Testando a maquininha de cartão SumUP TOP

Esta é uma análise em andamento. Eu acabei de receber e tenho pouco uso para ela. Além disso é a primeira vez que me coloco do “outro lado” de um processo de pagamento por cartão: É a primeira vez que opero uma “maquininha” como vendedor e não como comprador. Se tiverem alguma pergunta sobre o dispositivo, o aplicativo ou o processo, façam que responderei se souber.

Contrariando a minha tradição, não espere por fotos do interior da produto. Nesse tipo de dispositivo existe sempre a possibilidade de existir um sensor que o inutilize caso seja detectada a abertura. Eu só arriscaria isso em uma com defeito e fora da garantia.

A Sumup TOP é um dispositivo minimalista que tem diversas limitações:

  1. Não tem impressora;
  2. Não lê tarja magnética;
  3. Não suporta NFC;
  4. Não tem WiFi nem suporte a chip celular;
  5. Conta com um display bem limitado.

Parece ser uma longa lista de motivos para você não adquirir o modelo, mas não é tão ruim quanto parece.

As limitações 4 e 5 são compensadas pelo uso em conjunto com um celular com bluetooth. A máquina se comunica com a operadora através da conexão do seu celular com a internet e a maior parte das operações que requer um display é feita no seu celular. O display da maquininha só precisa exibir para o cliente as mensagens que o cliente precisa ver, que são poucas e curtas.

As limitações 2 e 3 eu não acho relevantes por motivos opostos: A tarja magnética está em desuso (ainda existe cartão de débito/crédito que não tenha chip?) por ser a menos segura (o cliente não digita uma senha, ele assina o comprovante, o que aumenta o risco de fraudes) e o NFC é muito “recente”. Para o cliente que exige pagamento sem contato o app da Sumup oferece o “link de pagamento” que você pode enviar para o cliente por whatsapp ou outro meio. Não é tão conveniente quanto simplesmente aproximar um cartão, claro.

A limitação 1 é a mais chata, mas quantas pessoas realmente guardam os recibos impressos? E o modelo mais barato da Sumup com impressora custa R$150 mais caro. Como consumidor eu acho que a capacidade de mandar o recibo por e-mail ou SMS é um substituto vantajoso para o impresso mas isso tende a deixar a operação mais lenta, principalmente no caso de ter que digitar um endereço de e-mail.

Pontos positivos:

  • Barata – Eu comprei em 12x de R$3,90 no último dia 19 mas está em promoção na “Black Novembro” por 12x de R$2,90. Barata o bastante para você comprar “só para ver como é que é” e também para você não se preocupar tanto com a possibilidade dela cair no chão e quebrar ou ser roubada/perdida. Não, não há mercado para o roubo desse tipo de coisa mas nem todo ladrão sabe disso ou se importa, querendo mesmo é te dar prejuízo;
  • Leve e compacta – Literalmente cabe no seu bolso. 120g com as pilhas alcalinas e capinha azul.

Pontos negativos: 

  • Não funciona com pilhas recarregáveis – Sequer liga. Eu poderia até fazer uma longa reclamação sobre como isso é ruim para o meio ambiente e blá-blá-blá… mas meu problema com isso é econômico mesmo. Vamos supor que a maquininha realmente chegue a 300 transações sem precisar de pilhas novas como o suporte da Sumup sugere. Isso dá no máximo 15 transações por dia se seu negócio opera apenas em dias úteis para esgotar as pilhas em um mês. Com duas pilhas alcalinas Duracell (se colocar vagabundas vai ser pior) custando entre R$5 e R$6 se você tiver que trocar apenas uma vez por mês isso já vai te custar entre R$60 e R$72 por ano. Se você tiver que trocar mais vezes que isso como sugerido por esta reclamação (você encontra outras aqui) já teria sido melhor ter comprado o modelo seguinte, Sumup ON, que usa bateria recarregável. Para o meu perfil isso não deve ser problema pois não espero ter que fazer mais que uma transação com cartão por dia, porém por via das dúvidas eu estou guardando a maquininha com as pilhas separadas.  Uma pilha alcalina de boa qualidade pode reter sua carga por anos (segundo a batteryuniversity, perde até 3% da carga por ano).
  • O teclado é “chatinho” –  O teclado não tem feedback tátil (não são “teclas” de verdade), apenas audível. Normalmente só quem vai usar o teclado da máquina é seu cliente e somente para digitar a senha, pois todo o resto é feito no app mas já na transação de teste eu tive certa dificuldade para digitar a senha do meu cartão. E você não pode ajudar o cliente nisso exceto por dizer “tecle devagar, esperando pelo bip”;
  • Exige bluetooth 4.0Não é qualquer celular que vai funcionar.

