu todas as informações de que eu precisava e fez a coisa parecer muito simples. Se eu tivesse apenas os sorrisos dele para me basear teria achado que algo dera muito errado. Eu só estava preparado para o que ia acontecer porque eu fiz pesquisa e encontrei dois diários semelhantes a esse que eu fiz que me deixaram ciente de que eu ia passar por dias difíceis. Se você sair da cirurgia sem saber disso, em alguns dias está entregue ao choro.

      E foi por causa desses diários que eu li e da importância que eles tiveram para mim que eu decidi fazer o meu. Pode ajudar outras pessoas a se prepararem ainda melhor do que eu me preparei.

       

      VN:R_U [1.9.13_1145]
      Rating: 0.0/5 (0 votes cast)
  • VR5 - 397 Comentários

    Nossa! Que coisa complicada, Jefferson! Eu notei mesmo que o seu post possui alguns erros de ortografia (não me entenda errado: eu costumo errar muito nas minhas postagens e não me importo com os dos outros, mas os seus textos são 100% perfeitos, e sei como você cuida muito disso!). Isso é algum resquício da cirurgia?

    Mas o mais importante: fico feliz que estejas bem! De certa maneira aprendi a considere-lo um amigo virtual, sempre nos enriquecendo com suas informações! Desejo continuas melhoras e que fiques cada dia melhor a sua visão! :)

    VA:R_U [1.9.13_1145]
    Rating: 0.0/5 (0 votes cast)
    • Jefferson - 6.109 Comentários

      sso é algum resquício da cirurgia?

       

      SIM!

      Eu escrevi boa parte do texto durante o pós-operatório, para não esquecer de pontos importantes. E olha que antes de publicar eu ainda dei uma olhada rápida e corrigi diversos erros. Depois eu corrijo o resto.

       

      Desejo continuas melhoras e que fiques cada dia melhor a sua visão!

       

      Obrigado!

      VN:R_U [1.9.13_1145]
      Rating: 0.0/5 (0 votes cast)
      • Jefferson - 6.109 Comentários

        Caramba! realmente sobraram muitos erros de digitação! Vou deixar assim por enquanto para o povo “sentir o drama” :P

        VN:R_U [1.9.13_1145]
        Rating: 0.0/5 (0 votes cast)
      • Hemilly - 1 Comentário

        Olá Júlio,
        Com que oftalmo você fez a cirurgia e aonde aqui em Recife? Irei fazer a minha Quarta-feira agora, com Dr. Natanael Amorim no Oftalmolaser nas Graças. Estou super, mega, hiper nervosa e anciosa. :(

        VA:R_U [1.9.13_1145]
        Rating: 0.0/5 (0 votes cast)
  • Jefferson - 6.109 Comentários

    Esqueci de acrescentar ao post que existem basicamente dois tipos de cirurgia refrativa a laser: Lasik e PRK. Na Lasik, a pessoa está completamente recuperada em 24h e não sente dores, mas a PRK tem esse período extenso de recuperação, naturalmente sujeito a dor. Quem escolheu PRK foi o oftalmo, claro.

    VN:R_U [1.9.13_1145]
    Rating: 0.0/5 (0 votes cast)
    • Saulo Benigno - 279 Comentários

      Peraí… de 24h para esses meses todos? Tem algo aí, ou a Lasik é muito ruim ou a PRK é muito boa… não pode ser isso. Eu heim… 24h! Já pensou.

       

      VA:R_U [1.9.13_1145]
      Rating: 0.0/5 (0 votes cast)
      • Jefferson - 6.109 Comentários

        Não é que uma seja melhor que a outra. Obviamente existe uma preferência por lasik, mas se o caso do paciente não permitir, resta PRK como opção.

        No meu caso, se me recordo bem, eu tive que me contentar com PRK porque minhas córneas são finas demais para tolerar a técnica lasik.

         

        VN:R_U [1.9.13_1145]
        Rating: 0.0/5 (0 votes cast)
      • Karla - 1 Comentário

        A técnica LASIK me da mais medo, pois conheci alguns casos, em que alguns anos depois as pessoas levarem “boladas” ou pancadas nos olhos e causou o descolamento da retina, e que se nessa hora vc não tiver um bom médico, pode chegar a ficar cego, já existem muitos oftalmos que não praticam mais a lasik, o meu é um deles!!! Estou no meu 14° dia de PRK, e pra mim até agora, esta tudo tranquilo, tinha 9,10 de miopia e 1 e pouquinho de astigmatismo, meu oftalmo diz que estou com 40% da visão ainda, e que ela vai melhorando gradativamente, mas o processo todo demora de 6 meses normalmente, e em alguns casos até um ano!!! Mas estou feliz até o momento :) só deixo de dica pra todos, que façam tudo certinho conforme seu médico recomendou, e não sair por ai depois de alguns dias e relaxar, é importante seguir os horários de medicamentos e colírios e usar os óculos escuros sempre, nada de uva e uvb nos olhos, isso atrapalha a cicatrização, e pra quem está pensando em fazer a cirurgia, algo muito bom e que vejo poucas pessoas comentarem é a compressa gelada, ajuda muito nos primeiros dias, tira aquela irritação, coceira e olhos seco, ardendo e embaçado.  :D

        VA:R_U [1.9.13_1145]
        Rating: 0.0/5 (0 votes cast)
        • Cintia Santos - 2 Comentários

          Olá, estou pesquisando sobre a cirurgia e vi vários posts, inclusive este que achei o seu. Todos são basicamente iguais mas uma informação nesse blog me deixou confusa. Vc tem problemas com filme 3D? Obrigada.
           

          VN:R_U [1.9.13_1145]
          Rating: 0.0/5 (0 votes cast)
        • Marcio Mafra - 2 Comentários

          Já levei uma bolada no olho e corri o risco do descolamento mesmo sem ter realizado a cirurgia.

          VA:R_U [1.9.13_1145]
          Rating: 0.0/5 (0 votes cast)
        • Helio costa - 1 Comentário

          B)

          VA:R_U [1.9.13_1145]
          Rating: 0.0/5 (0 votes cast)
        • Maria Loyola - 2 Comentários

          Oi Karla! Me identifiquei muito com sua publicação, pois também fiz a PRK e tinha 9 graus. Hoje estou há 7 dias do pós cirúrgico e confesso que os dois primeiros dias foram bastante difíceis, pois os olhos ardem demais e lacrimejam bastante, mas depois disso, ficou somente a sensação de olho seco e a vista embaçada, como se fosse névoa, mas o médico disse que isso vai melhorar com o tempo. Concordo com vc quanto as compressas de água fria que ajudam muito a desinchar os olhos e aliviar a irritação.

          VA:R_U [1.9.13_1145]
          Rating: 0.0/5 (0 votes cast)
        • Beatriz - 1 Comentário

          Olá diz cirurgia refrativa de olhos PRK ha 15 dias , sensação as vezes de areia nos olhos, mas história de perguntar se alguém de vcs possa me dizer se é preciso assistir TV, usar celular ou computador com óculos escuros, a noite meu quarto ja é escuro, acho que usando o óculo escuro vou fazer um maior esforço

          VA:R_U [1.9.13_1145]
          Rating: 0.0/5 (0 votes cast)
  • Luciano - 438 Comentários

    Puxa vida Jefferson! Que ótimo que tudo esta caminhando bem! Então isso explica boa parte da rareada que houveram nos posts aqui no blog? Se sim, então foi bom ótimo motivo! :)

    VA:R_U [1.9.13_1145]
    Rating: 0.0/5 (0 votes cast)
    • Jefferson - 6.109 Comentários

      Exatamente. O primeiro post depois da cirurgia foi este. Eu realmente esperava poder voltar em 10 dias, mas a recuperação demorou mais do que eu imaginava e aí juntaram-se outros problemas e os posts foram ficando raros.

      Mas foi mesmo a cirurgia que me fez parar de escrever.

       

      VN:R_U [1.9.13_1145]
      Rating: 0.0/5 (0 votes cast)
  • Rodrigo - 114 Comentários

    Oi Ryan , ia comentar exatamente sobre a Lasik e depois vi seu comentário sobre ela.
    Eu fiz a operação Lasik ha uns 5 anos e recentemente um conhecido fez a PRK.
    A PRK é mais dolorosa e tem um período mais extenso de recuperação. (Conheço várias pessoas que efetuaram a cirurgia)
    A Lasik a visão não é totalmente recuperada em 24h. Na verdade são umas 12h :)
    Eu tinha aproximadamente 4,5 de miopia em cada olho e 0,25 de astigmatismo em um e 0,75 em outro.
    Eu fiz a operação umas 19~20h da noite. 21~22h estava  em casa com uma recomendação. “VAI DORMIR”. E passar alguns colírios , é claro. Mas no caso de dormindo , estava dispensado dessa recomendação. 
    Lá pelas 09h do outro dia acordei vendo tudo , levemente embaçado. Igual um óculos engordurado. Lá pelo meio dia estava enxergando normalmente (quase … chutando,sem nenhuma base cientifica uns 90%). 
    Nos 15 primeiros dias tomava cuidado ao enxugar os olhos com uma toalha bem macia pois os olhos ficaram doloridos. Depois de aproximadamente um mês , até esqueci da operação se não fosse um pequeno detalhe.
    Teria que fazer uma segunda intervenção (opcional) pois o Astigmatismo de uma não mexeu (0,75).
    Depois de uns meses (necessária para completa cicatrização) fiz novamente em um olho e ficou melhor.
    Está praticamente perfeito assim.
    O que notei de pontos negativos.
    – Imagens alto contraste. Igual o ponteiro do mouse branco sob fundo preto parecem que ficam com “fantasma”. Nada que incomoda.
    Acho que só.

     

    VA:R_U [1.9.13_1145]
    Rating: 0.0/5 (0 votes cast)
  • Valdecir - 7 Comentários

    Já pensei em operar, mas sempre tive medo. Agora que você disse que pode atrapalhar o 3D, deu medo mesmo, ainda mais que minha TV é Sansung também e tem 3D ativo. E dirigir a noite como ficou?
     

    VA:R_U [1.9.13_1145]
    Rating: 0.0/5 (0 votes cast)
  • Rodrigo - 114 Comentários

    Esqueci de comentar no post anterior.
    A questão de Lasik ou PRK é definida pela estrutura da córnea , fundo , etc.
    Nem todos são candidatos a passar pela Lasik, assim alguns desses podem fazer PRK.
    Como voce disse , 
    Que bom que vc pelo menos pode fazer a PRK !  
    ===
    Aproveitando para comentar , lembrei de um acontecimento  de certa forma “divertido”.
    Eu estava já deitado esperando para sofrer a intervenção do laser. (Ja tinha tido o cristalino “gulhotinado” , etc).
    E percebo uma certa agitação do oftalmo e a  sua equipe atrás. 
    Perguntei o que era e o oftalmo. – “Ah… Nada grave , um probleminha no computador. Ja esta sendo resolvido”
    Eu : “Sou técnico , só por curiosidade , o que aconteceu ? Problema no computador ?”
    Oftalmo : “Só o computador travou.”
    Eu : “Windows ?”
    Oftalmo : “É , estamos reiniciano.”
    Eu pensando : “Ainda bem que não estava com o Laser ativo. Não ia gostar de ter o laser travado atravessando meu cérebro. Acho que ele não leu a EULA do Windows… A própria Microsoft diz : Não é recomendado usar windows em operações críticas como equipamentos médicos e Usinas nucleares.” 
    … Relaxei e esperei … 

     

    VA:R_U [1.9.13_1145]
    Rating: 5.0/5 (1 vote cast)
    • Patricia Soto - 1 Comentário

      meu Deus Rodrigo….eu teria ficado em panico… ainda bem que correu tudo bem!
      estou pensando seriamente em fazer.
      ainda n sei qual sera a tecnica usada em mim…
      estou super anciosa…ja nao aguento usar oculos…
      moro em Bruxelas – Belgica, e aqui neva sempre e sempre esta frio, quando chego em casa ou entro em algum lugar quente, meus oculos embaçam..eh um horror.. :( :(
      aqui sai muito cara a opeçao, entao decidi fazer no Brasil. 

      VA:R_U [1.9.13_1145]
      Rating: 0.0/5 (0 votes cast)
  • Rodrigo - 114 Comentários

    @Valdecir
    Acho que o problema do Ryan em 3D é muito específico.
    Como ele está usando óculos Ativos , eles abrem / fecham em um intervalo rápido para visualizar o 3D.
    Como o Ryan operou UM olho para perto e UM olho para longe. Quando o “oculos fecha” o olho de perto , ele não consegue enxergar , borrando o 3D.
    Se voce operar os dois olhos de forma igual , não deverá ter problemas.
     

    VA:R_U [1.9.13_1145]
    Rating: 0.0/5 (0 votes cast)
    • Jefferson - 6.109 Comentários

      Motivo certo, olho errado :D

      O problema ocorre quando o olho “para longe” é fechado.

      Meu olho “para perto” está “ajustado” para enxergar à distância normal de leitura. Nem mais longe, nem mais perto. à distância em que precisa ficar uma TV de 40″ para que você consiga ver a imagem toda sem ficar movendo loucamente as pupilas (mais de 2m), o meu olho mais apto é o “para longe”.

       

       

      VN:R_U [1.9.13_1145]
      Rating: 0.0/5 (0 votes cast)
      • fabricio - 2 Comentários

        Jeferson operei meus olhos hoje faz quase 60 dias,aqui em goiania,no instituto panamericano,com doutor ricardo antonio,tecnica psk,minha visao ja ta quase 100 por cento,recomendo a cirurgia e o medico,foi tudo muito bom,a unimed pagou 4200,e eu 1680, foi um sonho realizado,agradeco a deus ,por iso,e recomendo a todos operarem e sair desa prisao,pois vivi 23 anos preso niso,gracas a deus me libertei,so tenho a agradecer…..

