Estou gostando de DOTA: Dragon’s Blood

É uma série de anime original Netflix do gênero fantasia, baseada em um jogo da Valve. É provavelmente a melhor série original de anime da Netflix que assisti até hoje.

Eu quase desisti nos primeiros minutos, quando Terrorblade foi apresentado, pois me deu a impressão que seria mais uma série tola com o demônio como antagonista principal. Mas dei uma chance e apesar dos primeiros dez minutos continuarem deixando a desejar, no final do primeiro episódio eu fui fisgado. O nível foi melhorando e a complexidade do enredo foi aumentando com a apresentação de novos personagens e não consegui parar de assistir do quinto ao oitavo e último episódio. Não levou muito tempo porque são oito episódios de 25 minutos, o que dá menos de 3h30. Mais curto que o Snyder Cut e um uso muito melhor do meu tempo. Pretendo assistir ao “segundo livro” assim que sair e já imagino nova reviravolta com o favor que o shopkeeper certamente vai pedir.

VN:R_U [1.9.13_1145]
Rating: 0.0/5 (0 votes cast)
Clique para comentar
(Prefira clicar em "Responder" se estiver comentando um comentário)

Deixe um comentário

Siga as Regras de Participação, ou seu comentário será ignorado.

Não faça comentários sem relação com os posts. Comente neste post para assuntos genéricos

Você pode usar estas tags HTML

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code class="" title="" data-url=""> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong> <pre class="" title="" data-url=""> <span class="" title="" data-url="">

  

  

  

:) :( ;) O_o B) :lol: :huh: :S :D :-P 8-O :yahoo: :rtfm: :dashhead1: :clapping: more »

Estou gostando de Knights of Sidonia (2014)

No futuro de Knights of Sidonia antes da Terra se destruída por uma raça alienígena centenas de naves geracionais foram lançadas ao espaço para tentar salvar a raça humana. A série conta a estória dos sobreviventes em uma dessas naves, a Sidonia, cuja tripulação não faz idéia se as outras naves sobreviveram e acaba de reencontrar os alienígenas 100 anos depois da última batalha.

Apesar de ser mais uma estória de “Mecha“, os combates são apenas uma parte pequena da narrativa e o autor se esforça para que a ciência seja plausível. Tanto que algumas situações você não consegue entender até perceber que está muito habituado ao modelo “Star Trek” de absurdos. Existem poucas cenas de humor e estas são praticamente centradas no triângulo (quadrado? pentágono?) amoroso entre os personagens principais.

A estória de Sidonia e seus habitantes é interessante e é contada aos poucos. Você só consegue realmente entender o que se passa a partir do oitavo episódio. Eu tenho mais dificuldade porque:

  • Em japonês, sobrenomes vem antes do nome e eu tenho dificuldade para me adaptar a isso. Entre outros problemas eu deixo de perceber imediatamente que dois personagens são parentes;
  • Alguns personagens são chamados pelo nome e pelo sobrenome na mesma cena, por pessoas diferentes;
  • Eu tenho grande dificuldade para lembrar nomes japoneses;
  • Tenho dificuldade para lembrar de rostos em geral  e isso parece particularmente difícil para mim em anime. O fato de existirem 11 gêmeas e esse número só ser revelado no episódio 6 só me deixou mais confuso;

Então eu tenho que freqüentemente parar e assistir a cena ou cenas relacionadas de episódios passados de novo antes de prosseguir para não perder completamente o fio da meada.

A única coisa que eu realmente não gostei foram dos eventos do episódio 7. Para não dar spoiler, um dos pilotos trai a população da Terra colocando a culpa em outro, que não se defende apesar de saber perfeitamente quem fez e como. E a reação de parte da população é no mínimo de ingratidão.

A primeira temporada tem 12 episódios de 24 minutos. Tirando as introduções e créditos finais são quatro horas e acaba com muita coisa explicada mas ainda com diversos buracos. Vou assistir à segunda.

Eu só encontrei o trailer em japonês. Dá para ter uma idéia dos visuais.

VN:R_U [1.9.13_1145]
Rating: 0.0/5 (0 votes cast)
3 comentários
  • Jefferson - 6.140 Comentários

    Esqueci de mencionar que as duas temporadas estão disponíveis dubladas e legendadas no catálogo brasileiro da Netflix.

    VN:R_U [1.9.13_1145]
    Rating: 0.0/5 (0 votes cast)
  • Paulo - 11 Comentários

    Eu adorei o anime e fui ler o mangá para completar a história.

    O enredo é muito bom.

    VA:R_U [1.9.13_1145]
    Rating: 0.0/5 (0 votes cast)
  • Jefferson - 6.140 Comentários

    Eu gostei da segunda temporada, mas não tanto quanto gostei da primeira. Nenhuma das dúvidas que eu tinha ao final da primeira foi esclarecida, novas dúvidas surgiram, e a série descambou para a fantasia. E falta pelo menos uma terceira temporada para terminar a estória.