Outras considerações

O texto do recibo enviado é em português, mesmo que seu Android esteja configurado para inglês. Eu prefiro usar o Android em inglês e ao ver a app abrir nessa língua fiquei me perguntando se o cliente iria conseguir ler o recibo. Mas a Sumup envia em português mesmo;

Ao fazer o cadastro na sumup, antes mesmo do envio da maquininha, você vai ter a oportunidade de preencher os seus dados pessoais e os dados do seu negócio. Tenha em mente que os dados que você colocar como do seu negócio vão aparecer nos recibos. Como sou pessoa física e não tenho ponto comercial eu preenchi o endereço do meu negócio como sendo o meu endereço residencial e acabei me surpreendendo ao ver esse endereço aparecer no recibo, juntamente com meu CPF. É perfeitamente compreensível mas cria um problema de privacidade e pode ser especialmente indesejável se você é uma mulher atraente, mas mesmo sendo homem eu não gosto disso. Não é problema para mim agora porque no meu ramo atual meus clientes podem (e às vezes precisam) saber onde moro. Você pode pensar em colocar um endereço qualquer como endereço do seu negócio mas isso talvez crie um problema mais adiante pois embora no meu cadastro até agora não tenham exigido documento algum, existe um item no menu da conta chamado “Enviar documentos” que inclui entre outros os documentos com o endereço do seu negócio.

Para fazer vendas parceladas você deve usar antes o menu Mais -> Calcular Taxas do app para saber o valor total da venda. Você pode escolher entre repassar ou não as taxas ao cliente.

 

5 comentários
  • Trabalhador Anonimo - 11 Comentários

    Tenho uma destas, mas só usei uma vez. A chegada do PIX tem feito meus clientes optarem por esta modalidade para evitar “contato”. Estou satisfeito com ela justamente por ser simplista e com menos coisa para dar defeito.

  • Luciano - 438 Comentários

    Eu tenho usado a Pont Mini do mercado pago. A maquina paguei 50 reais a vista em um "atravessador" aqui na cidade. Entre aspas porque na época estava como mesmo preço comprando direto do mercado pago. E comprando dele peguei a maquina na hora.

    A coisa de um mês atrás ela deu problema, acusou o erro de como se eu tivesse violado máquina (aberto) mesmo sem ter feito isso. Vi pelo faq deles que eu posso devolver a máquina para "conserto" e inclusive no motivo lá existe o mesmo erro que ocorreu aqui (o que leva a pensar que é um defeito até que frequente), e me enviaram uma nova sem custo.

    Ela tem bateria interna recarregavel. Não sei dizer quanto tempo aguenta, pois eu uso muito pouco e deixo sempre desligada, só lembro de plugar ela num carregador uma vez por semana pra evitar "pane seca".

    • Jefferson - 6.098 Comentários

      Eu descartei a possibilidade de usar máquina do Mercado Pago por ser uma empresa do grupo Mercado Livre. Eu reconheço que é uma situação diferente nesse caso porque nesse mercado o MP não goza da mesma falta de concorrência que permite o ML ser abusivo, mas o comportamento do grupo argentino deixou cicatrizes.

  • Francielle Rabelo - 1 Comentário

    Tenho a minha Sumup top tem quase 2 anos. Uso pilha recarregável desde que comprei ela e a pilha dura 4 a 6 meses dependendo o movimento. Faço 50 a 70 vendas por mês nela, fora link e pix. Minha pilha recarregável é da Sony e dá certinho.

Deixe um comentário

Siga as Regras de Participação, ou seu comentário será ignorado.

Não faça comentários sem relação com os posts. Comente neste post para assuntos genéricos

Você pode usar estas tags HTML

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code class="" title="" data-url=""> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong> <pre class="" title="" data-url=""> <span class="" title="" data-url="">

  

  

  

:) :( ;) O_o B) :lol: :huh: :S :D :-P 8-O :yahoo: :rtfm: :dashhead1: :clapping: more »