O que faz uma placa aparentemente ordinária, DDR2, Socket 775, custar R$600?

Eu estou tentando reviver uma ASUS P5KPL-AM e fui procurar no Google qual o socket para poder testar com outro processador. Aí me deparei com anúncios esdrúxulos, pedindo de R$500 a R$600 pela placa nua, com garantia. O mais bizarro foi ver que o anúncio mais caro, de R$600, atraiu o interesse de possíveis compradores, que fizeram várias perguntas.

Alguém consegue explicar isso? Até onde sei o chipset é um mero G31, que apesar de ter uma das melhores relações custoxbenefício de sua época não era nada de extraordinário. É só o anunciado suporte a processador Xeon ou tem algo mais? Se for o suporte a disquete e impressora paralela eu estou sentado numa mina de ouro na oficina :D

24 comentários
  • Jefferson - 6.254 Comentários

    Tenha em mente que as opiniões sobre a placa no ML podem ser falsas ou referentes a outro produto. Um dos testemunhos é absurdo:

    Excelente placa! coloquei 8 gb de ram. 4 pentes de 2 gb. Muito difícil achar memória ddr2 de 4 gb. Atendeu minhas necessidades. Recomendo.

    A placa só tem dois slots para RAM. :lol:

  • Alex - 12 Comentários

    * O anúncio fala de placa nova e 90 dias de garantia (melhor que usada e 24h de garantia, kkks).
    * Talvez um comprador que já tenha todas as outras peças (+processador quad ou xeon), e só falta a placa mãe (e quer esta nova).
    * Talvez para repor uma placa idêntica num SO customizado (algum aparelho/equipamento comercial/industrial).

    • Jefferson - 6.254 Comentários

      O anúncio fala de placa nova e 90 dias de garantia (melhor que usada e 24h de garantia, kkks).

      O que é mais provável:

      • 1)Que a ASUS ainda esteja fabricando placas DDR2 de um exato modelo que saiu de linha mais de dez anos atrás (A Intel deixou de fabricar processadores 775 em 2011) que depende de um chipset (Intel G31) que a Intel lançou em 2007 e não fabrica mais há muito tempo;
      • 2)Que alguém tenha esquecido essas placas em estoque por dez anos mas sem a caixa original (o anúncio diz que é “OEM”, o que é a desculpa habitual nesses casos);
      • 3)O anunciante está mentindo.

      * Talvez um comprador que já tenha todas as outras peças (+processador quad ou xeon), e só falta a placa mãe (e quer esta nova).

      Você está pensando exatamente como o vendedor.

      * Talvez para repor uma placa idêntica num SO customizado (algum aparelho/equipamento comercial/industrial).

      Isso é perfeitamente possível e num caso desses pagariam até mais que isso.

  • Alex - 12 Comentários

    De vez em quando eu anunciava lá algumas coisas usadas e pensava que iria ser difícil/demorado vender. Porém vendiam surpreendentemente rápido. Parece que tem comprador para tudo.

    Pena que o mercadolivre não serve mais para pequenos ou esporádicos vendedores: O impedimento de não poder receber em conta bancária, a obrigação de aceitar que o comprador “devolva” o produto, o modo atual de qualificação dos compradores, e a pressão para enviar o quanto antes (eu moro longe da agência).

    • Jefferson - 6.254 Comentários

      a obrigação de aceitar que o comprador “devolva” o produto,

      e a pressão para enviar o quanto antes (eu moro longe da agência).

      Deixei de vender por esses dois motivos mais o fato de que o correio quer NF e o ML não me permite dizer que eu só quero vender para Recife e região, para não usar o correio.

      • Snow_man - 283 Comentários

        Já pensou em vender pela shopee?

        • Jefferson - 6.254 Comentários

          Não pensei realmente. Você tem experiência nisso? Em que a Shopee é melhor que o ML? Eu percebi que aparentemente usuários podem conversar pelo chat com outros usuários que compraram um determinado produto, o que já é muito interessante. Mas não testei isso.

          • Snow_man - 283 Comentários

            Tenho pouca experiência, eu cuido da loja online da livraria lá;
            Hoje a shopee tem 2 opções de taxas: 12% vendedor comum, e 18% pra você ter mais destaque.
            O frete é cobrado sempre do cliente, aí já pra mim ganhou do ML, porque além de ser mais em conta, fica separado do preço do produto, aí dá pra precificar mais facilmente.

            Sim, podemos ter um chat com o cliente pela plataforma, fica mais humanizado e por aí se pode conseguir melhor avaliação do cliente pra sua loja, e você também avalia o cliente.

            Como a shopee é chinesa, tem vendedor nacional e internacional, e dá pra filtrar pra separar.
            Inclusive comprei uns organizadores de cabos importados, estou esperando chegar.

          • Snow_man - 283 Comentários

            Ah, esqueci de dizer:
            existe chat direto da loja com o suporte da shopee, facinho, facinho.