        VA:R_U [1.9.13_1145]
        Rating: 0.0/5 (0 votes cast)
        • Andressa - 1 Comentário

          Fabrício, vc fez Lasik ou PRK? Estou consultando com o Dr xxxxxxxxx no PanAmericano de Goiânia e além do pagamento pela Unimed ele está cobrando 2 mil a parte para fazer a PRK em mim….

          Editado pelo moderador. Usuários anônimos não podem citar nomes aqui.

          VA:R_U [1.9.13_1145]
          Rating: 0.0/5 (0 votes cast)
        • Welita - 1 Comentário

          Qual era seu grau amigo?

          VA:R_U [1.9.13_1145]
          Rating: 0.0/5 (0 votes cast)
  • Saulo Benigno - 279 Comentários

    @Rodrigo, valeu pelas informações das diferenças. Fiquei bem curioso.
    E coragem viu, realmente, ser operado por um sistema Windows :)

    @Valdecir, assim como você também fiquei triste com a “bronca” com 3D depois da operação, mas… comparando a qualidade de vida que vou ter melhorando a vista e não precisando mais de óculos… prefiro ficar sem ver filmes 3D. Mesmo. 

    VA:R_U [1.9.13_1145]
    Rating: 0.0/5 (0 votes cast)
    • Marcel - 53 Comentários

      Fora que, infelizmente, a grande leva de filmes em 3D não aumentam em nada a sensação do filme, exceto uma pequena minoria como Avatar e poucos outros.
      Olhando o incrível lado bom das coisas ruins, ainda paga mais barato no cinema, olha só :-)

      VA:R_U [1.9.13_1145]
      Rating: 0.0/5 (0 votes cast)
  • Sony Santos - 58 Comentários

    Isso significa que sua foto está pelo menos 6 meses desatualizada! ;-)
    Legal o texto, fico feliz pelo sucesso da cirurgia.

    VN:R_U [1.9.13_1145]
    Rating: 0.0/5 (0 votes cast)
  • Walter R. Gomes - 140 Comentários

    Parabéns pela cirurgia! Também operei, mas há vinte anos, quando ainda era ceratotomia radial (bisturi). Hoje já preciso usar óculos novamente (os problemas começaram neste ano) e estou na traumática adaptação com um multifocal.

    VA:R_U [1.9.13_1145]
    Rating: 0.0/5 (0 votes cast)
  • Renan Birck - 6 Comentários

    Descreveu aproximadamente a mesma experiência que eu tive quando eu fiz a cirurgia (principalmente os pontos negativos, alguns dos quais eu sinto até hoje).
    Vou indicar para meus conhecidos e amigos que também se interessaram pela cirurgia.

    VA:R_U [1.9.13_1145]
    Rating: 0.0/5 (0 votes cast)
    • Saulo Benigno - 279 Comentários

      Renan, pontos negativos até hoje? Quais?
      E quando foi a sua cirurgia? Quanto tempo isso? E ainda sente….

      Valeu :) 

      VA:R_U [1.9.13_1145]
      Rating: 0.0/5 (0 votes cast)
      • Renan Birck - 6 Comentários

        A minha cirurgia foi há uns 5 meses atrás. Ainda sinto um pouco de cansaço visual (não sei se realmente tem a ver com a cirurgia) e de desconforto, principalmente com iluminação muito fraca ou muito forte e em dias quentes.
        Pode não ter a ver com a cirurgia em si, mas eu não tinha (ou ao menos não notava esses problemas) quando eu ainda usava óculos.

        VA:R_U [1.9.13_1145]
        Rating: 0.0/5 (0 votes cast)
  • Jefferson - 6.109 Comentários

    Hoje fui nova consulta com o oftalmo. Expliquei os problemas que sinto e ele disse que são normais para minha cirurgia e concordou imediatamente com minha suposição sobre os filmes 3D. Inicialmente ele pensou em fazer um exame diferente comigo, mas depois decidiu receitar óculos para que eu use apenas quando estiver vendo filmes 3D.

    E apenas mesmo. Segundo ele, mesmo passados sete meses, ainda é possível que minha visão melhore. E usar óculos o tempo todo iria impedir meu cérebro de se adaptar.

    Esqueci de comentar nos pontos negativos que meu cérebro ainda não se adaptou perfeitamente às diferenças dos meus olhos. Às vezes sinto a necessidade de fechar um dos olhos para enxergar melhor. O oftalmo disse que uma pequena porcentagem dos pacientes nunca se adapta, mas é preciso de mais tempo para ter certeza.

     

    VN:R_U [1.9.13_1145]
    Rating: 0.0/5 (0 votes cast)
    • Luciano - 438 Comentários

      “mas depois decidiu receitar óculos para que eu use apenas quando estiver vendo filmes 3D.”
      Acredite se quiser, quando eu estava lendo o comentário onde você falou “Motivo certo, olho errado ” a primeiríssima coisa que passou pela minha cabeça, mesmo não sendo médico foi essa:
       
      Porque não um óculos que corrija a visão do olho “pra perto” pra ficar “pra longe” e usar só quando assiste em 3D?
       
      Que coisa heim?

      VA:R_U [1.9.13_1145]
      Rating: 0.0/5 (0 votes cast)
      • Jefferson - 6.109 Comentários

        Eu já saí de casa com isso em mente. Eu não “pedi” para ele receitar os óculos, mas deixei claro que era uma opção aceitável. Minhas únicas preocupações eram:

        • Por quanto tempo esses óculos serviriam antes que a evolução do meu quadro os inutilizasse;
        • Se o uso dele prejudicaria a evolução do meu quadro

        Como o oftalmo tomou a decisão sozinho, sem pressão minha, eu suponho que não terei problemas. Ele inclusive me disse que esse era o primeiro passo e que ele queria que eu voltasse depois para dizer a ele o resultado.

        VN:R_U [1.9.13_1145]
        Rating: 0.0/5 (0 votes cast)
      • Jefferson - 6.109 Comentários

        E não é que eu me sinta com dinheiro sobrando para ficar comprando óculos depois de ter gasto R$4500 à vista em uma cirurgia dos olhos. Mas eu pretendo aproveitar minha armação velha e, para essa finalidade (e esse grau) não preciso de lentes high tech como minha antiga Miolight Excelence. Qualquer lente vagabunda deve dar conta do recado agora.

        Eu suponho que essa “gambiarra” vá sair barata. E não vejo diferença apreciável no incômodo entre usar um óculos ou dois óculos pera ver um filme 3D

         

        VN:R_U [1.9.13_1145]
        Rating: 0.0/5 (0 votes cast)
  • Zeilo - 2 Comentários

    Primeiramente, fico feliz pelo sucesso da sua cirurgia.
    A pouco mais de um ano atrás, tristemente, descobri que meu filho desenvolveu ceratocone e havia perdido a visão do olho esquerdo. Estávamos na expectativa devido a ser muito jovem 11 anos se a capacidade de enxergar havia sido comprometida pois se algo impede a visão até os 8 anos de idade provavelmente o cérebro não aprenderá a enxergar e mesmo corrigindo o problema a visão não é re-estabelecida. Felizmente utilizando lentes foi constatado que a visão não foi comprometida. Bom, nossas opções eram lentes rígidas ou transplante. Ele não se adaptou as lentes iniciais, e estamos experimentando algumas mais modernas e acompanhando se há desenvolvimento da doença. Como tudo é um choque, quando anunciado, ficamos meio desnorteados e só aos poucos vamos conhecendo outros casos e soluções. Fique interessado em saber mais sobre o médico que lhe atendeu pois é bom ouvir outras opiniões.

    VA:R_U [1.9.13_1145]
    Rating: 0.0/5 (0 votes cast)
  • Daniel - 26 Comentários

    Jefferson,
     
    Também fiz a cirurgia ha mais ou menos 15 anos atrás, hoje tenho 37, e tenho as seguintes observações:
    – Meu grau de miopia praticamente zerou… ficou num olho com 0,25.
    – Nos primeiros meses após a cirurgia eu via luzes um pouco desfocada. Olhar para a lua, eu via uma lua e “meia”, mais ou mesmos como se ela tivesse um reflexo logo a baixo.  Mais isto depois de uns 3 meses melhorou.
    – A operação foi super tranquila, fiz um olho e depois de 15 dias fiz o outro. (Achei melhor garantir).
    – O pós-operatório foi péssimo, ainda mais porque tive que trocar uma das lentes curativas antes de cicatrizar o olho. Foi como tirar um esparadrapo de um machucado em cicatrização. O colírio que tira a dor aumenta o tempo para cicatrizar… ai já viu..
    – Na operação, não que eu precisasse, para para todos os pacientes deram para tomar meio valium.
    – Imobilizaram a minha cabeça.
    – Até hoje tenho a sensação de olho seco. Durante o dia a dia é tranquilo, mas a noite é mais confortável usar um colírio. Os testes clínicos não indicam olho seco, mas as vezes tenho esta sensação, talvez por morar em uma região muito seca.
    – Depois de 8 anos, tive que voltar a usar óculos para miopia. Pelo que o oftalmo tinha me falado, só ia ter que voltar a usar óculos depois dos 40 e para vista cansada e não para miopia.
    – Lente de contato, que já não gostava, com o olho seco, não consigo mais usar….. consegui usar um dia… no meu casamento… rs… para ficar bonito nas fotos… rs
    – De 6 pessoas que fizerem a operação, entre lasik e prk, 4 voltaram a usar óculos, e todos tem menos de 40 anos… 4 voltaram a usar óculos após cerca de 7 anos.  2 já tem mais de 10 anos de cirurgia e continuam com o grau zerado.
    – Mas mesmo assim acho que ficar 8 anos sem usar óculos valeu a pena. Minha córnea ainda permite uma nova cirurgia… mas to chegando aos 40… não sei se compensa. Mas se fosse mais novo… iria fazer de novo… mas para evitar a dor.. talvez uma lasik.
     
    Um abraço
    Daniel

    VA:R_U [1.9.13_1145]
    Rating: 0.0/5 (0 votes cast)
    • Mirnan - 1 Comentário

      Tem 14 anos que fiz a cirurgia e a uns 2 comecei a usar óculos para longe, mas hj a minha visão já está meio embaçada, principalmente a noite, tive uma maior sensibilidade a luz e parece q embaçou mais as vistas, será que é normal? Fiz lasik

      VA:R_U [1.9.13_1145]
      Rating: 0.0/5 (0 votes cast)
  • Marilia - 1 Comentário

    Ola fiz a prk ha exatamente 30 dias e ainda estou com uma fotofobia animal tanto em espaços fechados quanto abertos, a luz bate no olho e arde que nem pimenta. Estou desesperada lendo blogs que nem louca!!! A minha medica diz que é normal mas tb não diz detalhes, não informa direito. tenho medo de ficar assim pra sempre, com quanto tempo sua fotofobia passou por inteiro? Li nos outros bligs que as fotofobias paasaram em 20 dias, só vc relatou uma demora maior, foi um alívio achar seu blog! Tb sou de recife.

    VA:R_U [1.9.13_1145]
    Rating: 0.0/5 (0 votes cast)
    • Jefferson - 6.109 Comentários

      Eu sei como você se sente. Passei pela mesma coisa. Tanto a dor quanto o desinteresse do cirurgião.

      No meu caso a fotofobia durou entre 40 e 60 dias. Não mais que isso. E é normal você passar dias sem sentir nada e de uma hora para outra a fotofobia voltar. Não se preocupe que isso passa.

      Com 30 dias da cirurgia eu ainda sentia uma fotofobia forte, de ser obrigado a parar o carro, por não conseguir manter os olhos abertos, mesmo sem incidência direta do sol no rosto e usando óculos escuros. E o danado é que a dor chega de repente, depois de você ter dirigido quilômetros com a mesma claridade. Te pega no meio do caminho.
       

      VN:R_U [1.9.13_1145]
      Rating: 0.0/5 (0 votes cast)
  • Jefferson - 6.109 Comentários

    Eu acrescentei duas fotos para ilustrar o post.

    E agora eu notei uma coisa um tanto preocupante. Aos 30 dias da cirurgia os exames indicaram que eu tinha zero de miopia em um olho e 0,75 no outro. Mas ao fazer o exame para meus “óculos 3D” o oftalmo mostrou 0.50 em um olho e 1.25 no outro.

     

    VN:R_U [1.9.13_1145]
    Rating: 0.0/5 (0 votes cast)
  • Intruder_A6 - 192 Comentários

     
    É Jefferson, eu já pensei em fazer uma cirurgia dessas mas o medo é brabo, e no final os óculos incomodam mas acho melhor deixar como está, sou medroso demais com operações, principalmente com as que tenho que ficar de olho aberto (na marra) com um bisturi de Guerra nas Estrelas (parecendo uma espada Jedi) cortando cristalino. E eu gosto muito de ver os filmes em 3D do cinema (a minha TV ainda é uma LCD philps de 32” que é HD e não tem sintonizador para TV digital). Os óculos mais o 3D do cinema me incomodam, mas no resto do tempo eu até esqueço que estou usando óculos (na maior parte do tempo).
    Atualmente estou usando óculos para miopia (2,75 e 2,25) e necessito tirar os óculos para ler ou ver de perto se a luz não for bem forte (com luz bem forte ainda consigo ler com os óculos). No meu caso a dificuldade para ver de perto começou com 40 anos e agora já estou com 48, e ainda estou resistindo aos óculos bifocais (acho que vou tentar levar até o fim, mesmo precisando tirar para usar o notebook).

    VA:R_U [1.9.13_1145]
    Rating: 0.0/5 (0 votes cast)
  • Bruno - 1 Comentário

    Ola pessoal,
    Fiz PRK dia 28/11/2012 e hoje dia 15/12/2012 ainda estou enxergando tudo muito embacado, porem o oftalmo disse que são necessários 30 dias para minha visão voltar ao normal. Sei não … to achando q isso não vai acontecer tao cedo. Dirigir a noite ta sendo uma aventura, as luzes dos carros e dos postes deixam tudo mais difícil de se ver.
    Alguem ai pode me dizer qto tempo esperou para a visão embacada desaparecer após a PRK ???  