    Vou ver se o manga responde minhas dúvidas

    VN:R_U [1.9.13_1145]
    Rating: 0.0/5 (0 votes cast)
Clique para comentar
(Prefira clicar em "Responder" se estiver comentando um comentário)

Deixe um comentário

Siga as Regras de Participação, ou seu comentário será ignorado.

Não faça comentários sem relação com os posts. Comente neste post para assuntos genéricos

Você pode usar estas tags HTML

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code class="" title="" data-url=""> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong> <pre class="" title="" data-url=""> <span class="" title="" data-url="">

  

  

  

:) :( ;) O_o B) :lol: :huh: :S :D :-P 8-O :yahoo: :rtfm: :dashhead1: :clapping: more »

Ghost In the Shell – Stand Alone Complex

Eu assisti a Ghost In the Shell – Stand Alone Complex  pela primeira vez em 2014 e fiquei com uma impressão muito boa. Assisti de novo esta semana e já tenho uma opinião mais crítica. A série tem bons e maus momentos e se ficasse apenas no arco “The Laughing Man” e nos episódios com os Tachikomas eu daria nota 10. Mas alguns episódios chegam a ser monótonos. Não é que a “monotonia” não tenha seu valor pois pelo menos  S.A.C. foge da mesmice de ficar mostrando cenas elaboradas de luta só por mostrar cenas de luta.

Menção especial ao episódio 13 “Not Equal”. O roteiro deixa para a audiência supor o que aconteceu com a menina. E é realmente perturbador. A série vai variando a qualidade dos episódios até chegar ao 19 “Captivated”. Depois dele só melhora.

A única coisa que me causou estranheza em quase toda a série (O episódio 17, “Angel’s share” é uma notável exceção) foi o fato da líder de uma unidade militar de corpo espetacular comparecer a reuniões e até fazer incursões vestindo um maiô e isso não incomodar a macharia ao redor. Não chega ao nível absurdo de fanservice de Agent Aika, mas eu vejo Aika como uma série de comédia erótica que usa ação como desculpa e acho ótimo. Na seriedade de S.A.C. o “uniforme” preferido da major causa estranheza e estraga a imersão.

Agora vou assistir de novo a “2nd GIG”

VN:R_U [1.9.13_1145]
Rating: 0.0/5 (0 votes cast)
Clique para comentar
(Prefira clicar em "Responder" se estiver comentando um comentário)

Deixe um comentário

Siga as Regras de Participação, ou seu comentário será ignorado.

Não faça comentários sem relação com os posts. Comente neste post para assuntos genéricos

Você pode usar estas tags HTML

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code class="" title="" data-url=""> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong> <pre class="" title="" data-url=""> <span class="" title="" data-url="">

  

  

  

:) :( ;) O_o B) :lol: :huh: :S :D :-P 8-O :yahoo: :rtfm: :dashhead1: :clapping: more »

Ghost In The Shell vai virar filme “live action”.

A premiada obra de ficção científica de Masamune Shirow, que começou no Mangá e já produziu pelo menos dois filmes e duas séries de animação, deve finalmente alcançar a audiência dos preconceituosos (o pessoal que acha que animação e quadrinhos são coisa de criança) em 2017, quando sair o filme que por hora pretende colocar Scarlett Johansson no papel da major ciborgue Motoko Kusanagi.

Ghost In The Shell Poster_ryan.com.br

No futuro de GitS a prostética é tão avançada que corpos inteiros podem ser substituídos. Mas é um processo caríssimo e o corpo adulto de Motoko é uma versão militar que o governo considera de sua propriedade e que a major pode perder e ter que conseguir um alojamento inferior para tudo o que lhe resta de humano, o cérebro, se deixar de trabalhar para eles.

Se você é fã de Sci-Fi, não tem nada contra animação e especialmente se aprecia a estética do Anime, recomendo fortemente que não espere pelo filme de 2017 e assista às duas temporadas da impressionante série Stand Alone Complex. O único problema para muitos vai ser não existir versão dublada. Ainda. Espero que com o possível sucesso desse filme surja o interesse por distribuir a animação oficialmente aqui no Brasil.

VN:R_U [1.9.13_1145]
Rating: 0.0/5 (0 votes cast)
Clique para comentar
(Prefira clicar em "Responder" se estiver comentando um comentário)

Deixe um comentário

Siga as Regras de Participação, ou seu comentário será ignorado.

Não faça comentários sem relação com os posts. Comente neste post para assuntos genéricos

Você pode usar estas tags HTML

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code class="" title="" data-url=""> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong> <pre class="" title="" data-url=""> <span class="" title="" data-url="">

  

  

  

:) :( ;) O_o B) :lol: :huh: :S :D :-P 8-O :yahoo: :rtfm: :dashhead1: :clapping: more »