  • Matuto - 122 Comentários

    O MercadoLivre tem muita coisa louca e gente sem noção. Você encontra pessoas diferentes, vendendo o mesmo produto, as vezes pelo dobro do preço. Eu sempre digo aos meus clientes que o ML não serve de parâmetro de preço pra produtos usados. Eu acredito que essa placa-mãe socket 775 é usada e foi reparada. Eu não acredito que essa porcaria de dez anos ainda seja nova ou alguém tenha guardado.

    • Jefferson - 6.254 Comentários

      Eu sempre digo aos meus clientes que o ML não serve de parâmetro de preço pra produtos usados.

      Eu sempre digo aos meus clientes e amigos que uma coisa é ter gente oferecendo por um preço e outra coisa é ter gente comprando por esse preço.

      Eu não acredito que essa porcaria de dez anos ainda seja nova ou alguém tenha guardado.

      êpa, êpa, êpaaa!
      Não chame a coitada de porcaria! :lol:

      No universo de “placas que custam R$600 peladas” ela seria realmente uma porcaria. Mas se você conseguir uma placa dessas por, digamos, R$150 com processador (preferencialmente um Dual Core) e pelo menos 2GB de RAM eu sou capaz de apostar que você vai ter desempenho superior ao de muito computador novo com Celeron J1800 (esse, sim, uma porcaria). E sou capaz de apostar também que esse vendedor conseguiu essa placa praticamente de graça ao vender um upgrade ou num leilão. Eu compraria por esse preço vários kits. Tanto dessa placa quanto da Gigabyte GA-G31M-ES2C.

      Para usar em caixa e trabalhos administrativos leves o chipset G31 ainda atende bem.

      • Matuto - 122 Comentários

        O tal do Celeron J1800 é realmente uma porcaria! O que talvez melhore esse cidadão seria um SSD, mas não cheguei a testar isso ainda.

        E tenho aqui duas Placas-mãe Phitronics PC3000E+, ainda DDR2. Pense em duas porcarias! Uma delas liga quando quer e a outra tem problema de “xilique” com memória RAM.

        Particularmente não gosto de Placa-mãe de desktop com processador integrado. Na maioria dos casos, é um barato que saí caro.

        • Jefferson - 6.254 Comentários

          E tenho aqui duas Placas-mãe Phitronics PC3000E+, ainda DDR2. Pense em duas porcarias! Uma delas liga quando quer e a outra tem problema de “xilique” com memória RAM.

          Eu nunca compraria essas marcas vagabundas para meu uso. Phitronics, PCware… são demais. Asrock é o mais baixo que eu desço :lol:

          • Matuto - 122 Comentários

            Na verdade eu ganhei de um cliente. Ele tinha duas merdas dessa numa loja de móveis e achava muito lento. Então eu troquei os dois por placas-mãe com processadores melhores e essas placas eu fiquei para montar computadores “safados” para emprestar para clientes em alguns casos.

            • Jefferson - 6.254 Comentários

              Até bem pouco tempo atrás eu emprestava de tudo para meus clientes: RAM, roteadores, switches, computadores… Mas o cliente, principalmente empresas, genuinamente esquece de fazer a compra para devolver o que emprestei (eu não costumo vender peças, me limitando a dizer ao cliente o que precisa ser comprado). Muita coisa ficava meses ou anos emprestada. Então hoje eu alugo tudo, por um valor razoável. Computadores simples eu alugo a R$2 por dia. Não é o bastante para o cliente se sentir enganado quando finalmente lembrar (ou ser lembrado por mim) mas é o bastante para uma remuneração razoável pelo tempo de peça empatada. Se o cliente desempatar a minha peça (comprar a nova) em menos de “x” dias eu não cobro o aluguel.

              • Matuto - 122 Comentários

                Particularmente eu só emprestava computadores “fracos” para alguns clientes empresa que me pagavam mensalmente e não cobrava por isso.

                Como eu sou conhecido como um cara chato pra cobrar, eu marcava o dia para pegar o computador de volta e não me lembro de ter problema.

                Eu também tenho uma “regra” que só fico com desktop por no máximo 7 dias. Se passar disso eu cobro 30 conto por servir de “depósito” de carroça do cliente.

                Essa sua ideia de alugar por um valor baixo, pode ser útil pro cliente que esquece de devolver (que não é o meu caso). Mas é interessante e vou tentar adaptar por aqui.

                • Jefferson - 6.254 Comentários

                  Eu também tenho uma “regra” que só fico com desktop por no máximo 7 dias. Se passar disso eu cobro 30 conto por servir de “depósito” de carroça do cliente.

                  Assistências com muito movimento precisam colocar no recibo assinado pelo cliente que após x dias, independentemente do cliente receber um orçamento ou não, será cobrado um valor “x” mensal a título de guarda e armazenagem e que após “y” meses (ou anos) o item poderá ser vendido para pagar esses custos.