      

    VA:R_U [1.9.13_1145]
    Rating: 0.0/5 (0 votes cast)
  • Walter R. Gomes - 140 Comentários

    Jefferson, conhecendo um pouco você, muito me admira saber que você chegou a dirigir com a visão comprometida. E é com imensa tristeza que vejo outras pessoas recém operadas fazendo o mesmo. Nada justifica isso. Sempre há outras opções.

    VA:R_U [1.9.13_1145]
    Rating: 0.0/5 (0 votes cast)
    • Jefferson - 6.109 Comentários

      Não era impedimento. Só era realmente problemático à noite, em rodovia sem iluminação. Mas se você mudar sua forma de dirigir de forma a compensar a redução na acuidade visual, está tudo bem.

      O único real problema era a fotofobia. Quando ela batia, o jeito era parar o carro e esperar.

      Na verdade, eu acho que quando você sabe que está enxergando mal, presta mais atenção do que quando está enxergando bem.  Quando eu falei que sentia minha capacidade de dirigir prejudicada eu estava sendo responsável e não o oposto. Gerava preocupação e eu não queria ter essa preocupação.

       

      VN:R_U [1.9.13_1145]
      Rating: 0.0/5 (0 votes cast)
  • Walter R. Gomes - 140 Comentários

    Sei lá, eu fiz uma cirugia que, a grosso modo, era muito mais complicada que a de vocês, já que foi com bisturi. E não dirigi por longo tempo exatamente pelo medo de algo dar errado de forma imprevisível. Se o oftalmo te liberou para dirigir, na minha opinião, ele foi irresponsável. Um farol desregulade de outro veículo poderia ser fatal para você.
     

    VA:R_U [1.9.13_1145]
    Rating: 0.0/5 (0 votes cast)
    • Walter R. Gomes - 140 Comentários

      E o taxi nem é tão caro aí em Recife.

      VA:R_U [1.9.13_1145]
      Rating: 0.0/5 (0 votes cast)
    • Jefferson - 6.109 Comentários

      Você está exagerando o problema baseando-se na sua operação. O oftalmo fez diversos exames padrão antes de me liberar para dirigir. Nem de longe é tão sério assim.

      VN:R_U [1.9.13_1145]
      Rating: 0.0/5 (0 votes cast)
      • Walter R. Gomes - 140 Comentários

        É, pode ser que eu esteja exagerando. Mas sinceramente não considero uma fotofobia, no meio do trânsito, principalmente a noite, algo  tão irelevante.

        VA:R_U [1.9.13_1145]
        Rating: 0.0/5 (0 votes cast)
  • Jefferson - 6.109 Comentários

    Os meus óculos de ajuste para ver filmes 3D chegaram na quarta feira. Custaram meros R$35, aproveitando a armação que eu ia “colocar no meu museu pessoal” mesmo. Por esse valor, não se justifica não experimentar.

    Usar os óculos praticamente eliminou a aparência estranha dos filmes, mas não resolveu o meu problema inteiramente. Eu assisti a 3 filmes e na maior parte do tempo, ou eu não vejo efeito 3D algum, ou vejo as duas imagens sobrepostas.

    Não é como olhar para a tela sem os óculos 3D. Nesse caso eu vejo a segunda imagem como um “fantasma”. Usando os óculos 3D é como se eu visse um fantasma bem mais pronunciado. Mas isso depende muito da cena. Em “Promotheus” acontece quando é exibido texto 3D na tela. No trailer de “IMAX Under the Sea” foi quando um determinado peixe ficou em evidência.

    Mas eu não tinha grande experiência com 3D antes da operação e principalmente não tinha a TV 3D que estou usando agora. Isso dificulta bastante o julgamento do problema.

    Que fique claro: Apesar do efeito 3D às vezes “bagunçar” a imagem para mim , assistir em 3D usando o óculos de correção mais o óculos 3D não foi incômodo algum. Nenhum cansaço visual ou dor de qualquer natureza;

    VN:R_U [1.9.13_1145]
    Rating: 0.0/5 (0 votes cast)
  • Jefferson - 6.109 Comentários

    Fui multado por dirigir sem óculos.

    Antigamente a carteira de habilitação dizia: “Uso obrigatório de lentes corretivas”, mas na última renovação o DETRAN passou a usar um “a” (isso mesmo, uma letra apenas) no campo Observações, significando a mesma coisa (aqui está a lista completa de códigos). E como em 20 anos de direção ninguém nunca implicou com meus óculos, mesmo quando eu usava lentes de contato, não dei muita importância a isso depois da cirurgia.

    Mas um agente do BPTRAN resolveu me multar. Não adiantou dizer que eu fizera cirurgia. Mas como ele me disse que bastava recorrer da multa levando uma declaração do meu cirurgião, eu não insisti. O agente estava fazendo sua obrigação, apesar de que poderia confirmar facilmente que eu enxergava bem (mas não era da sua alçada fazer esse teste).

    Mas que é um saco, é. Tive que marcar consulta para pegar a declaração (o médico deveria ter me dado uma imediatamente após a cirurgia, né?) e agora vou ter que separar um dia para levar chá de cadeira no DETRAN-PE.
     
     

    VN:R_U [1.9.13_1145]
    Rating: 0.0/5 (0 votes cast)
    • Saulo Benigno - 279 Comentários

      Jefferson, caramba. 
      Eu tinha esquecido disso dos óculos. Como o meu quebrou estou a um tempo dirigindo sem.

      Dia desses em uma conversa com amigos um dele comentou de óculos e dessa frase “Uso obrigatório…” peguei minha carteira e dizia nada. Pensei que não teria problemas. 

      Lembro de ter notado esse “A” por lá… então ele diz isso. Só assim para eu saber.

      Dica, vá no Detran do Rio Mar ;)
      Lá é sempre vazio, melhor ao fim do dia (20/21h). Não vá no do Shopping recife, lá sempre é lotado e sempre falta fichas de atendimento. (estive recentemente por lá e conversando com as atendentes sobre elas informaram isso)

       Bem, seu problema se tornou minha solução, mas valeu. Vou correr atrás do meu óculos o quanto antes :)

      VA:R_U [1.9.13_1145]
      Rating: 0.0/5 (0 votes cast)
      • Jefferson - 6.109 Comentários

        O Rio Mar fica muito fora do meu trajeto normal, ainda mais nesse horário. E ainda tem que pagar o estacionamento do shopping :(.

        Eu vou encarar o expresso cidadão do Parque de Exposições ou a sede. Como há onde sentar e não tenho que ficar vigiando meu lugar em uma fila (fichas trazem essa vantagem), levando um tablet carregado de quadrinhos o tempo até que passa rápido.

         

        VN:R_U [1.9.13_1145]
        Rating: 0.0/5 (0 votes cast)
  • Amanda - 1 Comentário

    Olá Jefferson você ficou com algum grau de astigmatismo ou hipermetropia?

    Fiz a PRK á 72 dias a miopia zerou mais ficou esse danadinhos rs.O médico disse que não acha necessário um retoque, mas fica ao meu critério.

    Agora não sei o que fazer

    VA:R_U [1.9.13_1145]
    Rating: 0.0/5 (0 votes cast)
  • Cristiane - 2 Comentários

    Jefferson

    Algumas duvidas:
    Você faria tudo novamente? Me pareceu bastante angustiantes os relatos dos diários que eu tenho lido.
    Quantos dias você ficou afastado do trabalho?
    Ouvi dizer que a sensibilidade com a luz permanece mesmo após muito tempo de cirurgia isso é verdade?

    VA:R_U [1.9.13_1145]
    Rating: 0.0/5 (0 votes cast)
    • Jefferson - 6.109 Comentários

      Você faria tudo novamente?

      A cirurgia, sim. Deixar um olho para perto e outro para longe, não. Isso ainda me causa desconforto, apesar de parecer estar melhorando muito lentamente.

      Quantos dias você ficou afastado do trabalho?

      Na prática, nenhum. Não sou assalariado e não posso me dar ao luxo de pegar “dispensa médica”. Assim que precisei trabalhar, eu fui trabalhar.

      Ouvi dizer que a sensibilidade com a luz permanece mesmo após muito tempo de cirurgia isso é verdade?

      Depende do que você chama de muito tempo. Um mês depois isso ainda me incomodava, mas sete meses depois o problema já havia desaparecido. Eu não registrei exatamente quando nesse período de sete meses.

      VN:R_U [1.9.13_1145]
      Rating: 0.0/5 (0 votes cast)
  • Cristiane - 2 Comentários

    Obrigada Jefferson, seu depoimento será muito importante para entender tudo. Deve dá um desespero quando se espera uma recuperação rápida e passa por tudo que você passou.
    Estou ansiosa pela cirurgia, infelizmente terei que usar a PRK também pois minhas córneas estão muito finas. Vou fazer o Pentacam amanhã para estudar melhor a córnea, mas através de outros exames o médico chegou a conclusão que terá que ser a PRK mesmo. A Lasik é bem mais tranquila, mas infelizmente nem tudo é como a gente quer.

    VA:R_U [1.9.13_1145]
    Rating: 0.0/5 (0 votes cast)
  • Júnior - 1 Comentário

    Jefferson, fiz a cirurgia PRK recentemente. Hoje completo exatamente 18 dias, ainda estou usando o colírio Optive UD (caixa com 30 flaconetes) e o Flutinol de 8h em 8h até completar 30 dias. Sinto minha visão embaçada, principalmente no OE (olho em que possuía o grau maior), perguntei ao médico se era normal essa sensação de um olho está 90% e o outro 80% (faço o teste com a mão, tampando um de cada lado e vendo sua evolução) e me respondeu que sim, que sentiria essa sensação em algum olho. Você sentiu essa diferença em algum olho?

    VA:R_U [1.9.13_1145]
    Rating: 0.0/5 (0 votes cast)
    • Jefferson - 6.109 Comentários

      Meus olhos foram operados para distâncias diferentes. Eu não fiz nenhum teste comparativo porque uma diferença era esperada.

      VN:R_U [1.9.13_1145]
      Rating: 0.0/5 (0 votes cast)
  • Aretuza Mazuim - 1 Comentário

    Boa tarde, meu oftalmo solicitou o pentacam q vou fazer no fim do mês, não esztava com medo da cirurgia agora estou, vou fazer para corrigir o astigmatismo, já fiz paquimetria corneana e a topografia, meu oftalmo queeeeer ver seindica a cirurgia ou não ? sabes algo sobre isso?

    VA:R_U [1.9.13_1145]
    Rating: 0.0/5 (0 votes cast)
  • Jonathan Dell - 1 Comentário

    Olá Jefferson, farei minha cirurgia refrativa PRK amanhã dia 29/10/2013 ao meio dia no Hospital de Olhos aqui na cidade de Curitiba PR. Minha pergunta é a seguinte, estou vendo vc de óculos na fotinha q utiliza. Após a cirurgia seu grau voltou?
    Detalhe, o Dr. Marco Tulio aqui de Curitiba PR q irá me operar, disse q o epitélio não será removido com uma pinça, ou seja, não se faz mais a raspagem do epitélio antes da aplicação do laser e sim, o epitélio é retirado com a própria aplicação do laser.
    Ficando assim: a primeira aplicação do laser é pra retirada do epitélio depois a segunda é pra moldar a córnea, enfim é colocado a lente terapêutica para a cicatrização da córnea.
    No seu caso foi assim tbm?
    Obs.: seu depoimento foi de grande valia. Abç.

    VA:R_U [1.9.13_1145]
    Rating: 0.0/5 (0 votes cast)
    • Jefferson - 6.109 Comentários

      Minha pergunta é a seguinte, estou vendo vc de óculos na fotinha q utiliza. Após a cirurgia seu grau voltou?

      Não. Eu só não mudei a foto.

      Ficando assim: a primeira aplicação do laser é pra retirada do epitélio depois a segunda é pra moldar a córnea, enfim é colocado a lente terapêutica para a cicatrização da córnea.
      No seu caso foi assim tbm?

      Não. Houve raspagem. O resto é igual.

      VN:R_U [1.9.13_1145]
      Rating: 0.0/5 (0 votes cast)
    • Fernanda - 2 Comentários

      Oi Jonathan,

      Como foi sua cirurgia. Tb moro em Curitiba e vou fazer em janeiro a PRK.

      VA:R_U [1.9.13_1145]
      Rating: 0.0/5 (0 votes cast)
  • Cezar - 1 Comentário

    Oi Jefferson!
    Se vc pudesse voltar no tempo e fosse apto p/ o Lasik, qual técnica vc escolheria, Lasik ou PRK? Pergunto isso pq eu, mesmo sendo apto ao Lasik, fiz o PRK há uma semana por escolha da minha médica. Segundo ela, o risco de olho seco no PRK é menor que no Lasik. Mas vendo que a recuperação no Lasik é muito muito mais rápida, tô meio arrependido!

    VA:R_U [1.9.13_1145]
    Rating: 0.0/5 (0 votes cast)
  • Daniel Nascimento - 3 Comentários

    Boa noite Jefferson , e toda a galera …eu li o post inteiro gostei muito , estou se preparando para fazer a cirurgia ,queria saber se alguém conhece algum caso que deu algum tipo de problema  mais serio..estou bastante confiante mais e temeroso o meu medico me deu bastante informação inclusive em relação ao ==hase==apesar de ter lido bastante coisa não li nada sobre isso de fato ,se tiverem maiores informações fico grato.

    VN:R_U [1.9.13_1145]
    Rating: 5.0/5 (1 vote cast)
  • Carolina Mosena - 2 Comentários

    Boa tarde!!!
    Sou oftalmologista e resolvi fazer uma pesquisa rápida para ver a que tipo de informação os pacientes que pretendem passar por uma cirurgia refrativa encontram.
    Jefferson, muito bom o seu relato!
    Realmente o seu “diário” elucida bem a rotina de quem foi submetido a esse tipo de cirurgia (PRK). O pós-operatório é chato, doloroso e a recuperação visual bem lenta, diferente do LASIK. Mas claro que seu médico vai saber qual a técnica melhor para o seu caso. No final, você verá que valeu a pena e vai pensar “por que não operei antes”.
    Por isso uma boa relação com o seu oftalmologista é a base para que todas as dúvidas sejam sanadas antes do procedimento!
    ;)

    VA:R_U [1.9.13_1145]
    Rating: 5.0/5 (1 vote cast)
  • Carolina Mosena - 2 Comentários

    Daniel Nascimento…
    O haze é uma opacidade que pode ficar após a córnea passar pelo processo do laser… Por isso é importante não se expor ao sol por pelo menos 30 dias após a cirurgia, pois a luz solar pode induzir o aparecimento dessa opacidade.
    Em alguns casos ele é importante, a ponto de chegar a prejudicar a acuidade visual.
    Entretanto, hoje usamos um medicamento (mitomicina) após o laser, ainda no intra-operatório, que praticamente elimina a possibilidade do haze aparecer.
    Mas claro que o médico deve avisar o paciente, por menor que seja essa possibilidade. Parabéns ao seu médico por esclarecer esses detalhes, Daniel!

    VA:R_U [1.9.13_1145]
    Rating: 5.0/5 (1 vote cast)
    • Daniel Nascimento - 3 Comentários

      Ola D. Carolina Mosena , muito boa  essa sua esplanacao sobre o haze, entao o principal causador desse problema e  o sol depois da cirurgia , quanto a cicatrização da cornea existe tbm a chance de acontecer? qual o percentual desse problema acontecer  de modo geral .
      se puder me responder fico grato.
      att

      VN:R_U [1.9.13_1145]
      Rating: 0.0/5 (0 votes cast)
  • Patricia cruz - 1 Comentário

    Olá, gente! Vi o comentário do poste achei interessante seu depoimento.
    Completamente different do meu caso estou com 10 dias de operada e já enxergo tudo, meio turvo claro, mais está 60 %melhor, já
    não senti nenhum desconforto.
    nem areia nem nada. Só doeu um pouco nos primeiros três dias nada insuportável ,

    para quem quiser operei no HC , qualquer pessoa pode operar, com um custo bem abaixo do quedos oftalmologista cobram, paguei R$ 1,200,00.

    Quem quiser enviei um email para refrataria@gmail.com.

    Espero ter ajudado em alguma coisa,abraços!!

    Obs. não estou aqui pra divulgar nem fazer propaganda de nada, só ajudar mesmo, quem não tem condições de pagar mais caro pela cirurgia

    VA:R_U [1.9.13_1145]
    Rating: 0.0/5 (0 votes cast)
    • FERNANDO JA - 3 Comentários

      Olá Patricia Cruz, tudo bem?

      Qual o procedimento cirúrgico que vc fez no HC, PRK ou Lasik? Porque fiz os exames lá e eles me disseram que no meu caso seria PRK.

      Obrigado a todos pelos os esclarecimentos.

      VA:R_U [1.9.13_1145]
      Rating: 0.0/5 (0 votes cast)
    • FERNANDO JA - 3 Comentários

      Olá Patricia Cruz, tudo bem?

      Qual o procedimento cirúrgico que você fez no HC, PRK ou Lasik? Porque fiz os exames lá e eles me disseram que no meu caso seria PRK.

      Obrigado a todos pelos os esclarecimentos.

      VA:R_U [1.9.13_1145]
      Rating: 0.0/5 (0 votes cast)
  • Carlos Alberto - 1 Comentário

    Fiz minha PRK tbm, pela minha córnea ser muito fina o jeito foi esse.

    No fim do procedimento cirúrgico já dá pra enxergar tudo,eu usava 9 graus e foi como se tirasse pelo menos 8(no primeiro minuto depois do laser), é rápido e não dói.

    Pontos negativos
    – Fotofobia no pós cirúrgico é alta
    – Se vc deixar a lente cair (como eu) pode complicar,porque peguei uma ulcera de córnea ai doeu muito e ardeu bastante, passei dois dias sem conseguir dormir, porém foi porque deixei cair a lente e não vi e nem percebi na verdade. (Isso aconteceu só no olho esquerdo)
    – Passei pelo menos 10 dias pra consegui ler letras pequenas sem esforço (tipo as do teclado aqui rs),dava pra ver, mas não tão bem.

    Pontos positivos
    – Depois da cirurgia vc já sai enxergando tudo, acho que 90% do seu grau vai embora, a não ser que vc tenha mais de 10…
    – 15 dias depois vc não sente mais nada
    – No meu olho direito eu quase que não senti nada,só um pouco de fotofobia (detalhe: esse olho cicatrizou rapidamente porque preservei a lente)

    RESUMO

    Se eu não perdesse a lente do olho esquerdo não sentira quase dor nenhuma,ou nenhuma.
    Vale muito a pena a cirurgia,muito.

    Se puder fazer a cirurgia e ficar 15 dias em casa sem fazer nada e com o óculos escuros eu tenho certeza que n vai doer nada e nem incomodar,porque o foda é a luminosidade.

    USEM OS ÓCULOS ESCUROS!!

    VA:R_U [1.9.13_1145]
    Rating: 0.0/5 (0 votes cast)
  • Anderson - 1 Comentário

    Hoje, maio/2014, faz 5 meses que fiz cirurgia PRK no Hospital de Olhos em Curitiba. Eu tinha 5 graus miopia e 1 grau astigmatismo.

    Resumindo: 15 primeiros dias você vive um inferno com a cirurgia PRK. (recuperação da LASIK é muito mais rápida). Até o epitélio crescer novamente sua visão fica muito, MAS MUITO, ruim. Após o 1 mês: muita evolução. No segundo mês praticamente se estabiliza o resultado da cirurgia.

    Hoje, após 5 meses, olhos secos e cansados durante o dia. Fiquei com residual de 0,75 astigmatismo num dos olhos e isso tem me incomodado muito para leitura ou tv.

    Pontos Positivos: fica livre dos óculos, liberdade para praticar esportes, sair, etc.

    Pontos Negativos: TODA cirurgia tem risco. Chances de residual e olhos secos são altos. Visão para perto não fica boa, pois o míope enxerga muito bem de perto. A cirurgia tira essa vantagem do míope.
    Portanto, se você depende muito da visão para trabalhar (com computador, eletrônica, mexer com detalhes e coisas pequenas, muita leitura) eu NÃO RECOMENDO, pois sua visão NUNCA mais será a mesma!

    Se você usa óculos e está confortável em utilizá-lo, eu recomendo a continuar assim. As cirurgias chegam próximo, mas somente os óculos permitem uma correção e visão 100%.

    Se você não aguenta mais óculos e lentes de contato, pratica esporte e não quer mais usar óculos, então fique ciente dos RISCOS (que não são poucos) e faça a cirurgia.

    VA:R_U [1.9.13_1145]
    Rating: 0.0/5 (0 votes cast)
  • Cintia Santos - 2 Comentários

    Olá, e agora quase 2 anos após a cirurgia, como vc está? E a questão do 3D? Ainda usa colírio? Desculpe todos esses questionamentos, mas vou fazer a minha cirurgia dia 13 e o meu cirurgião me explicou bastante coisa, mas nada do que eu já li em alguns blogs sobre a recuperação. Por ex, ele disse que ficarei afastada 7 dias do serviço. Com isso, achei que era o período para a recuperação, mas já descobri que tem pessoas que demoram até 01 ano e trabalho constantemente no computador, pois sou secretária. Ainda não fui na clínica pagar mas, sinceramente, com tantas coisas que estou lendo, estou pensando em desisitr pois o meu grau  não é tão alto assim. Tenho miopia -3,5 em cada olho. Obrigada.
     

    VN:R_U [1.9.13_1145]
    Rating: 0.0/5 (0 votes cast)
  • priscila - 1 Comentário

    Boa noite.
    Vim fazer meu relato sobre a minha experiência com a PRK, pois li muitos relatos que me ajudaram muito. Tinha mais de 6 graus de miopia nos dois olhos e astigmatismo tb (não me recordo quanto agora).
    Antes da operação usei colírio Maxilerg por 3 dias, e tomei no dia anterior e no dia da cirurgia um remédio indicado pelo meu oftalmo. Também por conta própria comecei a tomar Vitamina C em capsulas(1000mg)e semente de chia (rica em ômega 3), que dizem ajudar na cicatrização.

    Operei dia 12 de agosto de 2014 (terça-feira) no Hospital Albert Einstein em SP. A técnica foi PRK personalizada com Mitomicina C.

    Saí da cirurgia com uma visão boa, sem nenhuma sensibilidade ou dor.
    Ao chegar em casa, nenhuma surpresa, conseguia usar o celular, ler de perto, sem nenhuma sensibilidade a luz, dor, ardência ou sensação de areia nos olhos, como dizem.

    No segundo dia minha visão estava um pouco mais embaçada, mas nada de mais, conseguia usar celular, ler mensagens e e-mails normalmente.

    Nos demais dias tive por alguns momentos uma leve sensação de névoa branca, ou de vapor, pois era muito brando, mas nada que atrapalhasse demais.

    Trabalho com computador e ainda com exigência de leitura de processos judiciais. Já no terceiro dia, ou seja na sexta, dia 15, comecei a trabalhar em casa, com alguma dificuldade e usando colírio FreshTears.

    No domingo, 17, quinto dia após a cirurgia, acordei e minhas lentes protetoras tinham saído. Fui ao centro de oftalmologia e colocaram uma nova lente, pois não estava 100% cicatrizado (essa foi a única vez que senti um pouco de ardência, quando as lentes caíram, mas nada insuportável, apenas uma sensação de lente de contato suja.

    Uma semana após a cirurgia fui trabalhar normalmente, com muita leitura e uso do computador, e nem precisei aumentar a letra, apenas dei uma zoom de 200% na exibição do Word, para não forçar muito.

    Hoje, 8 dias após a cirurgia, ainda estou com a lente protetora (vou retirar amanhã), uso o computador normalmente, já sinto que posso dirigir sem dificuldades, enxergo bem melhor do que com meus óculos antigos (q estavam um pouco defasados), mas ainda um pouco pior do que com as lentes de contato.

    Recomendo a todos a cirurgia, não tenham medo, comigo foi tudo muito tranquilo. Li vários relatos assustadores na internet e estava preparada para sofrer na recuperação, mas não foi nada terrível, nem precisei usar óculos escuros dentro de casa, não tive dor, sem ardência…

    Agradeço a todos que postaram as suas experiências, pois alivia muito a ansiedade, mas sempre devemos ter em mente que cada pessoa tem uma recuperação diferente, cada organismo tem seu ritmo, não se assustem e sigam todas as orientações do seu oftalmo que a recuperação não é nada demais se comparada à felicidade de abrir os olhos pela manhã e enxergar bem.

    Boa sorte a todos nós!

    VA:R_U [1.9.13_1145]
    Rating: 0.0/5 (0 votes cast)
    • Julio - 7 Comentários

      Essa recuperação ótima na PRK não é usual e é devido ao uso de Mitomicina C. Não são todos os oftalmologistas que usam. Sei que em certas córneas é indicado o uso mas há também o uso para melhor recuperação. A Mitomicina C é um quimioterápico usado para tratamento do câncer. Ele ajuda auxilia a cicatrização da córnea que é o principal queixa e incomodo da recuperação da PRK.

      VA:R_U [1.9.13_1145]
      Rating: 0.0/5 (0 votes cast)
    • Rimario - 1 Comentário

      Hoje está fazendo 7 dias que fiz a Cirúrgica por PRK, estou enxergando melhor, minha miúpia no olho esquerdo chegava a uns nove graus, e no olho direito uns 8 graus. Apesar de está vendo melhor, fico um pouco ansioso e nervoso por causa do embaçamento que ainda continua, não sei até quando vai continuar isso, assim dificulta um pouco na hora de lêr e escrever. Meu oftalmo disse que é normal, mas mesmo assim fico ansioso. Alguém tem a mesma dificuldade que eu? Por favor falem.

      VA:R_U [1.9.13_1145]
      Rating: 0.0/5 (0 votes cast)
  • Lia Carvalho - 1 Comentário

    Desisti de fazer a cirurgia depois de muito pesquisar na internet, ia fazer a PRK em setembro e descobri que é contra-indicada para pessoas que tem quelóide, uma super cicatrização na pele (meu caso). O médico disse q não tem problema por não haver corte, mesmo assim há cicatrização, tenho 5 de miopia e 1 de astigmatismo e estava decidida a fazer a cirurgia, depois desta descoberta acho melhor não arriscar.

    VA:R_U [1.9.13_1145]
    Rating: 0.0/5 (0 votes cast)
  • Flaviane - 1 Comentário

    Pessoal, vou fazer a PRK amanhã, e estou com muito medo devido o pós operatório, as dores, a visão ruim que falam. Eu vou poder dirigir? Não é assustador demais ficar sem enxergar direito? esse sem enxergar direto é igual você antes sem óculos, ou é pior do que antes sem óculos?
    tenho apenas 1,50 de Miopia em cada olho.

    VA:R_U [1.9.13_1145]
    Rating: 0.0/5 (0 votes cast)
  • Cris - 1 Comentário

    Pessoal estou lendo os comentários e cada vez mais estou na dúvida se faço ou não essa cirurgia, ainda não sei qual o médico vai me recomendar, mas estou mais propensa ao prk, só que até agora não vi ninguém que operou de astigmatismo e hipermetropia que é o meu caso +2.25(mas a medica acha melhor fazer +3.00) e ainda tenho um estrabismo controlado no olho direito, que só entorta quando quero ler de perto, alguém tem algo parecido comigo e fez a cirurgia? Por favor me ajudem, vcs acham que vale a pena fazer a cirurgia? E agora que pra alguns de vcs já passou mais tempo, acham que os efeitos colaterais diminuiram?