                  Já me disseram que essa venda pode ser ilegal, mas pelo menos ter que assinar isso fará a maioria dos clientes não “esquecer” o item sob a responsabilidade da assistência por meses/anos a fio. No passado, depois de alguns anos uma assistência média que não tinha implementado esse aviso podia ter dezenas de milhares de reais de itens “esquecidos” pelos clientes dos quais legalmente não podia se desfazer, ocupando espaço valioso.

  • Jefferson - 6.254 Comentários

    Encontrei duas coisas em que essa placa é superior a outras com o mesmo chipset:

    Audio 5.1 analógico embutido;

    Suporte a velocidades USB 2.0 dado pelo BIOS. A Gigabyte GA-G31M-ES2C, que tem o mesmo chipset, leva 8min50s para dar boot no Windows 8.1 do Sergei Strelec versão maio de 2018, do momento em que você seleciona o pendrive para dar boot até aparecerem todos os ícones no desktop. São 6min50s apenas para terminar a fase “Loading WinPE”. A ASUS P5KPL-AM termina o mesmo boot em 1min20s. 40s para desaparecer o “Loading WinPE”.

  • Jefferson - 6.254 Comentários

    Aproveitando que estou falando de comprar placas velhas, o que eu não recomendo comprar são placas dessa geração baseadas em chipset VIA. Por exemplo:

    Gigabyte GA-VM900M
    VIA P4M900 / VIA 8237A Chipset (Video Via Chrome9 HC IGP)

    O infame “Via Chrome” Já dava dor de cabeça na época e dá ainda mais dor de cabeça agora por causa da dificuldade de fazer os drivers funcionarem direito em versões mais modernas do Windows. Se você se contentar com o Windows XP ele vai dar “só” a dor de cabeça que dava na época :lol:

    • Matuto - 122 Comentários

      Como estamos falando de Placas-mãe antigas, eu recomendo dar uma olhada no AliExpress.
      Dá pra encontrar placas entre R$ 250 e R$ 300, usadas mas em bom estado (acredito eu).

      O socket 775 também tem por lá, por mais ou menos o mesmo valor. Logicamente usadas.

      Em alguns casos específicos, onde o cliente precisa de uma Placa-mãe “exatamente” igual, eu arriscaria comprar de lá.

      Eu comprei uma Placa-mãe socket 1155, sem marca, com chipset B75 e não me deu problema ainda. Mas nesse caso, o vendedor afirmou ser nova e realmente, pelo que vi quando recebi eu acredito.

      Pro cliente que precisa de um computador funcionando pra uso básico e não quer gastar em média 600 reais, eu acho viável.

      • Jefferson - 6.254 Comentários

        Eu estava olhando isso hoje mesmo. Tem umas ofertas tentadoras lá. Meu maior interesse é no socket 1155.

        Normalmente, B75 eu só compraria para mim. A maioria dos meus clientes ficaria muito feliz com um H61 de um bom fabricante. Mas na Aliexpress a diferença de preço é muito pequena.

        • Matuto - 122 Comentários

          Eu descobri hoje que o nome da Placa-mãe é ZX-H61C/B75 (socket 1155). A loja do AliExpress que comprei em 2020 se chama “i learning i life-A Store”.

          Eu descobri essa placa-mãe porque um cliente achou cara, na época, pagar 500 reais numa placa-mãe socke 1155, e me perguntou o que eu achava dessa placa por 230 reais.

          Eu disse que não sabia, mas que iria comprar uma igual, junto com ele, pra testar.

          Até hoje funciona bem, tem USB 3.0 e encaixe pra USB 3.0 frontal, além de saída VGA e HDMI.

          Pelo preço que paguei na época, eu recomendo demais. E se eu tivesse dinheiro sobrando e gostasse da parte de vendas, eu compraria pelo menos 5 dessas para vender pros meus clientes.

          • Jefferson - 6.254 Comentários

            Isso que você tem aí é algo bizarro. H61 e B75 são chipsets distintos. Facilmente diferenciáveis porque o H61 só suporta quatro portas SATA e não suporta USB 3.0 e o B75 suporta seis SATA e tem USB 3.0. A sua óbviamente é B75 por ter USB 3.0 mas nunca vira um fabricante misturar as duas coisas no nome do produto.

            • Matuto - 122 Comentários

              O AIDA64 reconhece a placa-mãe como “Unknown 7-Series Motherboard” e se eu me lembro bem, na caixa não havia nada diferente de “Motherboard B75”.

              Pra mim é uma placa safada da China!

              Ahh… a nomenclatura “ZX-H61C/B75” está escrita na própria placa-mãe, acima do soquete do Processador.

Deixe um comentário

Você pode usar estas tags HTML

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code class="" title="" data-url=""> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong> <pre class="" title="" data-url=""> <span class="" title="" data-url="">

  

  

  

:) :( ;) O_o B) :lol: :huh: :S :D :-P 8-O :yahoo: :rtfm: :dashhead1: :clapping: more »