    VA:R_U [1.9.13_1145]
    Rating: 0.0/5 (0 votes cast)
  • nara - 1 Comentário

    Olá fiz cirurgia a laser método PRK no dia 20/10/2014 e estou com muitas dores e um desconforto enorme mesmo fazendo compressas com água e gelo.O meu oftalmo meu deu um colírio para dor por dois dias hj estou com muita dor e meu médico me disse que não irá receitar nem um colírio para dor. Que sensação horri el. A retirada das lentes serão somente segunda feira que vem.

    VA:R_U [1.9.13_1145]
    Rating: 0.0/5 (0 votes cast)
  • willy barbieri de oliveira - 1 Comentário

    Tbm fiz a cirurgia reflativa, em 2011, mais até hoje as vezes como hje msm, tenho uma pressão ocular, que deixa minha visão turva e dolorida, nem consigo sair de casa direito. Alguém sabe se isso é normal? Se é pelo clima quente e seco, ja tomei analgésico e pinguei colorio lubrificante!

    VA:R_U [1.9.13_1145]
    Rating: 0.0/5 (0 votes cast)
  • Daniel - 26 Comentários

    Willy,
    O que você quer dizer com pressão ocular? É uma sensação ou foi diagnosticada pelo oftalmologista?

    Tem uns 12 anos que fiz a minha cirurgia. PRK. Tudo normal, grau zerado. O único problema é que tenho a impressão que o meu olho ficou mais seco. Apenas a impressão, pois os testes clínicos mostram que está tudo normal. Nunca tive visão turva nem dolorida.. Alias, qualquer cisco que cai no olho parece ser uma farpa. Ou seja, meu olho ficou mais sensível, o que me impede hoje de usar lentes de contato, já que meu grau ficou zerado por 8 anos, agora já voltou um pouco, 1.25, e estabilizou. Antes da cirurgia acho que eu tinha uns 2.25.
    Agora uso colírio sempre antes de dormir e apesar disto, durante o dia não sinto nada de anormal.
    Eu acho que seria bom você ver com seu oftalmo, ou até mesmo tentar uma segunda opinião.

    Um abraço Daniel

    VA:R_U [1.9.13_1145]
    Rating: 0.0/5 (0 votes cast)
    • Fernanda - 2 Comentários

      Daniel, vc tinha quantos anos quando fez a cirurgia? Só pra saber se o retorno do grau tem relação com a idade.

      VA:R_U [1.9.13_1145]
      Rating: 0.0/5 (0 votes cast)
  • Gustavo - 1 Comentário

    Estou no 8ª dia após realização de cirurgia personalizada método PRK. Os relatos são todos bem parecidos com a minha experiência. Ardência e dor umas duas horas após a cirurgia e forte fotofobia por uns 5 dias. Após a retirada da lente protetora a visão piora um pouco, porém 90% do desconforto de olho seco e “areia nos olhos” que eu tinha com a lente desaparecem. Olhos bem secos até hoje… nesses 8 dias já estou acabando o segundo frasco de colírio FreshTears (muito bom porém caro, mas recomendo).
    Quanto aos resultados, apesar de ter um grau baixo (1,5 no esquerdo, 1 no direito e 0,75 de astigmatismo nos dois), a minha profissão (piloto de avião) requeria uma acuidade visual melhor. Apesar de eu estar já há 7 anos voando de óculos, queria me livrar deles, tanto para um voo mais confortável quanto melhora da acuidade visual noturna. A personalizada foi a mais indicada pelo meu oftalmo em virtude da minha profissão, é um pouco mais cara que a normal, mas tem o positivo de fazer uma correção de diversas imperfeições e aberraçoes.
    Ainda enxergo embaçado e sensação de névoa, para digitar e ler textos próximos tb tenho certa dificuldade ainda, entretanto quando pingo o freshtears, a visão melhora instantaneamente por cerca de uns 30 segundos, e conforme o olho vai secando novamente ele vai embaçando de novo. Nesses 30 segundos de prova do resultado da cirurgia, quando pingo o colírio, vejo que valeu muito a pena fazer a personalizada, a sensação de ter novamente a acuidade visual que não tinha há anos é indescritível. Recomendo pra quem necessita por motivos profissionais como eu, ou que simplesmente não aguentam mais os óculos. É um investimento que vale muito o retorno para o próprio bem.

    Abraços!

    VA:R_U [1.9.13_1145]
    Rating: 0.0/5 (0 votes cast)
  • Marcio Mafra - 2 Comentários

    Pessoal, estou com tudo pronto para fazer a cirurgia (Lasik), mas, lendo os depoimentos, fiquei inseguro quanto ao benefício esperado.

    Eu tenho 39 anos, -2,5 OE e -2,0 OD, mas enxergo superbem para perto e estou plenamente adaptado às lentes descatáveis (uso -1,5 em ambos e funciona bem). Não tenho olhos secos e a única coisa que me incomoda é uma certa dor de cabeça no fim do dia, que passa assim que eu tiro as lentes e coloco os óculos.

    A minha dúvida é: será que valerá a pena ou vou apenas substituir um problema por outros?

    VA:R_U [1.9.13_1145]
    Rating: 0.0/5 (0 votes cast)
  • Borges - 1 Comentário

    Fiz a cirurgia dia 31/01/2015, levou apenas 20 minutos, bem rápido. Senti incomodo nos 3 primeiros dias, e uma sensação de areia nos olhos nos outros 10 dias. Fora isso depois do segundo dia já enxergava sei lá 90% bem. Hoje dia 23/02 só sinto uma sensação de cansaço nos olhos, mas nada que atrapalhe.

    Semana que vem vou voltar no oftamo pra saber se está tudo certo.

    Nada como ter essa liberdade de não precisar mais ter que usar óculos e lentes de contato que era meu caso. Recomendo!

    VA:R_U [1.9.13_1145]
    Rating: 0.0/5 (0 votes cast)
  • fabricio - 2 Comentários

    Fiz a cirurgia dia 11 de fevereiro de 2015,hoje ja estou com quase 60 dias operado,muito feliz e com a visao quase 100 por cento,meu medico dr ricardo antonio,do instituto panamericano,aqui em goiania,foi muito bom,usei as lentes de pos operatorio somente 2 dias,e nao 5 como muitos medicos pasam,fazendo o pos operatorio mais confortavel e extremamente seguro,minha tecnica foi o psk,tinha 6 graus em cada olho,foi uma cirurgia maravilhosa,agradeco a deus por esa cirurgia e por ter colocado ese anjo na minha vida dr ricardo,que me libertou desa prisao,23 anos de oculos e lentes,digo atodos que tenham vontade de operar ,enfrentem com fe em deus,e tenham um bom anjo do seu lado,ou seja um bom medico que tudo dara certo,nao ligue para as pessoas negativas,pois foi a melhor coisa que fiz na vida, foi a minha libertacao desa prisao….

    VA:R_U [1.9.13_1145]
    Rating: 0.0/5 (0 votes cast)
  • Rdueval - 1 Comentário

    Eu fiz a cirurgia de um olho com a Lasik, fazem 19 dias e tenho a fotofobia intensa, dirijo sem problemas com óculos escuros. O que incomoda é ver as legendas de alguns filmes, pois no olho direito não mexi e tenho 0,50 de miopia e um pouco de astigmatismo. Agumas coisas que faço muito de perto, pois trabalho com coisas que exigem solda em estanho então há uma certa distância as coisas não são precisas. O olho ainda arde e uso ainda os colírios Pred Fort e Fresh Tears. Tenho consulta dia 16 de maio para avaliação. A médica disse que talvez tenha que usar óculos para ver de perto. Ler um livro para mim não é problema, usar o PC tbém não. Notei que me canso mais usando o PC, mas creio que isso irá melhorar com o tempo. Há minha idade é 50 anos, tinha 1,25 de miopia no olho esquerdo, além de astigmatismo o que me dificultava para dirigir. Se tivesse uma forma de tirar somente o astigmatismo do olho direito eu faria a cirurgia só para isso. Não me arrependi de fazer a cirurgia, apesar do pós operatório ser chato e dolorido.

    VA:R_U [1.9.13_1145]
    Rating: 0.0/5 (0 votes cast)
  • Andre Ribeiro - 1 Comentário

    Passei hoje pelo oftalmo, e analisando alguns exames feito anteriormente ele tambem me recomendou a tecnica PRK, pois tenho a cornea muito fina.

    Porem agora preciso fazer um exame chamado Pentacam, o qual o medico me cobrou R$ 1.200 ,00 e que seria feito em Campinas. Gostaria de saber de outros usuarios do forum que ja fizeram tal exame se esse preço é considerado normal, pois pesquisando rapidamente pela internet vi preços que variam de R$ 150,00 a R$ 300,00, mas não sei se são preços atuais ou algo do genero. Tambem anotei alguns numeros de telefone de outras clinicas para ligar e perguntar sobre preços.

    E tambem foi muito importante essa sua postagem, pois meu oftalmo tambem disse que o procedimento é rapido (e realmente o é) mas toda essa fase do pós operatório é algo que geralmente os medicos nao explanam tão bem.

    Ate estou repensando se irei operar mesmo ou não, principalmente por causa de todo esse tempo e cuidado necessario. creio que precisaria de um mes de recuperação para voltar ao menos ao trabalho, então a cirurgia teria que ser feito duranre minhas ferias do trabalho.

    VA:R_U [1.9.13_1145]
    Rating: 0.0/5 (0 votes cast)
    • Daniel Nascimento - 3 Comentários

      Andre Ribeiro bom dia Eu fiz a minha cirurgia em uma clinica no Alphaville em campinas ,meu plano cobriu paguei apenas esse mesmo exame que vc citou o pentacam que foi 250$$, tem algunhas coisa errada nesse valor que vc disse ,por que eu tenho mais três amigos que fizeram o mesmo exame …quanto a cirurgia fiz a PRK sofri um pouco no pos operatório mais vale a pena …Hiltom Melo foi o doutor que me operou ele atende inicialmente no Penido burnier e faz a cirurgia no Alphaville.
      Boa sorte..se precisar de mais informacoes pode perguntar [email removido pela moderação]

      VN:R_U [1.9.13_1145]
      Rating: 0.0/5 (0 votes cast)
    • Jefferson - 6.109 Comentários

      Meu Pentacam custou R$250 e em 2012 só achei três empresas em Recife que faziam. Ou seja: podiam cobrar o que quisessem. Eu já achei muito caro na época. R$1200 é que eu não pagaria mesmo.

      Eu ficaria preocupado ao ver que o médico que vai fazer minha cirurgia recomenda um exame tão superfaturado assim.

      VN:R_U [1.9.13_1145]
      Rating: 0.0/5 (0 votes cast)
    • Ju Santos - 2 Comentários

      Olá, fiz a PRK faz 20 dias e não tive custo algum com a cirurgia, o convenio cobriu 100% dos exames e da cirurgia. O único gasto foi com diversos colírios que o oftalmo receitou… Quanto a cirurgia sofri um pouco no pós operatório e ainda to com a visão instável (tem dias que exergo bem…outros nem tanto) ainda tenho um pouco de sensibilidade à luz… mais já era esperado.
      Recomendo que faça, porém com um médico da sua confiança… no seu caso Ricardo procure uma segunda opinião ou outro lugar que faça esse exame mais em conta.

      Boa sorte, caso decida a fazer.

      Juliana

      VA:R_U [1.9.13_1145]
      Rating: 0.0/5 (0 votes cast)
    • Caroline - 2 Comentários

      André bom dia fui hoje no oftalmo e ele me disse para fazer esse exame também o pentacam e me passou o valor de R$ 1.250,00, caro né? Caso você souber de algum outro lugar mais barato me de um toque por favor.

      VA:R_U [1.9.13_1145]
      Rating: 0.0/5 (0 votes cast)
    • Maria Loyola - 2 Comentários

      Oi André! Fiz a cirurgia há 7 dias e também tive que fazer o exame pentacam que me custou R$100 para os dois olhos. Fiz o método PRK e confesso que sofri muito nos dois primeiros dias ( muita ardência nos olhos e lacrimejamento) mas depois disso é tudo tranquilo, apenas fiquei com a sensação de olho seco e a visão um pouco embaçada, mas o médico disse que vai melhorano com o tempo.

      VA:R_U [1.9.13_1145]
      Rating: 0.0/5 (0 votes cast)
  • adriano - 1 Comentário

    fiz a cirurgia pelo metodo prk fazem 35 dias e recomendo a todos.

    VA:R_U [1.9.13_1145]
    Rating: 0.0/5 (0 votes cast)
    • Cristiane - 6 Comentários

      Como era a sua visão para perto com 35/40 dias?, eu estou com 42 dias, e tenho uma sensação forte de astigmatismo, principalmente com letras pequenas, e a noite ou com luz artificial, piora muito!

      VA:R_U [1.9.13_1145]
      Rating: 0.0/5 (0 votes cast)
  • Karina - 1 Comentário

    Olá pessoal!!!
    Tenho 5 graus de miopia e estou procurando saber mais sobre a cirurgia.
    Passei em uma oftalmo que me pediu o pentacam também, mas como já tinha feito outros vários exames, ela já adiantou que minha córnea é fina… Consta que é 0,420 mm e 0,433 mm.. Queria saber quanto deu no resultado de vcs!!! Não sei qdo a córnea é fina ou não.. :S

    VA:R_U [1.9.13_1145]
    Rating: 0.0/5 (0 votes cast)
  • Dayse - 1 Comentário

    Alguém que fez a cirurgia de olhos hipermetropia-astigmatismo elevados: O quê (e como) a Unimed cobre?

    VA:R_U [1.9.13_1145]
    Rating: 0.0/5 (0 votes cast)
  • Marisa - 1 Comentário

    Olá, o grau 0,75 zerou? Também fiz pra faz 30 dias e na consulta o médico fAlou que estou com 0, 50 e 0,75. Que pode mudar……

    VA:R_U [1.9.13_1145]
    Rating: 0.0/5 (0 votes cast)
    • Jefferson - 6.109 Comentários

      Não lembro quanto tenho, mas não zerou. Tenha em mente que tenho 43 anos e a idade importa.

      VN:R_U [1.9.13_1145]
      Rating: 0.0/5 (0 votes cast)
  • Giovana - 1 Comentário

    Olá! Gostaria de ter a mesma sorte que você. Tenho 25 anos, há 7 achando que tinha só miopia + astigmatismo. Com grau estabilizado, fui atrás da PRK; mas com a topografia de córnea, o oftalmologista vetou a cirurgia por enquanto. Ele disse que há um aparelho muito moderno vindo para ele dos EUA e pediu que eu esperasse até outubro, que dependendo do resultado, ele me opera. Será que é o Pentacan? Tomara!!! Gostaria muito de tirar algumas dúvidas com você, se possível.

    VA:R_U [1.9.13_1145]
    Rating: 0.0/5 (0 votes cast)
  • Elton - 1 Comentário

    Pessoal, fiz a cirurgia de PRK e fui ao retorno ontem.

    Meu grau era cerca de 1,75 na esquerda e 1,5 na direita.

    Resultado da cirurgia foi que estou com 1,5 na esquerda e 0,5 na direita. (Achei muito absurdo o resultado da esquerda)…

    Daí vou passar pelo retoque da esquerda e meu cirurgião se recusou veementemente de retocar a direita por causa de relação risco/benefício…

    Queria muito já que tenho que passar pelo pós operatório de novo retocar as duas… alguém de vocês teve a opção de retocar 0,5 grau ou tb foi dito que não se faz retoque de 0,5 grau…

    Meu retoque está marcado pra quinta dia 27/08/15…

    Quero ter argumentos pra poder fazer com que ele retoque as duas vistas.

    Obrigado desde já.

    VA:R_U [1.9.13_1145]
    Rating: 0.0/5 (0 votes cast)
    • Cristiane - 2 Comentários

      Boa sorte Elton! Espero que sua situação seja resolvida!

      VA:R_U [1.9.13_1145]
      Rating: 0.0/5 (0 votes cast)
  • Cristiane - 2 Comentários

    Olá Jefferson,

    Agradeço demais o seu relato e mesmo 3 anos após sua cirurgia você ainda ajuda bastante as pessoas. Eu estou atrás da cirurgia refrativa porque possuo 4 graus de miopia e perto de 1 de astigmatismo, então você sabe que eu sou completamente dependente de óculos para tudo. Meu oftalmo disse que minha córnea “nasceu para ser cirurgiada” e que eu posso fazer o procedimento mais moderno, o femto Lasik, porém porque eu tenho olho seco ainda não sou boa candidata à cirurgia. Estou em tratamento e espero que meu olho possua a lubrificação necessária para que o pós cirúrgico aconteça sem problemas. Sempre pensando positivo e nunca desistindo, pois a melhor coisa no mundo é poder enxergar sem esses benditos óculos.

    VA:R_U [1.9.13_1145]
    Rating: 0.0/5 (0 votes cast)
  • Joice - 2 Comentários

    Fiz a cirurgia a um ano atras.O meu primeiro mês de cirurgia foi só de arrependimento, muitas dores, muito colírio, muito choro e muitas noites sem dormir. Mas hoje sou imensamente grata a Deus , ao meu médico e ao meu dinheiro por terem me dado condição de fazer a cirurgia. Não sei como é possível, mas passei a enxergar 20% a mais do que eu enxergava com o óculos (zerei o meu grau do óculos e ainda enxergo mais !! Sim é um milagre!!) Indico todos a fazerem . Não é facil mas vale muito a pena, tinha miopia, astigmatismo, ceratite , grau de 4,5 e hoje não tenho NADA , só alegria!!!! :)

    VA:R_U [1.9.13_1145]
    Rating: 0.0/5 (0 votes cast)
    • Priscilla - 1 Comentário

      Joice estou passando por situação igual a sua, realizei a Prk e estou com ceratite, em quanto tempo vc ficou melhor? Qual foi o tratamento para ceratite?

      VA:R_U [1.9.13_1145]
      Rating: 0.0/5 (0 votes cast)
  • leyde pailos - 2 Comentários

    fiz uma cirurgia para catarata e zerar miopia. isso faz três meses e minha visão embaça muito na luz da TV e computador. Uso óculos escuro quando está sol. As vezes sinto dores no canto da vista. Tenho 55 anos e tenho que usar óculos perto. É bom enxergar de novo. Posso levantar da cama sem óculos, porém vista embaçada e dores na vista , isso incomoda muito. Tenho medo de piorar os sintomas. Li muitos comentários e vi coisas parecidas. Já até me arrependi de ter operado. Foi bom poder enxergar para longe, porém deixou incômodos que antes eu não tinha. Alguém me diga alguma coisa para ajudar.

    VA:R_U [1.9.13_1145]
    Rating: 0.0/5 (0 votes cast)
  • Thiago Guedes - 1 Comentário

    Olá. Parabéns pelo blog.
    Fiz uma cirurgia LASIK em 30/06/2015. Fui precipitado em fazer. Só havia consultado colegas que tinham feito cirurgia refrativa e todos estão bem. Mas meu médico não foi muito detalhista nem eu perguntei muito. Se eu tivesse pesquisado na internet, jamais teria feito.
    Ademais, não fui informado que existiam duas técnicas: PRK e LASIK. Sendo que a PRK tem menos riscos.
    Pois bem, fiz. E em outubro apareceu uma “mosca volante” e alguns dias depois um sensação de raios na lateral do olho direito quando passo por paredes claras. Fiz mapeamento de retina em outra clínica, diferente da que fez a cirurgia. Resultado: edema retiniano. O médico mandou procurar um retinólogo, mas disse que não tem como provar que foi da cirurgia (detalhe, ele também faz cirurgia).
    Pesquisando, verifiquei que meu médico não fez todos os exames recomendados. Falei com colegas que fizeram, eles também não foram submetidos a todos os exames recomendados pela Sociedade Brasileira de Cirurgia Refrativa. Ou seja, pelo menos aqui em Manaus, já du pra ver que a cirurgia é feita sem o suporte dos exames necessários. Li casos na internet em que a cirurgia provocou sim descolamento da retina.
    Está marcada consulta com retinólogo pra saber se o que eu tenho é grave.
    Vocês que fizeram e que hoje estão bem, sejam sinceros: o médico alertou sobre todos os riscos ???? falou sobre glare, halos, starbuts, visão dupla, olho seco, ceratocone induzido, edema ou descolamento de retina, moscas volantes, visão noturna prejudicada, aumento da pressão intraocular??? falou mesmo sobre tudo isso??? se tivessem ouvido isso tudo do médico e não apenas lido na internet, será que ainda fariam esta cirurgia??
    Fui precipitado e ingênuo, mas o médico também tem sua parcela de culpa, pois não alertou dos reais riscos e sequer me deu a opção pelo PRK.
    O médico que fez o mapeamento de retina disse que sua clínica não faz mais lasik, pois pra fazer o flap (corte) é muito arriscado e pode criar uma pressão no momento do corte que pode sim danificar as estruturas internas. Com certeza ele não teria coragem de falar isso se fosse chamado em um processo judicial.
    A cirurgia é eletiva, ou seja, se não for feita, não trará prejuízos ao paciente.
    Se forem fazer cirurgia refrativa, fujam do LASIK. E lembrem-se que a PRK traz riscos parecidos.
    Estou aberto a troca de idéias.

    VA:R_U [1.9.13_1145]
    Rating: 0.0/5 (0 votes cast)
  • Daniel - 26 Comentários

    Thiago, tem uns 12 anos que fiz a cirurgia PRK. Tenho 40 anos hoje.

    O médico não alertou de todos os riscos, mas por via das dúvidas fiz um olho e 20 dias depois fiz o outro. Praticamente zerei o grau. Mas a recuperação de um deles foi muito mais dolorida.

    A única observação foi que eu teria que voltar a usar óculos para perto com 40 anos. O que por causa da minha miopia que voltou – o grau ficou zerado por 8 anos – será adiada por mais 5.

    Pelo menos mais 5 amigos que fizeram a cirurgia em outros locais, sendo que dois fizeram a lasik, já estão usando óculos novamente.

    Eu ainda hoje tenho sensibilidade maior nos olhos, o que me impede de usar lentes de contato. Sinto que o olho é mais seco, apesar dos testes não detectarem este problema.

    Das pessoas que fizeram a cirurgia que conheço, apenas 1 pessoa não voltou o grau depois de 8 anos.

    VA:R_U [1.9.13_1145]
    Rating: 0.0/5 (0 votes cast)
  • leyde pailos - 2 Comentários

    Fiz a cirurgia tem 5 meses. A miopia de 9 graus praticamente zerou. Porém tenho sensibilidade a luz, o olho dói de vez em quando e fica muito seco. se pudesse voltar atrás não faria esta cirurgia. Pois, antes eu usava óculos, mas não tinha esses incômodos.

    VA:R_U [1.9.13_1145]
    Rating: 0.0/5 (0 votes cast)
    • MARIANA - 5 Comentários

      Melhora sim!
      Também tive muita fotofobia e sensação de olhos secos.

      VA:R_U [1.9.13_1145]
      Rating: 0.0/5 (0 votes cast)
  • Daniel - 26 Comentários

    Leyde,

    5 meses é pouco. Vai melhorar. A sensibilidade a luz que eu tinha melhorou.. A secura no olho também melhorou, mas ainda sinto ela, mesmo com os testes não apontando problemas. Agora dor, só tive no 1o mês, depois nunca mais.

    Mas deve melhorar, não se preocupe.

    VA:R_U [1.9.13_1145]
    Rating: 0.0/5 (0 votes cast)
  • Julio - 7 Comentários

    Olá,

    Fiz a LASIK há 12 anos na vista esquerda. Na época a cirurgia foi oferecida a funcionários do Hospital das Clinicas com custos somente do aluguel do uso do equipamento de uma clinica particular já que o hospital não tinha o aparelho. Na ocasião a cirurgia era a vedete entre os oftalmologistas e o acordo era que fossemos acompanhados pelos residentes do hospital. Quem fez a cirurgia foi o docente. Foi tudo meticuloso, nas regras e padrões de como deve ser feito em um hospital escola. Na verdade o professor até te entrevistava e fazia uma serie de perguntas junto com os residentes, com todas as explicações com o foco de fazer você pensar se realmente você quer fazer a cirurgia. “Não é tão ruim usar óculos”. “Há um lado bom de ter miopia, como acordar não conseguir ver a hora no relógio e voltar a dormir” era frases que usava. A pechincha do preço, paguei R$ 600,00 incluindo todos os exames (na época o procedimento era muito mais caro que nos dias atuais) e a chance de se ver livre dos óculos, foi mais que suficiente para fazer o procedimento. Eu tinha 6,75 de miopia. Fiz o procedimento com outros 2 amigos que resolveram também fazer, mais tinham graus menores que os meus. Acho que eram por volta de 2 graus e 4 graus. Na época a regra era a seguinte, pequenos graus eram eletivos para PRK e altos graus para LASIK. Não me lembro qual era o grau que separava quem tinha um grau alto e baixo, mais existia um grau limitador. Meus amigos fizeram PRK e eu LASIK. O certo era fazer um olho de cada vez, sempre o de maior grau, pois se houvesse algum inconveniente, havia a outra visão sem operar. Segundo o professor as redes particulares faziam as duas vistas para melhor conveniência do médico.
    O médico dizia que a vantagem da LASIK era que eu iria sair enxergando ao contrário dos meus amigos. Na época não entendi direito o que ele quis dizer e ao sair da operação fiquei alucinado por não estar enxergando. Ele disse que seria estranho mesmo se eu estivesse enxergando. Rapidamente recobrei a visão, mas fiquei com halos e isso me incomodou muito para dirigir. Tanto que eu não operei a outra visão com medo de não poder mais dirigir. Mas o grau ficou zerado. Nesse tempo todo eu fiquei com a visão esquerda com zero grau e a direita com 6,25. Coloquei uma lente sem grau do lado direito do óculos. Ele ficava pendente, torto no rosto devido a lente com grau ser mais pesada. Fiquei esperando os halos irem embora. Como dizer até hoje, as aberrações de refração podem ir embora depois de até um ano. A minha não foi. Nessa condição, de um olho operado (Zero grau) e o outro com 6,25 graus, você vê uma coisa de cada tamanho com cada olho. Os oftalmologistas disseram na época que eu consigo ficar nessa condição, pois eu faço parte da pequena parte da população que não consegue ver 3D. Fizeram vários testes comigo com figuras 3D e também olhar em um tubo, como se fosse de um rolo de papel toalha. Eu não foco o objeto com as duas vistas, o olho direito se preocupa com as coisas do lado direito enquanto o esquerdo com as coisas do lado esquerdo. Realmente com o advento dos filme em 3D, nunca consegui usufruir desse entretimento.
    Raramente, porque não vejo como a maioria, quando foco um objeto com as duas vistas, há como que uma ilusão de espaço. Parece que o objeto está ali no local, mas está realmente alguns centímetros de distancia. Já quebrei muitos copos por causa disto, ao colocar no canto da mesa ilusória que estava um pouco mais a frente. O jeito foi por lente de contato no olho não operado, o que diminui essa ilusão.
    Após 12 anos, resolvi enfim arriscar e operar o olho direito. O que me levou a isso foi que o convênio cobre a cirurgia acima de 5 graus (talvez esse deve ser o grau limitador que mencionei do passado ao qual não me recordo). Segundo que os aparelhos modernizaram e, com a cirurgia personalizada diminui-se as probabilidades de aberrações. Pelo menos é o que dizem. Terceiro que tive algumas conjuntivites devido as crianças pequenas em casa que, porventura pegam na escola. Lente e conjuntivite é um saco. E até quando eu iria ficar com essas diferenças de graus. Será que isso iria me afetar na velhice.
    O médico me disse que não se faz mais LASIK devido a questão do flap. Muitos amigos meus disseram a mesma coisa e fizeram PRK. Meu pai recentemente colocou as lentes corretivas intraoculares e teve o descolamento do flap. Geralmente ele é acomodado, mas sorte que correu para o médico verificar o que era, teve que fazer a cirurgia as pressas. Nessa situação, você possui horas para corrigir o problema senão fica cego. Hoje ele está bem. Por isso não questionei muito a técnica comparado com as informações do passado.
    Queira comentar que os médicos dizem que quem faz LASIK não pode nunca mais lutar Boxe. Afinal, muitos poucos fazem esse esporte hoje em dia, mas não falam que uma bolada no rosto, um acidente de carro, uma eventual briga e até uma queda pode ter a mesma intensidade de um soco no olho.
    Bom, fiz a PRK no olho direito no dia 10/12/2015. Fazem 9 dias hoje e a expectativa é muito grande pois tenho o trauma do halo que permanece no olho esquerdo. Agora compreendo o que o médico quis dizer no passado quando na LASIK iria sair enxergando quando comparado aos meus amigos que fizeram PRK. Hoje ainda não enxergo nada com o olho direito enquanto no olho esquerdo já estava enxergando com 2 dias. Enxergo turvo, opaco mais o que mais incomoda é a vista desfocada que onde os detalhes se perdem. Você consegue enxergar, ver pessoas e tudo mais. É diferente de quando míope, não está mais míope mas não consegue ver nitidamente, não consegue ler, perto ou longe ou ver detalhes. A minha visão está como uma foto desfocada. Se eu fizesse as duas vistas hoje, não conseguiria trabalhar ou dirigir. Os médicos não dão muitos detalhes quanto a recuperação, isso é de cada paciente. Teve um amigo meu que em três dias estava enxergando razoavelmente. Mas sentiu uma dor e desconforto alucinante com a cirurgia. Eu já não senti dor nenhuma, como se não tivesse feito a cirurgia nos olhos. O meu médico disse que teve uma paciente que operou no mesmo dia que eu, e ligou para ele várias vezes nos setes dias antes da primeira consulta, mas depois de sete dias estava enxergando bem. Eu já não senti dor alguma, mas não estava enxergando nada em sete dias e ainda está muito ruim até agora. Se não fosse esse blog com a iniciativa do Jefferson e outros que relataram os passos da recuperação, eu já estaria louco.
    Obrigado a todos.
    Vou postando o progresso de minha recuperação.

    VA:R_U [1.9.13_1145]
    Rating: 0.0/5 (0 votes cast)
  • Junior - 1 Comentário

    Meu caso é diferente. Há vinte anos fiz cirurgia pela técnica antiga de RK (não era a laser, mas com bisturi). Tinha 5,25 no olho direito e 4.0 de miopia no esquerdo. Passei vários anos enxergando muito bem sem precisar de óculos, mas depois de um tempo, de uns três anos pra cá, surgiu a hipermotropia e um pouco de astigmatismo. Nada demais. Podia continuar sem óculos, usando-o só para leitura. No entanto, chegou um ponto em que nenhum óculos corrigia uma pequena visão dupla que tinha no olho direito, um astigmatismo irregular, e por isso fui procurar a cirurgia a laser. Como minha córnea tinha cicatrizes e estava irregular, me foi indicada a PRK. Fiz a dita cuja no início de 2015, mas depois de nove meses ainda tinha a vista embaçada para longe, apesar de a visão de perto (muito perto) estar ótima (lia bula de remédio e as letras mais minúsculas de qualquer rótulo). Minha córnea, enfim, havia ficado embaçada por causa do procedimento cirúrgico, o que prejudicava a visão. Por isso, resolvi fazer outra cirurgia para retirar essa opacidade (que pode ser causada por exposição ao sol sem proteção, o que não me foi informado pelo médico) faz hoje cinco semanas. Bom, minha situação agora bate com a de vários relatos aqui. Está embaçada, melhor para bem perto, visão duplicada, triplicada etc. Espero que dessa vez dê certo, pois estou cuidando bastante para não me expor ao sol e pingando o colírio lubrificante. Mas tem sido bem chato. Sinceramente, se não fosse o meu olho esquerdo, que com óculos para hipermetropia, tem visão 100%, estaria louco, pois é muito angustiante. Daqui a dois dias vou para Europa e preferia estar enxergando com os dois olhos, mas um perfeito já é suficiente para ver aquelas maravilhas. Meu conselho é o seguinte: façam um olho de cada vez, assim sempre terão um olho bom… Abraços.

    VA:R_U [1.9.13_1145]
    Rating: 0.0/5 (0 votes cast)
    • julio - 7 Comentários

      Olá Junior,

      A Angustia é normal e no nosso caso a expectativa é maior ainda, pois tivemos a experiência da primeira cirurgia mau sucedida.
      Creia que cada um tem um tempo de recuperação. De todas as orientações que eu lí, o meu médico focou nos ósculos escuros e em não coçar os olhos.
      Depois de 45 dias que eu senti melhora no olho. Começo agora a notar que o olho direito está melhor que o esquerdo, operado a uma década atrás.
      Eu penso que a viagem lhe fará bem, pois irá distrair e não pensar muito no porvir.

      Boa sorte.

      VA:R_U [1.9.13_1145]
      Rating: 0.0/5 (0 votes cast)
  • Daniela - 1 Comentário

    Fiz LASIK há 7 dias, não sei se fui submetida a todos esses exames mencionados por vocês, passei por 4 aparelhinhos antes da consulta com o oftalmo. O Dr.me disse que eu tinha olhos bons para operar, e que poderia perder a dependência pelos óculos. Dai me sentou na cadeira de multiplas lentes , ajustou o grau e me mostrou como ficaria minha visão depois da cirurgia, ou seja, ótima visão de perto e de longe. Fiquei animada, tinha hiper + astig + miopia , a consulta foi rápida algo em torno de 10 minutos então ele me encaminhou para a assistente que me passou alguns detalhes. Quando perguntei sobre os riscos fui informada apenas que eu poderia precisar no futuro de um reparo de grau e que na pior das hipóteses poderia ter uma infecção caso não utlizasse os colírios corretamente. Estou perplexa com a falta de informação quanto aos riscos da cirurgia. Apesar de tomar um analgésico antes da cirurgia eu senti muita dor no início do procedimento, foi como uma lança entrando nos meus olhos no momento de cortar o flap, não sei o que aconteceu se o colírio anestésico não foi suficiente, porém no outro olho não senti tanto, mas também senti uma agulhada. Dez minutos depois da cirurgia começaram as dores, aquelas cinco horas posteriores só pensei no arrependimento, foi o caminho para casa mais longo de minha vida… Após a cirurgia entrei em uma salinha para acertar os honorários de 10 mil, sem enxergar nada, visão turva e esbranquiçada. Questionei sobre as dores porém nada foi prescrito além de dois colírios, um lubrificante e outro anti-inflamatório, só me disseram que a dor seria passageira e que eu deveria dormir, como assim? dormir com tanta dor? A noite a dor passou, coloquei os protetores oculares e fiquei melhor no dia seguinte. Na 2a noite acordei com uma forte dor no olho direito, olhei no espelho e havia aparecido uma hemorragia.Certamente como consequencia do mecanismo de vácuo do equipamento que realiza o flap, liguei a tarde para o oftalmo e recebi o recado pela recepcionista que era pra aguardar o retorno do dia seguinte, que não era nada demais, nem o Dr nem a assistente puderam ( quiseram?) falar comigo. Esta hemorragia no 2o dia me assustou bastante, porque esperava melhorar a cada dia e não ter surpresas desta forma. No retorno de menos de 2 minutos na sala do oftalmo fui informada que era exatamente isso, uma hemorragia na esclera e que estava tudo bem. Há 3 dias não durmo de noite com dor neste olho, fiz compressa gelada com soro fisiológico nem sei se poderia fazer isso porque não falaram nada a respeito, os colírios não amenizam a dor que piora quando me deito. Cada pessoa é diferente da outra em sensibilidade e metabolismo, portanto sei que as reações são adversas, mas se me perguntassem hoje se faria a cirurgia eu diria que não, posso ter tido o azar de não ter encontrado uma equipe que me orientasse e me desse um suporte em minha recuperação, percebo que não adianta fazer a cirurgia no melhor hospital do país e com um médico que é considerado uma assumidade no assunto, reagimos diferente, nosso corpo é uma incógnita até que o colocamos a prova. Penso que toda equipe médica tem obrigação de orientar seus pacientes sobre todos os riscos e todas as reações possíveis que possam existir, infelizmente não li estes depoimentos antes de aceitar a cirurgia, teria certamente refletido um pouco mais. Vamos ver quanto tempo ainda ficarei com essa dor…

    VA:R_U [1.9.13_1145]
    Rating: 0.0/5 (0 votes cast)
  • julio - 7 Comentários

    Olá Daniela,

    A vantagem da Lasik é que a recuperação é rápida, se tudo ocorrer bem, logo logo estará enxergando. Menos de 1 semana. A desvantagem, é que tem que ter um maior cuidado com impactos no olho e uma proteção para não coçar a noite nos primeiro dias. Correr para o médico se ver um ponto preto no centro da visão (descolamento da retina devido ao descolamento do flap). Se coçar os olhos, a córnea também pode ficar enrugada, e ai deve ser feito correção.
    Dizem que na PRK podem ser feitos retoques enquanto na LASIK não é aconselhável.

    Abraços

    VA:R_U [1.9.13_1145]
    Rating: 0.0/5 (0 votes cast)
  • MARIANA - 5 Comentários

    Olá!
    Vim contar um pouquinho a minha experiência com a PRK personalizada.
    Usei óculos desde meus 9 anos de idade, lentes de contato desde 12 anos, eis que ano passado, com 28 resolvi dar esse passo importantíssimo na minha vida, visto que tinha 5 graus de miopia e mais alguma coisinha de astigmatismo, não podia ficar sem lente de correção jamais.
    Pra mim foi indicada a PRK pelo grau e pela minha córnea ser fina e bastante irregular.
    Tenho Unimed Curitiba e o plano cobriu boa parte dos custos.
    Em Fevereiro de 2015 foi realizado o procedimento, no Hospital de Olhos do Paraná, tudo muito rápido, apenas colírio anestésico, algumas marcações em meus olhos (astigmatismo) e laser e pronto: em minutos enxergava perfeitamente!
    Saí toda animada até que foi passando a anestesia e começaram os 2 piores dias de tudo isso, simplesmente não conseguia abrir meus olhos! Ardia MUITO, sensação de cortar cebola mas MUITO forte, mas meu médico sempre me orientando que tudo estava normal…
    Tive um hematoma (aquele vermelhinho no olho) que saiu em duas semanas e a visão ficou bastante turva, até que tirei a lente “curativo” (uma semana) e deu uma melhorada.
    No mês seguinte senti fotofobia, visão embaçada, mas voltei ao trabalho e fui me adaptando.
    Não lembro exatamente quando ficou 100%, mas não passou de 2/3 meses.
    E hoje, UM ANO pós PRK, recebi a notícia do meu médico que minha cirurgia foi perfeita! Cicatrização e tudo mais!
    Já tirei foto embaixo d’água de olhos abertos, já voltei a bagunçar com água (antes tinha medo de perder a lente)
    Indico sem sombra de dúvidas a cirurgia!

    VA:R_U [1.9.13_1145]
    Rating: 0.0/5 (0 votes cast)
    • Anelise - 2 Comentários

      Olá mariana!
      Eu fiz a cirurgia refrativa prk há 17 dias e a minha visão para longe já está ótima. Mas ontem, 16 dias após a cirurgia, eu voltei a trabalhar e não consigo enxergar o computador, e dependo totalmente dele no meu trabalho.
      Fui na médica e ela me disse que esta normal, dentro do previsto, que o olho precisa de adaptar a focar e enxergar de perto.
      Mas confesso que estou bem assustada, pois nunca tinha ouvido alguém falar que se sentiu assim apos a cirurgia.
      Você lembra como foi a sua adaptação com computador?
      Obrigada!

      VA:R_U [1.9.13_1145]
      Rating: 0.0/5 (0 votes cast)
      • Cristiane - 6 Comentários

        Olá Anelise!
        Eu fiz a minha em 29/07/2017, hoje com 43 dias ainda não consigo focar direito para perto, tenho aquela sensação de astigmatismo, como esta a sua agora?
        Da um desespero!

        VA:R_U [1.9.13_1145]
        Rating: 0.0/5 (0 votes cast)
  • Julio - 7 Comentários

    Olá Anelise,

    Eu fiquei desesperado, tive que adiar a volta ao trabalho. Foi a internet que me tranquilizou. Apesar de amigos meus voltarem a trabalhar com 3 dias. Comprovei que 15-20 dias é pouco ainda para se desesperar. Apesar de enxergar pouco e da contra indicação de ficar de frente a tela, vasculhei todos os comentários, e comprovei que a recuperação de fato é de organismo para organismo e depende muito do grau. Quanto maior o grau, mais invasivo é o procedimento e consequentemente o tempo de cicatrização. A volta da visão depende mesmo da cicatrização, como se fosse um machucado na pele, que possui vários estágios para ficar lisinha e sem manchas. Se tiver qualquer imperfeição, a luz não reflete precisamente. A média são 45 dias para a visão ficar razoável que foi no meu caso, mas tem gente que demora até 3 meses para voltar a enxergar sem limitações.

    Portanto é só aguardar e ter paciência.

    VA:R_U [1.9.13_1145]
    Rating: 0.0/5 (0 votes cast)
    • Anelise - 2 Comentários

      Obrigada Júlio! Eu já estou feliz com o resultado pra longe, mas desesperada por não conseguir trabalhar direito. Mas tem que ter paciência mesmo, espero que fique tudo bem.
      Obrigada!

      VA:R_U [1.9.13_1145]
      Rating: 0.0/5 (0 votes cast)
      • Cristiane - 6 Comentários

        Boa tarde
        Além do Julio, alguem teve problemas para perto depois da PRK? Por favor me respondam quando passou, estou ficando com depressão, isso é angustiante, estou com 51 dias hoje, e ainda estou com dificuldades, mas agora estou numa área da rua, e esta bem melhor, não sei se é a luz natural, mas quando estou em ambientes fechados, a sensação do astgmatismo me impede de ler, quando a fonte e pequena, alguem passou por isso tb? Esqueci de dizer tinha 9 graus de miopia e 1,75 de astigmatismo, qdo fui ao oftalmo ele testou com lentes a princípio não resta nada de grau.

        VA:R_U [1.9.13_1145]
        Rating: 0.0/5 (0 votes cast)
    • Cristiane - 6 Comentários

      Quando melhorou a sua para perto?, estou com 43 dias e não consigo focar direito para ler, e ver No computador letras pequenas, consigo, mas tenho a sensação forte de astigmatismo, já foi constatado que zerou os meus graus, para longe esta muito boa.

      VA:R_U [1.9.13_1145]
      Rating: 0.0/5 (0 votes cast)
  • LEILA GALEMBECK GALEMBECK - 1 Comentário

    Fiz a cirurgia de miopia com a técnica prk vai fazer 3 anos , estou muito satisfeita pós operatorio fui muito bem desconforto suportável , não dei ouvidos para os exagerados confiei no meu oftalmologista e boa , faria tudo de novo

    VA:R_U [1.9.13_1145]
    Rating: 0.0/5 (0 votes cast)
  • Priscila - 1 Comentário

    Fiz a cirurgia com a técnica PRK tem 1 mês e meio, e estou super satisfeita! Tinha 2,5 de miopia e 1,5 de astigmatismo, operei os dois olhos ao mesmo tempo, e realmente, o pós- cirúrgico é quase insuportável, os 5 primeiros dias são terríveis , arde e lacrimeja muito, fora a fotofobia! Mas com muita calma e paciência ( recomendo tentar dormir a maior parte do tempo nesses dias e colocar os colírios nas horas certas ) logo passa todo esse incômodo! Existe muito exagero mesmo! Quase desisto de tantas coisas que lia na net! Mas estou enxergando bem, a qualidade ainda não está 100%, mas a minha oftalmo falou que é até 03 meses para a recuperação total! Vou voltar nela na segunda-feira, pq ela está sempre acompanhando, isso é essencial! A única coisa chata é que ainda estou com o olho seco, mas nada que o lubrificante não resolva, e de acordo com a médica vai melhorar com o tempo! O desconforto é passageiro, mas compensa muito ficar livre dos óculos! Já voltei a pilotar a minha moto e a minha visão noturna a cada dia está melhor! Super recomendo!

    VA:R_U [1.9.13_1145]
    Rating: 0.0/5 (0 votes cast)
  • Julio - 7 Comentários

    Olá

    Comecei a ter uma melhor acuidade visual com 45 dias que melhorou progressivamente até os 3 meses. Quem possui miopia possuí uma visão excelente/perfeita para perto. É uma qualidade dos míopes. Quando se faz a cirurgia de refração, e o indivíduo que consegue o objetivo zerando o grau passa a ter uma visão normal e, apesar do míope conseguir enxergar longe sem óculos/lente pode sentir perda da qualidade para perto, que representa apenas uma adaptação a nova condição.
    Temos que se atentar também que não existe visão mais perfeita para quem usa óculos ou lente. Esse acessório maximiza a visão. Por mais perfeita que seja a acuidade visual de qualquer indivíduo, não chega perto de quem possui grau mas está com lentes corretivas. Dessa maneira, muitas pessoas que fazem a cirurgia de refração se frustam em não enxergar perfeito como antes, que é apenas um período de adaptação. Isso não é uma condição generalizada, pois que muitas pessoas relatam que não sentiram diferenças e outras passam a relatar que começaram a enxergar melhor. Mas comprovadamente, existe uma perda da qualidade, principalmente no contraste que é muito evidente para quem opera um olho e depois o outro. Eu fiquei anos com um olho operado e o outro não. Apesar de enxergar perfeito sem a necessidade de correção, percebia que a qualidade da imagem não era a mesma para o olho sem a operação. As cores, por exemplo tinham mais vida no olho sem a correção. O azul era mais azul, o verde mais verde e no olho operado era discretamente mais claro. Depois que eu operei, ficou tudo igual, e não consigo mais perceber a diferença. Isso é muito bem explicado nos sites americanos. Eu não me incomodo com isso. Mas tem gente que demora a se adaptar.

    VA:R_U [1.9.13_1145]
    Rating: 0.0/5 (0 votes cast)
  • Cristiane - 6 Comentários

    Obrigado
    Julio

    VA:R_U [1.9.13_1145]
    Rating: 0.0/5 (0 votes cast)
  • Andressa - 1 Comentário

    Sou portadora de olho seco moderado e tenho muita vontade de fazer essa cirurgia. Mas tenho medo. O ultimo médico com quem me consultei disse que era melhor não fazer, mas os outros disseram que achavam que eu conseguiria. Alguém aqui fez a cirurgia tendo esse problema?

    VA:R_U [1.9.13_1145]
    Rating: 0.0/5 (0 votes cast)
  • Rafael - 1 Comentário

    Olá. Submeti-me à PRK há 2 dias, no Instituto Horta Barbosa, em Porto Alegre. Custo de R$6.000,00 para operação em ambos os olhos. Foi operado inicialmente o olho direito, que é portador de 2º de miopia e 0,75º de astigmatismo.

    Cirurgia normal, sem complicações. Método indolor e célere. Pós-operatório terrível, contudo. 2 comprimidos de Roypinol após a cirurgia, que não fizeram efeito. Ardência, corrimento nasal e vermelhidão intensa na noite da cirurgia e na noite do dia posterior. Fotofobia moderada. Halos de luz à noite. Visão completamente desfocada. Uso dos colírios terolac, flutinol e oflox a cada 3 horas, nos três primeiros dias.

    Esfreguei os olhos na manhã do 3º dia, por duas vezes, o que acarretou dor intensa. No instante em que redijo este relato, não sinto dores no olho, apenas prejuízo da visão, seja de perto seja de longe. Retorno ao consultório marcado para 5 dias após o procedimento, para retirada da lente curativa.

    Uso dos óculos escuros auxilia bastante. Diminui a sensibilidade à luz. A cirurgia do olho esquerdo ocorrerá 1 semana após a primeira. Importante inquirir o médico acerca de todas as dúvidas, as quais podem ser obtidas pelo estudo e leituras de relatos e textos disponíveis na internet.

    Volto para registro do resultado do olho esquerdo.

    Abraços.

    VA:R_U [1.9.13_1145]
    Rating: 0.0/5 (0 votes cast)
    • Snow_man - 265 Comentários

      Rafael, boa sorte, que Deus te abençoe e ocorra tudo bem.
      Creia no poder de Deus, e siga com fé.

      VA:R_U [1.9.13_1145]
      Rating: 0.0/5 (0 votes cast)
  • Rafael - 1 Comentário

    Se depender so do que os medicos diz e tudo normal, e ai se a gente não sai a pesquisar, na net, parece que deu tudo errado a cirurgia, estou no decimo dia e com variação um dia um olho esta melhor que outro, ão tenho foto fobia,e nem olho seco, mas os medicos tratam td normalmete, ate box ele disse q eu poderia lutar apos 7 dias de PRK, os primeiros dias é só arrependimennto, mas lendo relatos vamos, esperando que de tudo certo..

    VA:R_U [1.9.13_1145]
    Rating: 0.0/5 (0 votes cast)
  • Fernanda - 1 Comentário

    olá Jefferson.
    Vou fazer o prk. tenho 3 graus
    tenho 40 anos
    o médico já me alertou sobre a tendência de precisar usar óculos para perto.
    Mas e o uso no computador. você sabe dizer ? trabalho 8 h por dia direto no computador.
    Fazendo o prk ficarei livre de usar oculos para trabalhar no micro ?
    Obrigada.

    VA:R_U [1.9.13_1145]
    Rating: 0.0/5 (0 votes cast)
  • Julio - 7 Comentários

    Fernanda,

    Eu também tenho 40 anos e fiz a PRK. Eu uso o computador normal, perfeito. O que o seu médico quis dizer são as letras miúdas, como um rótulo de shampoo, por exemplo. E isso não tem nada haver com a cirurgia. É que as pessoas míopes possuem uma visão excelente para perto. Conseguem passar a linha no buraco da agulha com facilidade. Quando você zera a visão, perde essa capacidade e muitos estranham. A minha visão ficou excelente para longe depois da cirurgia, mas agora tenho dificuldade de ler rótulos muito pequenos, como as instruções de um frasco de colírio.A identificação do colírio com o nome do principio ativo, não há problema, mas as vezes necessitaria de uma lupa para enxergar os excipientes. Antes eu tinha uma supervisão para perto mas não enxergava um palmo para longe sem os óculos. Nesta troca eu considero que sai ganhando.

    VA:R_U [1.9.13_1145]
    Rating: 0.0/5 (0 votes cast)
  • Sabrina - 1 Comentário

    Olá,

    Hoje faz um mês que fiz a cirurgia de PRK, fui ao médico para revisão, mas não sai muito contente. Meu grau está zerado mas minha córnea está com cicatrizes. Ele me passou um colírio e pediu para retornar em 90 dias. O que me preocupa é que estou sentindo muita dor de cabeça e de perto não estou enxergando muito bem. Alguém passou por isso?

    VA:R_U [1.9.13_1145]
    Rating: 0.0/5 (0 votes cast)
    • Fernando - 3 Comentários

      Olá Sabrina, Faz 7 meses que fiz a cirurgia PRK também, lembro que no primeiro mês senti dores de cabeça também e a minha oftalmologista disse que era normal, porque nosso organismo está se adaptando ao novo grau, é como se usássemos óculos de grau pela primeira e sentimos aquela leve dor de cabeça até se adaptar a ele, mas se as dores de cabeça intensificar vá ao medico.

      É normal, também, vc não enxergar de perto no primeiro mês, passei por isso e só começou a estabilizar depois de 3 meses. Fica tranquila, vai dar tudo certo, o processo de recuperação é lento mesmo.

      VA:R_U [1.9.13_1145]
      Rating: 0.0/5 (0 votes cast)
  • Bárbara - 1 Comentário

    Boa tarde pessoal,

    Vou fazer a minha cirurgia PRK amanhã, e os comentários de vocês me esclareceram muitas dúvidas e receios. Como possuo um grau alto de miopia (6 graus) e não estava mais conseguindo utilizar lentes de contato devido alergia, o oftalmo sugeriu a cirurgia. Estou muito confiante e consciente de que o processo de recuperação é demorado. Obrigada a todos! :)

    VA:R_U [1.9.13_1145]
    Rating: 0.0/5 (0 votes cast)
  • Deise - 1 Comentário

    Após 10 meses de PRK, o resultado é que o médico me devolveu o dinheiro da cirurgia e dos óculos multifocais que voltei a usar. Frustração total! Muito cuidado com as falsas promessas de zerar o grau, ficar com visão perfeita, deixar de usar óculos e achar que as sequelas são apenas “questão de tempo”. Fiquei com síndrome de olhos secos e já fui parar num plantão do Banco de Olhos pois um pedaço do epitélio se deslocou, deixando a minha córnea exposta ( a dor é terrível). Agora sou dependente de colírios, acordo com a pálpebra colada e não consigo abrir os olhos sem dor forte, a menos que massageie e aguarde a formação de filme lacrimal e adquiri um astigmatismo que eu nunca tive. Ou seja, uso óculos como eu usava antes. Agora decidi processar o médico por negligência, imperícia e omissão.

    VA:R_U [1.9.13_1145]
    Rating: 0.0/5 (0 votes cast)
  • Bety - 1 Comentário

    Boa tarde Jeferson.
    Acabei de ler seu relato.
    Fuz a cirurgia faz 15 dias e estava desesperada ….minha vista está muito embaçada ainda …
    Mas depois que li seu texto vi que a recuperação é lenta mesmo.
    Consegui me acalmar um pouco.

    VA:R_U [1.9.13_1145]
    Rating: 0.0/5 (0 votes cast)
  • Sofia sousa - 1 Comentário

    Jeferson, fiz a prk há um dia, e pra minha surpresa, pela manhã, após uma noite difícil, consegui acordar sem dor e enxergando bem. Só que quando foi chegando em casa, e estava um pouco escuro, n consegui ver nitidamente as fotografias na parede de casa, e foi ficando pior a noite a visão. Bastante embaçada. Agora lendo seu post fiquei mais tranquila. Muito obrigada pelo seu diário. Resolvi fazer o meu a partir de hoje, 24/02/2021.

    VA:R_U [1.9.13_1145]
    Rating: 0.0/5 (0 votes cast)

Deixe um comentário

Siga as Regras de Participação, ou seu comentário será ignorado.

Não faça comentários sem relação com os posts. Comente neste post para assuntos genéricos

Você pode usar estas tags HTML

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code class="" title="" data-url=""> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong> <pre class="" title="" data-url=""> <span class="" title="" data-url="">

  

  

  

:) :( ;) O_o B) :lol: :huh: :S :D :-P 8-O :yahoo: :rtfm: :dashhead1: :clapping: more »